TA – Capítulo 81 – 3Lobos

TA – Capítulo 81

Confirmação

As marcas na parede eram confusas e complicadas de se fazer. Lucien até mesmo escreveu a palavra “Emden” direto lá, já que ele não tinha ideia de como expressar ela no código secreto.

Em seguida, usando a Bênção Luar, Lucien deixou a área e cuidadosamente se aproximou de sua casa. Se escondendo na escuridão, ele sentiu cuidadosamente o poder sobrenatural dentro de sua casa.

Os patrulheiros noturnos não estavam próximos dali. À luz da lua, Lucien podia ver diretamente os “olhos” que estavam monitorando ele a noite toda. O par de olhos flutuando no ar estava quase transparente, olhando para a pilha de cobertores desarrumados na cama. No entanto, os olhos não tinham pupilas!

Enquanto as pessoas comuns ficariam muito assustadas com uma cena horrível daquelas, Lucien sentiu que estava com sorte. Felizmente, o par de olhos não conseguia perceber o calor, ou a armação dele já teria sido descoberta.

Na escuridão, Lucien esperou pacientemente. Meia hora depois, os olhos transparentes desapareceram quase que de repente. Um novo ciclo devia começar em breve.

Lucien se focou totalmente. Dentro das expectativas dele, um momento depois, uma súbita onda de poder sobrenatural foi detectada vindo de uma certa direção. Era lá que o herege estava escondido!

Lucien pegou uma pequena pedra na mão e rapidamente a jogou contra uma parede na direção onde o herege estava. O som da pedra batendo na parede e caindo no chão foi especialmente audível na calada da noite. Como se o sequestrador tivesse se assustado, o par de olhos sendo formado de repente oscilou e logo desapareceu.

Aproveitando a oportunidade, Lucien começou a andar o mais rápido que pôde com a ajuda da Luar. Ele foi rápido como um vulto. Seu movimento foi tão veloz que sua figura borrada imediatamente se misturou ao luar prateado. Ninguém conseguiria vê-lo, a menos que estivessem observando com muito cuidado.

Lucien abriu uma das janelas, saltou rapidamente para dentro da casa, fechou a janela e se jogou em sua cama. Lucien sabia claramente que os hereges levariam algum tempo para se recuperar do coice causado pela magia interrompida e, assim, ele se cobriu sem pressa com o cobertor e fez com que o formato da manta não tivesse muita diferença quanto a antes.

Mais de um minuto depois, os olhos apareceram no ar novamente com cautela.

Nos dez minutos seguintes, fingindo que ainda estava dormindo, Lucien propositadamente virou o rosto em direção aos olhos e chutou para longe o cobertor, deixando os olhos verem que era ele mesmo.

Felizmente, Lucien despertou com sucesso sua Bênção naquela noite, ou sua noite teria sido muito mais difícil.

Tudo correu sem problemas. Afinal, qualquer coisa poderia ter causado um barulho como o daquela pedra, como um gato selvagem ou um corvo.

Lentamente, Lucien caiu no sono, sabendo que ele tinha mais trabalho a fazer no dia seguinte.

Após um café da manhã rápido, Lucien chegou à Associação dos Músicos.

Batendo na porta do escritório responsável pela locação de imóveis para os músicos, Lucien estava apenas atuando na frente dos hereges, que ainda estavam monitorando ele em algum lugar.

Uma mulher de meia-idade abriu a porta e perguntou:

— Sr. Evans? O que posso fazer por você?

— Olá. Estou procurando Brian, — respondeu Lucien, vendo que Brian já estava vindo.

— Alguma coisa de errado com a casa? — perguntou Brian, um pouco receoso.

— O lugar é bom. Apenas o colchão e o cobertor do quarto estão muito úmidos. Você pode encontrar alguém para secá-los para mim e se certificar que a limpeza de toda a casa seja feita até a próxima segunda-feira?

— Com certeza, Sr. Evans. — Brian ficou aliviado e um sorriso apareceu em seu rosto, — Na próxima segunda-feira tudo estará pronto para você se mudar.

Mais tarde, Lucien voltou ao seu próprio escritório. Hoje ele estava definitivamente com um humor melhor, sabendo que finalmente seria capaz de salvar o tio Joel e os outros quando chegasse a hora certa.

A fim de esconder sua empolgação, Lucien começou a praticar no piano. Com a Bênção desperta, sua coordenação tinha melhorado muito. Junto com sua grande memória, Lucien conseguiu dominar uma música mais rápido do que nunca, e, claro, mais rápido do que a maioria das pessoas.

Após tocar diversas músicas diferentes, Lucien tinha aprendido a Sinfonia do Destino e várias outros estudos muito bem, como um instrumentista bem qualificado.

Não é de se admirar que Rhine diga que a combinação da Bênção e de uma boa memória possa gerar um pianista qualificado. Faz todo sentido. — Lucien estava refletindo.

Na verdade, não era muito difícil para um cavaleiro aprender a usar um instrumento musical. No entanto, dominar um instrumento musical era uma coisa, mas se tornar um grande músico era uma história totalmente diferente.

Depois de dar o pó de rosa para Lucien, Felícia começou a fazer perguntas sobre música para ele o tempo todo. Naquela manhã ela visitou o escritório dele e pediu opiniões sobre a música que ela havia composto. Já que ela considerava isso como parte do acordo entre eles, Felícia não queria perder tempo.

Na verdade, o entendimento de Lucien sobre música não era melhor que o de Felícia. Ele não tinha escolha a não ser procurar as obras-primas de seu mundo original em sua biblioteca espiritual, a fim de fornecer algum feedback adicionando pedaços de grandes obras de música na obra de Felícia. No entanto, aquilo já impressionou Felícia muito. Ela estava muito inspirada pelo feedback de Lucien.

— Seu talento é surpreendente. — Os olhos vermelhos de Felícia estavam brilhando como rubis, — Suas habilidades ao tocar piano progrediram muito rápido.

Lucien apenas sorriu educadamente.

Após o almoço, Lucien trouxe algumas de suas coisas do barraco para o distrito Gesu.

Os cobertores e lençóis estavam penduradas no quintal, secando ao sol. Lucien estava um pouco receoso, não tendo ideia do que os sequestradores diriam sobre ele deixar a carta aqui ontem à noite.

Abrindo a carta devagar, Lucien prendeu a respiração. A nova frase foi direta:

“Leve a carta com você, Sr. Evans.”

Lucien fingiu que estava confuso, comportando-se como uma pessoa comum que não tinha ideia de quão útil a carta realmente era.

— Eu deixei a carta aqui sem querer ontem à noite. Eu ainda vou morar em Aderon esta semana, já que a casa não está pronta, — disse Lucien para a carta.

Um tempo depois, a carta respondeu:

“Então leve a carta de volta com você. Assim nós poderemos nos comunicar mais facilmente.”

— Eu vou, mas eu quero uma outra Cena, — solicitou Lucien.

“Claro”, respondeu a carta imediatamente.

Em seu caminho de volta para casa, com a sua visão mais nítida, Lucien viu que as marcas que ele deixou na parede na noite passada tinham sido substituídas por novas marcas:

“Estamos bem. Lobo de Fogo se ofereceu para ser o seu guia para procurar dita relíquia. Onde ele deve encontrá-lo? Coruja.”

Lucien continuou andando sem diminuir o ritmo. Não havia nenhuma relíquia mágica chamada Emden. Lucien inventou aquilo tudo.

À meia-noite, os hereges começaram a ficar menos alertas. Com Luar, Lucien escapou de sua vigia novamente e veio até a parede com as marcas. Ele deixou uma nova linha de símbolos lá.

“Sexta à noite, às 11. Na entrada leste do Cânion Larnaca, perto da Floresta Negra Melzer. Professor.”

Na quinta-feira de manhã, Lucien encontrou a segunda bola Cena na frente de sua casa antes de sair para a associação.

A mesma cabine e mesa de madeira. O rosto de Joel estava sem emoção, enquanto Alisa estava limpando as lágrimas silenciosamente, e Iven parecia assustado. A lua prateada podia ser vista através da janela, e várias estrelas estavam brilhando ao fundo. Lucien notou terra fresca nos sapatos deles, e de repente, ele concluiu que talvez a cabine de madeira fosse apenas o lugar para fazer aquelas imagens. O verdadeiro lugar que eles estavam sendo mantidos em cativeiro devia ser em outro lugar. Lucien reparou ainda que, como a terra ainda parecia estar fresca, o lugar real não devia ser muito longe daquela cabine.

Na sala de prática da princesa, quando Lucien estava tocando piano sem parar, ele disse de repente a Natasha:

— Alteza, eu gostaria de me confessar.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: