TA – Capítulo 51 – 3Lobos

TA – Capítulo 51

A Nova Mensagem

Depois de pressionar a última tecla, Lucien tirou lentamente as mãos do teclado. Um sentimento de realização tomou conta dele. Após três semanas de prática diligente, agora Lucien conseguia tocar a obra-prima de forma relativamente fluente, se utilizando de algumas habilidades simples. Claro, não era perfeito, mas Lucien acreditava que o Sr. Victor poderia facilmente perceber o valor dela.

— Lucien… você… — Felícia estava em pé ao lado da porta com a mão na maçaneta, com confusão, mas também surpresa estampados em seu rosto.

— Felícia, desculpe, eu não percebi que você estava aqui. — Lucien se levantou e empurrou o banquinho do piano para debaixo do teclado, — O que você disse?

— A música que você tocou… foi bastante impressionante. Você… progrediu bastante. — Felícia desviou o olhar. Ela não estava acostumada a fazer elogios, especialmente para Lucien.

— Obrigado, Felícia. — Pegando suas folhas de música, Lucien foi até Felícia, — Eu tenho que ir agora. Parece que tem uma tempestade chegando.

No mês da colheita sempre havia uma chuva a cada poucos dias. O tempo naquele momento estava muito abafado, e o céu estava muito mais escuro do que o habitual.

— Sim, claro. Até amanhã, Lucien. — Felícia estava meio distraída.

Quando Lucien desceu as escadas, viu Athy pedindo aos servos para fazer a limpeza lá. Lucien caminhou para ele perguntou:

— Sr. Athy, você viu o Sr. Victor? Eu tenho algo para falar com ele.

— Sr. Victor acabou de sair para o cemitério. Temo que ele não vá voltar até mais tarde. — Athy era sempre educado e sério, — Gostaria de deixar um recado?

— Não, tudo bem. Não estou com pressa. Obrigado, Athy. — Lucien acenou com as mãos. Ele poderia falar com Victor pessoalmente no dia seguinte. Naquela noite ele tinha algumas experiências mágicas para executar, que eram sua prioridade.

Nas últimas semanas, Lucien conseguiu ler o periódico Arcana muitas vezes. Com a ajuda da literatura armazenada em sua biblioteca espiritual, o seu conhecimento dos fundamentos mágicos aumentou muito. Combinando isso com o que ele tinha aprendido sobre a frequência vibracional, Lucien melhorou o feitiço Oscilação de Homan e criou duas novas magias de nível aprendiz.

Para a maioria dos aprendizes, o desenvolvimento de seu poder espiritual era, muitas vezes, muito mais rápido do que a acumulação de seu conhecimento. Lucien, por outro lado, estava enfrentando uma situação totalmente oposta devido ao seu histórico. Seu poder espiritual ainda não era suficiente para a conjuração de dez feitiços consecutivos de nível aprendiz.

No início da noite, em seu caminho para a casa da tia Alisa, Lucien notou que havia uma nova mensagem codificada no canto da parede.

“Temos novidades sobre as criaturas do mal. Esta noite. Dez horas. No mesmo lugar” — dizia a mensagem secreta.

Lucien continuou andando como se não tivesse visto nada. Em sua mente, ele estava adivinhando a intenção desta mensagem. Ele não participou mais das reuniões depois de sua primeira aparição, então parecia que eles estavam usando as informações para atraí-lo.

Outro motivo para Lucien estar cauteloso era o corvo que ele viu da última vez, em seu caminho de volta para casa após a reunião dos aprendizes. Quando Lucien encontrou pela primeira vez o corvo, ele não deu muita bola, uma vez que havia muitos corvos em Aalto. No entanto, mais tarde ele lembrou o que tinha lido nas anotações da bruxa — o corvo era o familiar mais comum. Quanto mais pensava nisso, mais preocupado ele ficava. Agora Lucien não conseguia deixar de se preocupar se a mensagem era uma armadilha, no caso, possivelmente bolada pelo mestre do corvo.

No entanto, a atração exercida pela informação era irresistível. Lucien sempre desejou a poção Grito da Alma, que poderia revelar o poder latente em um corpo desenvolvido. Ele vinha procurando os ingredientes por um bom tempo. Agora, ele já tinha o cogumelo necrótico e o tecido cerebral do zumbi aquático, então Lucien queria obter o pó de alma penada e o pó da Rosa da Luz Lunar o mais rápido possível. Exceto pela utilização do sangue de um fantasma para convocar uma alma penada, Lucien não conseguia pensar em uma segunda maneira de obter o pó de alma penada em Aalto, especialmente sob a constante vigilância da igreja.

Mastigando seu pão, Lucien estava pensando com cuidado, assistindo o conflito entre seu sentimento de insegurança e seu desejo. Finalmente, Lucien decidiu aceitar o convite. No entanto, antes de ir lá, ele precisava estar preparado.

À noite, no laboratório de Lucien.

No círculo mágico esculpido na mesa de pedra, um recipiente preto do tamanho de um copo estava sendo aquecido sobre um fogo azulado, e dentro havia um líquido vermelho espesso fervendo.

O rosto de Lucien parecia muito sério. Ele estava mexendo o líquido no recipiente com uma vara longa de cerâmica. Na mão direita dele havia um tubo de ensaio com um líquido preto. Colocando o líquido no recipiente, Lucien misturou os dois lentamente.

Cada gota do líquido negro criava um pouco de vapor branco. Como se estivesse vivo, o líquido vermelho foi diminuindo rapidamente e se tornou cada vez mais grosso, como gel. Lucien sabia que um pequeno erro poderia causar uma explosão devastadora. Ele tinha que manter a concentração.

Ao terminar de misturar todo o líquido preto com o vermelho, Lucien pressionou sua mão direita sobre o círculo e usou seu poder espiritual para mudar a forma como o círculo funcionava. Muitas linhas finas vermelhas surgiram e cobriram o recipiente. Enquanto isso, Lucien começou uma conjuração. Um feixe de luz branca fria apareceu entre os seus dedos e foi para dentro do recipiente.

O frio se chocou com o calor, mas as linhas vermelhas mágicas impediram que o gel explodisse, e lentamente ele se tornou mais estável.

Quando a névoa branca se dissipou, sobrou apenas uma pequena quantidade de gel da cor do fogo dentro do recipiente preto. Lucien colocou cuidadosamente o gel espesso em um pote de vidro e o selou, que era o último passo necessário para fazer o Gel Flamejante.

Lucien encontrou o processo de criação nas anotações da bruxa. De acordo com a sua descrição, ele supôs que o Gel Flamejante deveria ser tão poderoso quanto Napalm.

A fim de ampliar o seu poder explosivo, Lucien estava prestes a adicionar um pouco de nitroglicerina na fórmula, mas no final ele decidiu que seria melhor não, porque ele não queria transformar o seu novo laboratório em um monte de ruínas por ser apressado demais.

Em uma caixa no canto do laboratório, havia sete frascos, cada um deles contendo diferentes poções. Dois deles eram Gel Flamejante, dois outros eram Tempestade, que era usada para acelerar a recuperação e aumentar a energia, e os três últimos eram Coruja Castanha, que acelerava a velocidade de recuperação de energia espiritual.

Lucien colocou todos os sete tubos de vidro, juntamente com o Gel Flamejante que ele tinha acabado de fazer, nos pequenos bolsos de seu manto preto. Eles foram feitos especialmente para transportar com segurança diferentes poções e reagentes mágicos.

Em seguida, ele abriu suas próprias anotações em cima da mesa, onde escreveu as estruturas e os princípios dos dois novos feitiços de nível aprendiz que ele havia criado. Baseado em seu conhecimento de vibração e frequência e depois de centenas de testes, Lucien melhorou o feitiço Oscilação de Homan, e assim ele tinha suas próprias magias: uma chamada Ecolocalização, e outra Mão Oscilante do Professor.

Depois de fechar o caderno, Lucien subiu de volta para o quarto e se deitou na cama para descansar um pouco.

Ele saiu de sua casa naquela noite às nove e quarenta.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: