TA – Capítulo 47 – 3Lobos

TA – Capítulo 47

O Problema de Victor

Quase sem forças, Lucien perguntou com uma voz trêmula:

— Pi… Pierre… quem são as outras três mulheres? — Lucien percebeu que só conseguia se lembrar dos olhos da última mulher. Seus perigosos olhos azuis.

— Sei lá, mas eu consigo imaginar o que aconteceu. — Pierre deu de ombros, — A Srta. Silvia tem muitas amigas nobres e algumas são cavaleiras que despertaram a Bênção. Bem… você estava babando nas pernas dela de forma tão descarada, então uma de suas amigas provavelmente só lhe deu uma lição usando seu poder de cavaleiro.

— Entendi… será que a dama mais nova era a Princesa Natasha? Seu poder era tão esmagador. Exceto a princesa Natasha, não acho que haja outra mulher cavaleira em Aalto que tenha tal poder. A mulher de meia-idade de pé ao lado dela poderia ser sua guarda… — Lucien disse a Pierre, pensativo.

— Não importa quem elas sejam, meu amigo, porque as senhoras nobres não querem nada com você, e nunca vão. — Pierre deu um tapinha no ombro de Lucien, — As damas não perderiam um segundo sequer com pessoas comuns como nós.

Embora todos fossem dotados da Bênção, os descendentes de nobres sempre tiveram melhores chances de despertar o poder. Portanto, os nobres nunca se casariam com pessoas comuns, mas apenas com outros nobres, a fim de manter seu sangue puro.

— A senhorita Silvia é minha deusa, mas ela está muito longe do meu alcance. Tudo com o que podemos contar é a música, meu amigo, — disse Pierre com sinceridade, embora ele fosse o único que tivesse corado com os pensamentos afetivos.

Nas várias horas seguintes, Lucien estava sendo torturado pela sonolência. Ao meio dia, ele recusou o convite de Pierre para almoçar e decidiu voltar para casa para descansar.

Quando Lucien estava descendo as escadas, ele viu Elena conversando alegremente com um homem alto e jovem que tinha cabelos loiros brilhantes e um rosto bonito, com traços marcantes. Pelas suas roupas elegantes, Lucien adivinhou que o homem era um nobre.

Logo em seguida, o homem se despediu de Elena e subiu as escadas, passando por Lucien. Ele era realmente um homem muito bonito.

Lucien terminou a descida e puxou conversa com Elena, meio brincando:

— Então é por ele que você está apaixonada?

— Qual é, Lucien… Você é meu amigo e não percebeu que era um sorriso falso no meu rosto? — Massageando suavemente os músculos do rosto, Elena respondeu em voz baixa, — Ele é Mekanzi Griffith, o segundo herdeiro da família Griffith, aluno do diretor Othello, e também o playboy n. 1 na nossa associação.

— A família Griffith? — Lucien já tinha ouvido o nome antes.

— Sim, Griffith. — Elena concordou, — Se não estou enganada, você conhece Lott, certo? Mekanzi é seu primo mais velho. Ele é muito bom em tocar cravo e violino.

— Entendo… mas porque você não gosta dele? E por que você estava fingindo? — perguntou Lucien.

— Bem… Eu sei que não devia falar assim de um nobre, mas ele é um desgraçado. Como um playboy notório, Mekanzi é conhecido por seu mau comportamento. Ele gosta especialmente de conquistar mulheres que não têm interesse nele, que o tratam friamente. Dizem que havia uma menina de uma família comum que recusou Mekanzi algumas vezes e, por fim, ele, ele… — Elena fez uma careta de desgosto.

— Tenha cuidado, Elena, — ele disse, preocupado. — Bem, em alguns anos você já vai estar casada, eu acho.

— Casada… — Elena suspirou de leve e seus olhos pareciam tristes, — depois de ver tantos músicos e cavalheiros elegantes na associação, agora é impossível me casar com um cara comum.

O que Elena dizia fazia sentido. Uma vez que alguém tivesse desfrutado de muitas iguarias, o pão e a água simples se tornavam difíceis de engolir.

— Então, qual seu plano, Elena? — Como amigo, Lucien se preocupava com ela.

— Bem… provavelmente ser uma amante de um nobre ou de um músico famoso… — Elena riu quando viu o rosto atônito de Lucien. — Estou apenas brincando! Eu economizei um pouco de dinheiro e vou fazer aulas de música igual você, Lucien!

— Uau, isso é muito legal, Elena. — Lucien ficou impressionado. Uma garota independente e trabalhadora era sempre algo impressionante.

— Eu sei! A Srta. Silvia é minha inspiração. Eu desejo que algum dia eu também possa ser uma maestra elegante e bonita como ela. Para uma deusa da música, ninguém teria coragem de dizer que permanecer solteira na idade dela é um problema, porque ela não precisa de homem nenhum, ela tem o mundo da música! Embora eu saiba que muitos músicos da nossa associação são apaixonados por ela… bem, o Sr. Victor não é.

A esposa do Sr. Victor havia morrido há quase dez anos. Desde então, Victor permaneceu solteiro e colocou toda a sua paixão na música. Todos na associação sabiam disso, incluindo Lucien.

— Então você vai ser aluna da Srta. Silvia? — perguntou Lucien.

— Vou tentar, mas a Srta. Silvia raramente procura novos alunos. — Elena concordou. Seus olhos verdes estavam cheios de felicidade e emoção, — Ou eu posso ser sua aluna, Lucien, quando você se tornar um bom músico! — Ela sorriu.

— Será um prazer. — Lucien também riu.

Com abundância de materiais mágicos, Lucien não participou de nenhuma das reuniões seguintes dos aprendizes. Ele havia copiado o periódico Arcana em sua biblioteca espiritual antes de enterrá-lo ao pé da parede para devolver a Smile.

Pelos símbolos deixados por Smile, Lucien sabia que eles tinham ficado muito desapontados e ainda estavam ansiosos pela presença dele. Porém, Lucien não queria se precipitar, pois ele ainda precisava de mais algumas semanas para absorver completamente o conhecimento que ganhou tanto no Arcana como na última reunião.

O tempo passou. Quando Lucien conseguia lançar nove feitiços de nível aprendiz seguidos e estava muito perto de passar para o próximo nível, o de aprendiz intermediário, faltava apenas um mês para o concerto do Sr. Victor no Teatro dos Cantos.

Estando sem inspiração, o músico voltou a ficar ansioso e atormentado. Victor simplesmente não conseguia acertar a melodia da quarta e última sinfonia. Logo ele ficou estressado demais para ensinar tantos alunos, então ele não teve escolha senão suspender as aulas para aqueles que não eram seus estudantes de música, por pelo menos um mês inteiro.

Mas sua incomum irritação ainda estava muito clara aos olhos dos estudantes de música.

*Bang!*

Algo que soou como um frasco de tinta caiu no chão e todos os estudantes no andar de baixo levantaram a cabeça. Não era a primeira vez naquele dia.

— Bem… nós temos que fazer algo. Quebrar as coisas definitivamente não vai ajudar a trazer inspiração. — Lott deu de ombros.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: