TA – Capítulo 48 – 3Lobos

TA – Capítulo 48

Prazo

Como o sucesso e a reputação de um professor também se relacionava diretamente com os alunos, Lott e Felícia também estavam preocupados.

— Fazer algo? — Felícia revirou os olhos, — Fazer o quê?

Franzindo o cenho, Lott respondeu pensativo:

— Uma sinfonia é uma música bastante longa e geralmente consiste em quatro partes. Para um concerto, quatro sinfonias bastam. Não entendo por que o Sr. Victor insiste em criar novas sinfonias, afinal, ele tem um monte de sinfonias boas que ele tinha escrito anteriormente, é só escolher uma delas.

— O Sr. Victor já escolheu a melhor dentre elas, e será uma das quatro sinfonias — ao lado deles, Athy se juntou à sua conversa —, mas também é a única dentre as quatro que está inteiramente pronta. O Sr. Victor acha que as outras não estão nem perto da que ele escolheu. A fim de fazer um concerto excelente, o Sr. Victor tem que garantir que todas as partes dele sejam igualmente impressionantes.

Esfregando os olhos, Heródoto suspirou e disse:

— Sr. Victor sempre quer ser perfeito. Suas obras anteriores eram realmente muito populares entre muitos músicos e nobres, ou ele nunca seria qualificado para fazer um concerto no Teatro dos Cantos. Se tentarmos, provavelmente podemos convencê-lo. — Ele olhou para Lott e Felícia, enquanto Lucien, um estudante pobre que só conseguia tocar as músicas mais simples por enquanto, era subconscientemente ignorado por ele.

— O que você acha, Sr. Athy? — perguntou Felícia. Ela sabia que, entre todas as pessoas na sala de estar, Athy era o que melhor conhecia o Sr. Victor. Afinal, Athy trabalhava para Victor há quase trinta anos.

— Infelizmente, eu não penso assim. — Lentamente, Athy negou com a cabeça, — O concerto é de grande importância para Victor. Ele quer cumprir o desejo de sua falecida esposa, que é ter uma performance perfeita no Teatro dos Cantos e, destarte, ele não aceitará nada a menos que a perfeição.

— Provavelmente… podemos procurar algumas poções úteis para ele relaxar. — Como aprendiz, a primeira ideia de Lucien foi buscar a ajuda de poções e medicamentos.

— Não, nós não podemos. Essas drogas deixam a mente mais lenta e acabam com a inspiração. — Athy negou seriamente a proposta de Lucien.

— Mas não podemos simplesmente deixar o Sr. Victor se torturar assim, — disse Lucien com preocupação.

— Então, o que você pode fazer, Lucien? Aparecer com uma nova obra-prima para o Sr. Victor? — disse Heródoto, sendo evidentemente sarcástico. Ele nunca gostou de Lucien, — Se você não consegue, então cala a boca.

Lucien não se sentiu realmente ofendido, ao invés disso, o que Heródoto acabou de dizer lhe deu algumas ideias. Lucien tinha certeza que o Sr. Victor precisava de sua ajuda.

Quando eles estavam falando, Victor abriu a porta e desceu as escadas, parecendo muito cansado. Os alunos interromperam sua conversa instantaneamente e olharam para ele.

O cabelo de Victor estava bagunçado, e os olhos vermelhos.

— Eu vou para a associação para praticar as três primeiras sinfonias. Vocês venham comigo para ver como as diferentes partes da orquestra cooperam.

Embora todos estivessem um pouco aliviados ao ver que o humor de Victor quase voltou ao normal, eles sabiam que o problema ainda não estava resolvido.

No quinto andar da associação, a orquestra estava tocando uma sinfonia magnífica. As quatro partes da sinfonia foram integradas perfeitamente e juntas proporcionaram ao público um banquete em termos de qualidade.

Assim que a orquestra terminou de tocar a última parte, um aplauso seco veio da parte de trás. Todos os alunos olharam para trás.

Era Wolf.

— Bom, muito bom. Parece que você está pronto para o concerto, Victor. — Com o queixo empinado, Wolf ainda parecia o mesmo, arrogante e desagradável. Victor desfrutou de um período de paz enquanto Wolf estava fora da cidade, e agora, aparentemente, a felicidade acabou.

O rosto de Victor ficou sombrio em um instante, já que ele sabia que Wolf deveria ter ouvido ao menos uma parte. Antes de Victor dizer alguma coisa, Wolf perguntou com um sorriso falso no rosto:

— Me lembro de você ter pedido meu conselho antes de eu viajar. Agora eu estou de volta, então deixe-me ouvir o seu trabalho.

— Você acabou de ouvi-lo. — Victor queria conversar com ele o menos possível.

— Não… eu quero dizer… todas as quatro sinfonias. — Wolf ergueu as sobrancelhas.

— Wolf, você…! — Victor estava putaço. Antes de sua raiva tomar o controle, dois homens entraram pelo corredor. Um deles era um velho de cabelos brancos, usando um terno preto decente e com uma bengala preta na mão; o outro era o loiro bem-apessoado que Lucien conheceu há algumas semanas, Mekanzi, que era o primo mais velho de Lott.

— Diretor. — Colocando seu argumento de lado temporariamente, tanto Victor quanto Wolf fizeram uma leve reverência para o velho.

Os alunos de Victor também seguiram o exemplo de seu professor. Era a primeira vez que Lucien via o Barão Othello, diretor da associação, que também era o mentor de Mekanzi.

Na lei entre os nobres que foi construída ao longo de muito tempo, dentre a prole dos nobres, aquele que conseguisse despertar a Bênção e assim se tornar um cavaleiro seria mais qualificado para herdar o título de nobreza. Porém, herdar o título ainda era possível para aqueles que não despertaram o poder. Como um músico talentoso, Othello foi o único filho de sua família, e assim ele herdou o direito ao título e se tornou um Barão.

— Victor, eu ouvi dizer que você está tendo dificuldade com a quarta sinfonia? — Othello caminhou até Victor e perguntou seriamente.

Victor concordou com a cabeça, com os olhos baixos.

— Sim, senhor…

Othello levantou ligeiramente a bengala na mão junto com o tom de voz:

— Você deve saber o quão importante é este concerto. Você está representando a nossa associação para tocar na frente do Grão-Duque e da princesa, e precisa ter certeza de que nada sairá errado. Você entende?

— Eu sei, senhor. Eu vou garantir que todos os trabalhos serão realmente impressionantes… — respondeu Victor em voz baixa, — …pelo menos estou dando o meu melhor.

Wolf soltou uma interjeição de reprovação ao lado deles.

— Não, eu não estou pedindo que tudo seja tão impressionante, Victor, — explicou Othello. — Eu estou pedindo um desempenho seguro e suave. Eu entendo que você esteja sob pressão, mas você não pode continuar demorando assim. Você deve entregar as sinfonias o mais rápido possível para dar à orquestra tempo suficiente para praticar. — Então Othello pausou um pouco, — Bem… eu vou lhe dar um prazo. No máximo uma semana antes do concerto, quero ver tudo que será apresentado na mesa do meu escritório. Algum problema com isso, Victor?

Victor negou com a cabeça com grande esforço:

— Não… senhor. — Ele sabia que se até lá ele não conseguisse ajeitar a última sinfonia, alguém na associação o substituiria mais cedo do que ele esperava.

— Eu espero que você entenda por que eu estou apressando você. — Othello parecia menos severo agora, — Eu acredito que você consegue fazer isso, Victor. — O diretor balançou a cabeça para mostrar seu encorajamento e depois saiu do salão.

Naquele momento, Mekanzi se aproximou de Lott com um sorriso no rosto:

— Meu querido primo, espero que você não tenha tantos problemas com o teste de qualificação para músicos quanto o seu professor está tendo aqui. Embora eu seja um dos examinadores nos próximos três anos e eu esteja ansioso pela sua apresentação no violino, minha integridade nunca me permitiria fazer vista grossa.

— Não preciso que você faça vista grossa, — respondeu Lott, cerrando os dentes.

Então Mekanzi se virou para Lucien.

— Sabe de uma coisa? Como um indigente, você tem muita sorte por talvez ter a chance de ser um músico. Não é sábio desperdiçar seu tempo cortejando meninas ao invés de praticar suas habilidades.

Lucien ficou muito confuso quando ouviu o comentário de Mekanzi, mas logo ele percebeu que ele estava falando sobre Elena. Recentemente, Elena havia passado algum tempo com Lucien para aprender mais sobre música.

Então Mekanzi saiu e alcançou Othello com um lindo sorriso no rosto. Na família de Griffith, como o segundo na linha de sucessão para o título, Mekanzi nunca poupava esforços para agradar o chefe da casa.

— Minha nossa… Victor, você ainda está quebrando a cabeça com sua última obra-prima? — Fingindo que ele não sabia nada sobre aquilo, Wolf sorriu triunfantemente. — Aproveite, Victor. Aproveite a sua primeira apresentação no Teatro dos Cantos, porque ela pode muito bem ser a última.

Antes que Wolf se afastasse, ele reparou em Lucien:

— Então este é o seu talentoso mendiguinho, Victor? Bem… eu desejo a ele boa sorte com seu teste de qualificação no futuro. Afinal, a reputação do professor está diretamente associada à do estudante. Pobre garoto!

Wolf se divertiu com suas próprias palavras. Rindo, ele saiu pelo corredor. Enquanto isso, Lucien notou que o rosto de Victor estava vermelho e veias azuis se destacavam em suas mãos.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: