TA – Capítulo 90 – 3Lobos

TA – Capítulo 90

Todo Mundo Amou a Lua

Os cinco patrulheiros noturnos de pé ao redor do corpo estavam estáticos. Um silêncio profundo os envolveu com uma pressão palpável. Na escuridão, Bufão cerrou os punhos com raiva e lentamente soltou uma palavra por entre os dentes que rangiam:

— Professor!

Tirando as luvas pretas, Salvador, o Portador do Cânone, pôs as mãos no peito e começou a rezar pelos vinte e cinco patrulheiros noturnos falecidos. Sua voz soava muito solene:

— Vocês recebem quando doam. Vocês viverão para sempre depois da morte. O Paraíso está aberto a vocês.

Então, Salvador tirou um lenço branco e o amarrou em seu pulso.

— O dia em que eu queimar o Professor até a morte será o dia em que eu tirarei isso.

Seguindo o exemplo de Salvador, o grão-cavaleiro Lend também amarrou um lenço branco e baixou a cabeça.

— Eu nunca vou esquecer esta batalha, meus companheiros. Este infeliz que se denomina Professor vai pagar com sangue.

— Professor está no topo da minha lista de alvos, — emendou Juliana. Recordando a batalha amarga, o coração de Juliana ainda estava cheio de medo. Ela sofreu a dor de ver seus companheiros morrendo um a um em frente a seus olhos. Por um momento ela se lembrou do desespero que experimentou quando seus feitiços de cura se tornaram inúteis diante do poder sombrio. Embora Juliana odiasse o Professor do fundo de sua alma, ela também tinha um medo subconsciente dele.

— Desgraçado… Filho de uma p***! — Bufão não conseguiu mais se segurar, — Eu vou encontrá-lo e torturá-lo. Onde quer que ele vá, quem quer que seja, eu vou transformar seu corpo em meu boneco e eu vou fazer a sua alma se devorada pouco a pouco por demônios, sofrendo no inferno! — Bufão nunca havia experimentado uma falha daquelas proporções desde que se juntou à Patrulha Noturna. Como um grão-cavaleiro de quinto nível, sua confiança foi arruinada esta noite.

A máscara de palhaço que sorria continuamente e cobria o rosto dele parecia um pouco estranha e horripilante na escuridão.

— Foi minha culpa. Eu estava tão perto do Professor… — Minsk também amarrou um lenço branco no pulso.

Bufão lentamente se acalmou e em seguida se virou para os outros quatro patrulheiros noturnos:

— O professor deve estar deixando Aalto em breve. Devemos acrescentar o nome dele à nossa Lista de Purificação e procurar por ele em todo o continente.

— Receio que o maldito não esteja qualificado para isso, — disse Lend com um pouco de hesitação, — afinal de contas, os nomes na lista são todos extremamente poderosos. Alguns deles são até mesmo capazes de mudar a situação do mundo todo. Este Professor… ele é apenas um feiticeiro de terceiro ou quarto nível.

A Lista de Purificação era compartilhada por todas as inquisições no continente. Cada nome era considerado como um grande problema pela Igreja e era caçado continuamente pelos pastores mais poderosos e patrulheiros noturnos de diferentes inquisições. No entanto, a lista não tinha sofrido muitas modificações durante muitos anos, já que caçá-los era extremamente difícil.

— Vinte e cinco patrulheiros noturnos morreram por causa dele, — disse o Portador do Cânone, sério. — Embora ele não seja realmente um feiticeiro de alto nível, sua crueldade e astúcia não devem ser subestimadas.

— Entendo. — Lend assentiu. — Vamos fazer um pedido à Cardeal Amelton, então.

— Vamos encontrar os nossos companheiros… pelo menos parte deles, — disse Salvador solenemente.

Lucien levou um certo tempo para sumir com todas as evidências, incluindo o corpo do herege e seu próprio manto rasgado, e ele também se limpou na medida do possível. Então, ele veio até o outro lado da mansão, onde esta fazia divisa com os bosques, e escalou o muro alto.

Calma e cuidadosamente, Lucien pousou na sombra da casa de três andares, encoberto pela grama alta e alguns arbustos exuberantes.

Quando Lucien se levantou e bateu a poeira em suas mãos, seu coração de repente congelou por um momento.

— Boa noite, Lucien. — Era Rhine. Ele estava vestindo uma camisa vermelho-escura folgada, com os botões de cima desabotoados. Sua pele parecia ainda mais pálida do que a de uma dama nobre ao luar.

— Bo-boa noite, Sr. Rhine. — Vendo que era Rhine, Lucien ficou um pouco mais aliviado, mas ele ainda permaneceu cauteloso, — Você está acordado à essa hora?

— Assim como você. — Rhine colocou um sorriso significativo no rosto.

Lucien deu um sorriso forçado, dizendo:

— Se eu lhe disser que estava fazendo uma caminhada para apreciar a bela lua prateada desta noite, você acreditaria em mim?

Enquanto estava falando, Lucien abaixou a cabeça e olhou para si mesmo. Partes de seus braços estavam sujos de lama, e sua camisa estava bem amassada. Mais importante, quando ele olhou para cima, Lucien descobriu que a lua prateada estava escondida atrás do muro de pedra alto.

Que excelente desculpa que ele deu!

— Sim, eu acredito em suas palavras, porque… — Rhine deu de ombros — eu estou aqui pela lua também.

— Ah? — Lucien de repente ficou perdido.

— Com certeza… Você viu o quão encantadora e brilhante a lua prateada está hoje à noite?! — Rhine levantou a cabeça e elogiou o muro de pedra na frente dele com admiração. — Estamos aqui pela mesma razão, não estamos?

— Bem… — Lucien respirou mais fundo e ficou sério, — Você pode me dizer quem você é, Sr. Rhine? — Como ele não podia mais fingir que era um jovem inocente, Lucien decidiu perguntar diretamente a Rhine, já que teve a impressão de que Rhine não tinha nenhum sentimento hostil contra ele.

— Eu sou apenas um bardo — Rhine negou com a cabeça —, um bardo que não tem nada a ver com o lugar pelo qual você anseia. E mesmo que eu lhe dissesse onde ele fica, você ainda não seria capaz de ir lá.

— Você pode me dizer onde fica? Pelo menos eu posso ter um objetivo mais específico! — perguntou Lucien ansiosamente.

— Minha sugestão é que você trabalhe duro e se torne um músico de verdade, então você pode viajar para muitos países por todo o continente. Isso vai favorecer enormemente o seu objetivo. — Então, Rhine se virou e saiu.

Lucien estava confuso. Embora ansioso, ele sabia que devia voltar agora, antes que alguém aparecesse. Depois de subir para o quarto de hóspedes, Lucien colocou as duas safiras de volta no bolso e se deitou.

O que aconteceu naquela noite já parecia um sonho distante para Lucien. Acalmando sua mente e curtindo o cobertor aconchegante, ele lentamente caiu no sono.

Lucien não sabia por quanto tempo ele cochilou até que foi acordado por uma batida suave na porta.

— Quem é? — perguntou Lucien em voz baixa.

— Sou eu, Yvette. Quer dar uma volta comigo para desfrutar da fantástica lua prateada desta noite? — convidou a nobre dama em uma maneira sedutora.

Lucien ficou sem palavras para responder Yvette. Ele já estava muito impressionado com a lua, e parecia que todos queriam dar um passeio ao luar naquela noite.

— Bem… Eu sinto muito mesmo, Yvette, mas eu torci meu tornozelo e estou com muito sono. — Lucien recusou seu pedido diretamente, — Talvez da próxima vez. Obrigado pelo convite.

Yvette saiu pisando duro, nervosa e decepcionada, se afastando da porta do quarto de Lucien.

— Que idiota! Aposto que você vai vir até mim e me implorar algum dia, Lucien!

Depois de ouvir os passos de Yvette se afastando, Lucien deitou novamente para voltar a dormir.

— Lucien, olha o que você acabou de fazer! Não admira você não ter namorada! — Uma voz feminina veio da janela, — Você devia aprender comigo! Eu sempre apareço na porta do quarto de Silvia à meia-noite.

Era a Princesa Natasha, que estava sentada no peitoril da janela, acompanhada pela senhora Camil que flutuava no ar. Com uma espada em uma mão e seu capacete na outra, o cabelo roxo de Natasha estava esvoaçando ao vento. A parte central de sua armadura branca era vermelho-escuro, que dizia-se ser sangue de um dragão.

Notando que Lucien estava olhando para a armadura, Natasha sorriu.

— Você gosta dessa armadura, não é? O nome dela é Sangue Dracônico, e estou usando ela porque eu acabei de voltar da batalha contra o Chifre Argênteo. — Natasha fez uma cara romântica e perguntou, — A propósito, Lucien, você gostaria de dar um passeio sob o luar? Hahaha…

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: