TA – Capítulo 79 – 3Lobos

TA – Capítulo 79

Grito da Alma

Tudo no laboratório estava exatamente igual à última vez que Lucien esteve ali. Não havia nenhum cheiro de estranhos, mas apenas o odor leve de enxofre proveniente da saída secreta.

Na primeira meia hora, Lucien ficou meditando para manter o foco e, mais importante, para esperar até os patrulheiros noturnos saírem das redondezas e os hereges começarem a monitorar seu quarto novamente.

Depois de se certificar que nada na superfície estava errado, Lucien começou a ativar os círculos mágicos entalhados na mesa com seu poder espiritual. Então, ele pegou um tubo de pó de alma penada, três cogumelos necróticos, um pouco do tecido cerebral do zumbi aquático e alguns outros reagentes.

Vestindo luvas, Lucien pegou um cogumelo necrótico com uma adaga de prata e colocou ele em um círculo mágico para ser pesado.

— 6,72 gramas. — Em sua biblioteca espiritual, Lucien anotou o peso do cogumelo, bem como a quantidade usada dos outros materiais e reagentes. Ele colocou o cogumelo em um recipiente de vidro com runas mágicas em volta e, em seguida, anotou o peso de um béquer vazio.

Lucien observou atentamente enquanto estava colocando o pó de alma penada no béquer vazio e parou quando havia exatamente 3 gramas de pó nele. Usando o mesmo método, ele pesou 10 gramas do pó de rosa lunar.

Então, ele partiu para o tecido cerebral. Lucien pegou a adaga e cortou o tecido com cuidado. Como se o tecido cerebral do zumbi aquático ainda estivesse vivo, no momento em que Lucien o tocou com a adaga, o tecido cerebral de repente se encolheu, como se muitos vermes estivessem vivendo dentro dele.

Frio e pegajoso como o cérebro era, Lucien quase vomitou quando foi cortá-lo. De repente, uma ilusão de inúmeros zumbis aquáticos ferozes e almas penadas apareceu na frente dos olhos de Lucien. A pele e a carne deles estavam podres, os dentes estavam sangrando, e o cheiro de corpos em decomposição estava mais do que nojento.

Lucien franziu as sobrancelhas para manter o foco. Seguindo a estrutura do córtex, ele tirou a parte interna do cérebro. As ilusões fantasmagóricas desapareceram imediatamente. O resto do tecido cerebral gradualmente se estabilizou.

Após a pesagem do tecido cerebral, Lucien colocou um pote preto espesso sobre o círculo com uma chama mágica e ajustou a chama pouco a pouco até que a cor dela assumisse uma mistura de dourado e branco.

Lucien jogou o cogumelo necrótico no pote e adicionou uma pequena quantidade de água. Em seguida, ele cuidadosamente agitou o conteúdo no interior do recipiente.

O cogumelo derreteu lentamente de uma maneira estranha. O fedor foi contido dentro do círculo mágico. Quando o líquido espesso preto no pote começou a borbulhar, Lucien acrescentou calmamente o pó de alma penada e o pó de rosa.

Assim que os três materiais se mesclaram, uma grossa fumaça preta e prata saiu. Parecia haver muitas almas penadas lutando umas com as outras. Um grito agudo soou nos ouvidos de Lucien e fez ele se sentir um pouco enjoado.

Lucien sabia que não podia vacilar naquele momento crucial. Sendo controlada por seu poder espiritual, a chama ficou inteiramente branca.

As fumaças preta e prata começaram a se fundir uma com a outra e assumiram uma cor pálida, como a pele de um corpo morto.

À medida que o tempo passava, a fumaça se transformou em gotas de água e caiu dentro do pote. Aproveitando aquele momento, Lucien adicionou o tecido cerebral dentro da mistura.

As gotas de água no recipiente rapidamente umedeceram o escuro tecido cerebral e, em menos de um segundo, o cérebro desapareceu. Todo o laboratório de repente ficou mais frio e escuro. Mesmo a chama no círculo mágico parecia fraca e um pouco esverdeada.

De repente, ele foi atacado por ondas infrassônicas e recuou vários passos, quase desmaiando. Suas entranhas estavam se revirando dentro de seu corpo e sua cabeça estava zumbindo.

Lucien não esperava isso. Nada daquilo havia sido mencionado nas notas explicativas da bruxa. Ele começou a lançar o feitiço Parede Acústica. Paredes transparentes foram criadas em volta dele para protegê-lo do ataque das ondas sonoras.

Alguns segundos depois, Lucien lançou Luz. Uma bola de luz brilhante apareceu no ar. Diante da luz, Lucien viu muitos rostos humanos pálidos dentro do recipiente!

Aquelas faces estavam bastante desfocadas, mas a crueldade e malícia nelas era aterrorizante. Eles estavam lutando dentro do círculo mágico, tentando entrar no corpo de Lucien.

Sob a luz forte, os rostos gradualmente desapareceram. Quando tudo voltou ao normal, Lucien viu uma pequena quantidade de líquido preto no fundo do pote, com um forte cheiro de queimado.

A receita deve estar correta. Porém, a bruxa pode ter deixado de fora algumas anotações que ela não traduziu. Possivelmente isto ocorreu devido ao tecido cerebral ser de um zumbi aquático mutante. Isso quase me matou. — Tirando as luvas, Lucien limpou o suor na testa. — Eu tenho que encontrar uma oportunidade de aprender a língua do antigo império mágico.

Grito da Alma era uma das maiores conquistas do antigo império mágico Sylvanas. De acordo com as anotações da bruxa, apenas alguns feiticeiros tinham a receita, e a fabricação da poção necessitava de uma quantidade exata de diferentes materiais e reagentes. Mesmo um pequeno erro poderia levar ao fracasso.

Felizmente, o cérebro deste zumbi aquático mutante tinha apenas um pouco mais de poder da alma do que os comuns.

Para a próxima tentativa, Lucien decidiu usar o melhor cogumelo necrótico que ele tinha. Seguindo os mesmos procedimentos, Lucien chegou à última etapa sem problemas. Quando Lucien jogou outro pedaço do cérebro do zumbi aquático no pote, o grito agudo e amargo saiu novamente. No entanto, desta vez o grito foi totalmente bloqueado pelas paredes acústicas. Então, ele calmamente adicionou as pequenas quantidades dos outros reagentes.

A chama branca de repente cresceu e cobriu totalmente o pote. Em seguida, ela diminuiu novamente até desaparecer alguns segundos depois.

Um líquido preto permaneceu borbulhando dentro do pote. Dentro de cada uma das bolhas havia um rosto horrível e cruel, chorando e gritando.

Era por isso que a poção era chamada de Grito da Alma.

Usando a Mão do Mago, Lucien derramou o líquido preto em um tubo de ensaio.

Ele observou cuidadosamente e teve a certeza de que a poção foi feita corretamente. Lucien fez uma careta por um momento e bebeu todo o líquido escuro em um só gole rápido.

Ele não tinha tempo suficiente para testar as características da poção. Ele precisava assumir o risco.

O sabor da poção não era realmente tão horrível, mas a textura era definitivamente estranha.

Logo Lucien sentiu uma dor imensa em seu corpo, como se a poção estivesse rasgando ele em pedaços. Lucien ouvia choro de todos os lados, mas ele não sabia se eles eram reais.

Ele se agachou para tentar amenizar a dor e, em seguida, se deitou e rolou para frente e para trás no chão. Lucien pegou um pedaço de pano e o enfiou na boca, caso ele chegasse ao ponto de precisar controlar a vontade de gritar.

Embora Lucien achasse que era mais forte do que as pessoas comuns por causa de sua rotina de exercícios, agora, ao enfrentar a dor, ele já não tinha mais tanta certeza se realmente conseguiria despertar a Benção com a ajuda daquela poção.

Seu sangue estava queimando e suas veias estavam inchando. Lucien sentia seu corpo prestes a explodir. Sua pele estava cheia de grossas veias azuis e verdes, que definitivamente faziam ele parecer estar morrendo.

Sangue saiu do corpo de Lucien na forma de um vapor vermelho, mas então voltou para dentro do corpo de uma vez. Em sua consciência confusa, Lucien sentiu um poder frio e sombrio gradualmente tomando conta dele.

Naquele momento, uma luz brilhante de repente se expandiu para fora da projeção da sua Estrela do Destino dentro de sua alma e rapidamente se ligou à sua verdadeira Estrela do Destino no céu estrelado, que apareceu na frente dos olhos de Lucien. O poder da estrela começou a se infundir nas veias de Lucien, lutando contra a dor e forçando o poder sombrio a recuar.

Lucien estava esperando que o poder da estrela pudesse vencer a batalha ocorrendo dentro de seu corpo. Ele não queria ser dominado por um poder mais cruel, o que também podia lhe trazer problemas e um alto risco no futuro.

Infelizmente, o poder das almas gritando dentro dele ainda era mais forte. O batimento cardíaco de Lucien começou a desacelerar, à medida que a batalha entre os dois poderes o colocava à beira da morte.

Afinal, despertar a Bênção através de uma poção misteriosa mencionada em um livro ancião pode não ser a coisa mais sensata a se fazer.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: