TA – Capítulo 45 – 3Lobos

TA – Capítulo 45

O Laboratório Mágico de Lucien

Quando Lucien terminou de conseguir a maioria dos materiais que ele precisava, era hora de ir para casa.

— Eu tenho que ir agora — disse Lucien com sua voz grave. — Podemos continuar na próxima reunião. — Ele também tinha que voltar e revisar seu conhecimento de física e química para explicar mais perguntas de maneiras melhores para o grupo de aprendizes.

Para mostrar o seu agradecimento, todos os aprendizes se levantaram, colocaram a mão direita sobre a testa, e fizeram uma reverência para Lucien.

— Sr. Professor, podemos ter a honra de sua presença por mais tempo? Cada um de nós vai compartilhar nossas teorias mais recentes, apresentando-as aos outros. Seria um grande prazer ter você aqui conosco — Filósofo perguntou com esperança.

A parte da discussão estaria aberta a todos. Os aprendizes presentes estavam torcendo para que Lucien pudesse fazer comentários sobre suas ideias. Mesmo algumas palavras breves de um feiticeiro tão experiente poderiam beneficiá-los muito.

Para Lucien, o convite foi uma surpresa extra naquela noite. Embora ele pudesse entender muitas fórmulas avançadas com base em seu conhecimento prévio, ele, pelo contrário, estava tendo dificuldade em analisar alguns dos feitiços de nível aprendiz. Escondendo sua empolgação, Lucien tentou parecer o mais calmo possível.

— Tudo bem, então.

— Obrigado, Professor. — Mel branco foi a primeira a demonstrar sua apreciação.

Foi uma discussão produtiva, na qual Lucien também ganhou muito com os outros membros do grupo. Muitas de suas perguntas relacionadas às magias de nível aprendiz foram resolvidas e seu hiato de conhecimento foi preenchido. Ao mesmo tempo, os outros aprendizes também ficaram encorajados ao ver que o Sr. Professor estava realmente prestando atenção em sua discussão.

No início da manhã, depois de trocar mais informações, a reunião estava finalmente chegando ao fim. Filósofo interrompeu Lucien quando ele estava prestes a sair.

— Sr. Professor — pediu Filósofo esperançosamente —, você se importa de deixar suas informações de contato comigo? Assim, se conseguirmos encontrar pó de alma penada, podemos contatá-lo imediatamente.

No entanto, Lucien balançou a cabeça:

— Desculpe, acho melhor não. Coruja sabe como entrar em contato comigo. — Cauteloso como Lucien era, ele nunca confiaria em alguém facilmente.

— Bem… — Filósofo concordou, decepcionado, — Você irá participar do nosso próximo encontro daqui a duas semanas? — Os outros aprendizes presentes também aguardavam ansiosamente a resposta de Lucien.

— Ainda não sei. — A atitude de Lucien era neutra, já que ele não queria que seu comparecimento fosse considerado como regular, — É possível que eu esteja na Floresta Negra de Melzer daqui a algum tempo, preparando alguns experimentos. De qualquer forma, vou avisar Coruja com antecedência. — Porém, a resposta vaga de Lucien foi boa o suficiente para os outros membros. Pelo menos, aquele grande feiticeiro não recusou logo de cara.

Depois de Smile se certificar de que estava seguro lá fora, Lucien e outros aprendizes deixaram o porão um após o outro. Com a mala na mão e alguns materiais mágicos novos em seus bolsos, Lucien se dirigiu a sua casa sozinho. No caminho, Lucien espalhou seu poder espiritual, que já abrangia uma boa área, para detectar se havia alguém o seguindo, mas tudo o que ele achou nas ruas foi um corvo.

Mesmo assim, ele não se sentiu nem um pouco aliviado até ter finalmente chegado em casa.

Uma semana depois, usando uma magia que transformava pedra em terra ou lama, Lucien conseguiu cavar um porão que se conectava com sua casa. Com três metros de comprimento e dois metros e meio de largura, o novo laboratório de magia de Lucien se conectava à casa dele através de uma pequena escada de pedra.

De pé em um banquinho, Lucien estava esculpindo linhas na parede com uma adaga prateada que veio junto com o conjunto de equipamentos de laboratório. Ele estava criando um círculo mágico para bloquear as ondas de energia causadas por magias ou experiências mágicas.

Além disso, Lucien criou mais círculos mágicos para proteger o laboratório. Usando Eliminar Eco, por exemplo, ninguém notaria que o chão era oco simplesmente pisando forte no chão. Outros círculos mágicos foram usados ​​para colocar armadilhas mágicas que poderiam ser disparadas quando necessário.

Depois que o círculo estava esculpido, Lucien tirou uma pequena bolsa que continha um pó preto. O pó era obtido após processamento da Vinha Negra Esguia e se grudaria rapidamente em quase tudo. Ele pegou um bocado com a adaga e coloriu as linhas com o pó preto, e então ele jogou mercúrio nelas, pouco a pouco. Surpreendentemente, o mercúrio não escorreu, mas ao invés disso foi instantaneamente absorvido pelo pó. Agora, o contorno do círculo mágico estava muito distinto.

Pressionando a palma da mão no centro do desenho, Lucien espalhou seu poder espiritual e ativou o círculo mágico. As linhas prateadas foram se acendendo pouco a pouco. Após uma explosão de luz prateada, o círculo mágico desapareceu completamente na parede, como se nunca houvesse estado lá.

Lucien desceu do banquinho, sentindo-se exausto. Criar um círculo mágico podia ser muito cansativo. A parte mais problemática era que, dez dias depois, ele devia ser substituído por um novo quando o poder do círculo se extinguisse. Feiticeiros de verdade poderiam manter seu círculo mágico usando seu próprio poder espiritual ou criar estruturas muito mais complexas, que poderiam recuperar o poder automaticamente, sem qualquer intervenção do criador. Algumas partes de criaturas mágicas, como a pele, chifre ou sangue, também poderiam apresentar aquele resultado.

Então era hora do último passo. Utilizando o primeiro feitiço ao inverso, Lucien construiu uma longa mesa de pedra a partir da terra. Colocando todos os artigos de vidro e os fogareiros na mesa, ele ficou feliz e satisfeito com o resultado.

O laboratório estava pronto. Daquele momento em diante, Lucien finalmente teria um local próprio para praticar feitiços e realizar experimentos. Obviamente, aquele porão, embora não fosse espaçoso, era muito melhor do que os esgotos frios e fedorentos.

De pé na escada, Lucien aprovou seu trabalho, satisfeito. Então ele voltou para sua casa no andar de cima e trancou a entrada do laboratório com magia, depois de ter certeza que o círculo da armadilha mágica também estava ativo.

Já estava quase clareando. Assim que a cabeça de Lucien bateu no travesseiro, ele adormeceu. Ele tinha que ir trabalhar na biblioteca algumas horas depois.

— Como eu já disse anteriormente — Pierre olhou fixamente para Lucien com preocupação —, você tem que se controlar um pouco.

— Eu simplesmente não dormi bem na noite passada. — Lucien desaprovou o comentário balançando lentamente a cabeça.

— Aliás, qual instrumento você está aprendendo a tocar, Lucien? — Pierre mudou de assunto de repente.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: