TA – Capítulo 43 – 3Lobos

TA – Capítulo 43

Um Verdadeiro Professor

Depois de ver superficialmente algumas das fórmulas no artigo, Lucien descobriu que elas eram basicamente condizentes com o que ele tinha aprendido antes, na escola. Se não houve erro de cálculo, o feiticeiro deveria ter sido capaz de localizar e encontrar o planeta. No entanto, incluindo o autor, ninguém nunca conseguiu chegar nos planetas visados.

Tão estranho… — Lucien pensou, sentindo-se confuso. Então, ele viu as titulações do autor:

“Oliver Constantine — Grão-Arcanista; Aquimago Lendário; ‘Mão Aniquiladora’ de terceiro nível.”

Lucien estava tecendo suposições. — Parece que o título de Grão-Arcanista é ainda superior ao de Arquimago Lendário, e os dois títulos não se sobrepõem. Eles devem pertencer a sistemas de avaliação ou classificação diferentes, como se este último fosse determinado por quão poderoso o feiticeiro ou feiticeira seja, enquanto o primeiro depende da contribuição para o estudo da magia Arcana… — Então, quando ele olhou para as qualificações dos demais autores no periódico, ele viu que sua ideia estava correta. Todos eles tinham ao menos duas titulações diferentes, por exemplo, Arcanista nível oito, Mago Astrólogo de nono círculo; ou Arcanista nível seis, Mago Elemental de oitavo círculo… Lucien também notou que, na maioria dos casos, os níveis dos autores em na magia Arcana eram menores do que o seu nível de poder mágico. Portanto, parecia que alcançar realizações no estudo acadêmico era ainda mais difícil.

Os outros artigos incluíam títulos como:

“Estudo da cadeia de vibração em alguns dos feitiços.”

“Breve introdução do método diferencial e séries infinitas.”

“Reflexões sobre o problema das sete conexões.”

“A transformação mútua entre eletricidade e magnetismo na magia.”

“Um novo elemento detectado por um novo método.”

“O eterno debate: poder espiritual existe na forma de onda ou de partícula — Um estudo sobre ‘Tempestade Espiritual’.”

Enquanto Lucien estava lendo o livro, outros aprendizes o estavam observando veladamente.

Meia hora depois, Lucien já tinha uma ideia geral do periódico.

O estudo da Arcana neste mundo poderia ser entendido como a ciência da Terra. O desenvolvimento da Matemática e da Física aqui estava perto de como era na Terra no meio do século 18. As noções de Cálculo tinham sido basicamente construídas, enquanto a Geometria passava por um desenvolvimento muito rápido. Além disso, o desenvolvimento em Mecânica e Eletromagnetismo estava ainda mais avançado neste mundo. Ao mesmo tempo, alguns feitiços aqui estavam além da compreensão da ciência da Terra, por exemplo, Transposição Espacial.

Quanto à magia Elemental, ela estava próxima do nível de desenvolvimento da Química da Terra no início do século XIX. Pesquisadores, ou melhor, Arcanistas, haviam determinado que eram partículas que construíam tudo o que havia, e tinham percebido que terra, fogo, vento e água, na verdade, não eram elementos. Além disso, eles também tinham começado a medir o peso atômico.

Mas o periódico havia sido publicado há vinte anos. Lucien especulou que o nível de desenvolvimento atual da Arcana devia estar ainda mais avançado.

Depois que ele fechou a revista, Lucien descobriu que todos os aprendizes presentes estavam olhando para ele. Ele sorriu e perguntou:

— É um livro muito interessante. Posso ficar com ele por cerca de duas semanas?

— Contanto que você possa responder às minhas perguntas, Sr. Professor. — A voz do Filósofo parecia mesmo de alguém de idade.

— Claro, Filósofo. Por favor me faça suas perguntas. — Sabendo que o aprendiz mais velho estava tentando testá-lo, Lucien ficou bastante confiante. Ele acreditava que o seu conhecimento devia ser suficiente para responder a algumas perguntas do nível aprendiz.

Filósofo pegou uma pilha de papéis cheios de palavras e números.

— Professor, já que você se especializa em magias Elementais e da Astrologia, eu tenho algumas perguntas para você, relacionadas com o primeiro artigo na revista. Quando eu encontrei essas fórmulas, que podem prever a órbita de planetas, eu fiquei tão fascinado, mas eu não conseguia entender de onde elas se originaram e por que elas realmente funcionam. Você poderia explicar isso para nós, senhor?

Parecia uma pergunta que seria compartilhada com todos os aprendizes presentes. Todos eles se viraram e estavam à espera da explicação do Professor.

Dentro das expectativas de Lucien, a pergunta do Filósofo estava relacionada com a mecânica dos astros. Ele respondeu calmamente:

— Sua pergunta é ampla demais para ser totalmente explicada em poucos minutos, porque envolve muitos aspectos diferentes. Hoje à noite eu posso lhe explicar os princípios básicos da fórmula e como usá-los, você está satisfeito com isso?

— Claro, Sr. Professor. — Filósofo respondeu educadamente.

— Este símbolo representa a constante gravitacional. Alguns de vocês podem se perguntar o que é a gravidade. Bem, a gravidade é a força que faz você cair de volta para o chão quando você salta para cima sem o uso de qualquer tipo de magia, é a força que faz as maçãs caírem das árvores. Esses fenômenos não seguem a vontade de Deus, e eles não devem ser entendidos como uma benção…

Lucien estava tentando deixar a sua explicação mais simples. Quando os outros aprendizes o interrompiam para perguntar o porquê de algo, ele apenas respondia desta forma:

— Para explicar esta questão, muito mais conceitos e princípios serão envolvidos, e eles não podem ser compreendidos enquanto forem aprendizes. Depois de se tornar feiticeiros ou feiticeiras, estas questões serão mais fáceis de ser estudadas.

Isso era na verdade porque o próprio Lucien não entendia plenamente os princípios subjacentes à fórmula muito bem.

Filósofo suspirou, emocionado com as explicações.

— O aprendizado nunca será demais no mundo da magia. Antes, eu achava que tinha feito algum progresso neste campo, mas só agora eu percebi que estou muito longe disso.

O resto dos aprendizes também concordou. Vendo essas fórmulas, embora o misterioso Professor não explicasse o porquê, ele de fato esclareceu como elas funcionavam, a partir do que eles teriam novas ideias sobre como analisar e construir muitas novas estruturas mágicas.

Depois de Lucien terminar sua palestra, Filósofo ficou em silêncio. Depois de alguns segundos, ele agarrou sua pena e começou a escrever números em um pedaço de papel entusiasticamente. Outros aprendizes também estavam perdidos em pensamentos.

— Sr. Professor, eu quero pedir desculpas por suspeitar que você era um mentiroso… —Mel Branco era uma mulher, que não havia falado nada antes, — Você é o feiticeiro mais elegante e erudito que eu já vi. — Embora ela estava tentando se passar por uma mulher mais velha, ela estava animada demais para esconder sua voz encantadora.

De seu comentário, Lucien, Smile e Carvalho chegaram imediatamente a uma conclusão importante: Mel Branco era um membro de mais de um grupo aprendiz.

Lucien respondeu em sua pretensa voz ríspida.

— Eu aceito suas desculpas. Porém, na verdade, eu realmente não me importo com o que as outras pessoas pensam de mim. Meu conhecimento e poder são sempre meus.

Mais tarde, quando Mel Branco, Smile e Carvalho estavam trocando materiais mágicos, Lucien também comprou alguns deles.

Colocando a mão direita sobre sua testa, Filósofo fez uma profunda reverência para com Lucien. Era a cortesia dos feiticeiros antigos.

— Quero estender meus sinceros agradecimentos ao senhor, meu mentor —Filósofo disse, animado —, sua explicação resolveu muitas das minhas perguntas. Eu estou torcendo para que, com sua ajuda, eu possa descobrir como analisar a magia do primeiro círculo da Astrologia, a fim de me tornar um verdadeiro feiticeiro. Sr. Professor, para mostrar o meu apreço, eu espero que você aceite este conjunto de materiais de laboratório. Além disso, você pode escolher qualquer um dos meus pertences aqui.

— Sr. Professor, ouvi dizer que você precisa de cogumelo necrótico, e eu os trouxe aqui. Eu não tenho certeza se você está disposto a resolver uma pergunta minha… — Mercúrio era outra mulher no grupo, que parecia muito nervosa, mas também animada.

Outros aprendizes estavam conversando com Lucien de forma respeitosa, na esperança de aprender mais com ele.

Lucien começou a sentir que ele era um verdadeiro Professor agora.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: