Soberania – Capítulo 63 – 3Lobos

Soberania – Capítulo 63

Possessão por Espíritos Malignos (3)

Kang-jun ficou surpreso. Já era surpreendente ele ter se agrupado automaticamente com alguém de seu próprio exército, mas ainda por cima era a Soberana Avia.

No entanto, sua surpresa foi incomparável a de Jane Seon. Pouco antes do campo de batalha ser ativado, uma mensagem apareceu na frente dela:

[Lute com um aliado, o Soberano Lucan, das tropas de defesa de Hwanmong do Exército 439]

Soberano Lucan! Ela nunca esqueceria esse nome. Desde a aparição da Lua Vermelha, ele era a existência mais odiada no exército 439! Ela não tinha esquecido da espada de Lucan no primeiro dia de treinamento. Desde então, Lucan tinha evoluído além de sua imaginação.

Quando ela viu a mensagem de que a missão do Lorde Carniçal havia sido cumprida, ela ficou verdadeiramente possessa. Afinal, ela considerava aquela uma missão impossível.

Foi por isso que ela procurou as notícias em tempo real dos espíritos malignos. Ela queria ganhar de Lucan. Ela tinha que de alguma forma adquirir experiência e aumentar o seu nível. No entanto, ela acabou encontrando Lucan.

— Você é a Avia?

— Você é o Lucan?

Kang-jun perguntou casualmente, mas Jane Seon olhou para ele com olhos cheios de desejo competitivo. No entanto, eles tiveram que voltar sua atenção para a frente novamente.

— Kikikiki!

— Kukukuk!

Embora eles já tinham visto a mensagem de que um grande número de inimigos estava atacando, havia mais de cinquenta monstros com tentáculos! Além disso, um deles era duas ou três vezes maior do que os outros e parecia bastante poderoso.

No primeiro campo de batalha da Lua Vermelha, houve uma batalha com mais de cem monstros com tentáculos. No entanto, naquele dia havia quarenta soberanos presentes.

Agora, Kang-jun e Jane Seon tinham que lidar com mais de cinquenta deles, bem como um monstro chefe.

Por isso, o rosto de Jane de repente demonstrou sua confusão.

Meu Deus! Por que existem tantos?

Agora a quantidade de experiência não seria um problema. A questão seria se eles conseguiriam ou não vencer esta batalha. Se eles fossem derrotados, coisas terríveis poderiam acontecer.

Felizmente, era possível convocar seus subordinados ali. Ela ficou muito confiante depois de perceber isso.

Vou eliminá-los de uma vez.

Ela imediatamente convocou seus subordinados.

*Susu* *Sususu*

Com pele azul, o rosto de um lagarto, e o corpo que parecia de um ser humano. Um monstro chamado homem-lagarto. Os cinco monstros convocados por Jane Seon eram homens-lagarto gigantes. Eles eram duas vezes maiores que os normais e foram as tropas principais dela para conquistar edifícios.

— Você chamou, Senhora?

— Senhora! Você nos convocou.

Jane assentiu com a cabeça. Ela usava uma armadura branca e uma lança azul na mão direita.

— Jackel! Agora é a hora de provar sua bravura.

Jackel era o mais forte entre eles. Ele sorriu para os monstros com tentáculos.

— Esses caras?

— Sim. Chame seus subordinados para cuidar deles.

Depois disso, mais de cem homens-lagarto apareceram. Eles eram lanceiros. Em seguida, outros duzentos combatentes de armadura completa ​​apareceram. E depois mais cem homens-lagarto com bestas.

A mana de Jane Seon estava esgotada depois de convocar todos eles, e ela bebeu uma poção. Era uma de tamanho médio, que restaurava 150 pontos de mana de uma vez só.

*Sususu* *Susususu*

Parecia até que ela estava tentando mostrar suas tropas para Kang-jun. Após os xamãs e curandeiros da mesma raça aparecerem, ela parou a invocação, já tendo mais de 500 soldados presentes lá.

Ela só bebeu duas poções de mana. Ela terminou e olhou para Kang-jun.

— O soberano total não precisa agir contra coisas tão inferiores, não é? Deixe isso para mim.

Ela nem ouviu a resposta de Kang-jun e já estava gritando para suas tropas:

— Vão em frente e acabem com eles!

— Sim, Senhora!

— Todos vocês, avançar!

— Kukik! Wah! Livrem-se deles!

— Kukik! Kukikik! Pela nossa Senhora!

Sob o comando de Jackel, os esquadrões de homens-lagarto investiram contra os monstros. No entanto, Kang-jun não convocou um único subordinado sequer.

Ele estava ainda mais forte do que quando ele fez sua primeira missão no campo de batalha da Lua Vermelha.

Ele havia subido sete níveis em comparação com aquele dia!

Além disso, ele estava equipado com a lendária Armadura Completa do Lorde Carniçal, e também tinha o Coração do Lorde Carniçal, que aumentava consideravelmente o dano da Fenda Celestial. Em outras palavras, ele era bom o suficiente para varrê-los sozinho. Não havia necessidade de se incomodar convocando suas tropas, pois julgou que seria melhor usar a sua mana com a Fenda Celestial.

Ele decidiu não se juntar à investida de Jane Seon e só observou por um tempo. Na verdade, eles lutavam bem.

— Kikikik!

— Kukukuku!

*Chwack! Chwaack!*

Os homens-lagarto mordiam os tentáculos que se enrolavam em seus braços e pernas.

— Kuweek!

— Kuwaaack!

Eram como monstros com dezenas de braços. Isso era o monstro com tentáculos. Se o corpo não fosse atacado diretamente, se estaria fadado a ter uma luta sofrível.

Felizmente, o homem-lagarto Jackel sabia como lidar com aqueles monstros. Ele ordenou aos seus homens para atacarem seus corpos diretamente. Claro, alguns homens-lagarto morreram na luta.

Jane também estava lutando ferozmente na vanguarda de suas tropas.

Kang-jun a observou com cuidado. Jane Seon era, obviamente, nascida em berço de ouro. Mesmo usando uma roupa de academia, havia um ar luxuoso sobre ela. Não obstante, era incomum que alguém como ela lutasse contra o inimigo diretamente na vanguarda. Além disso, sua habilidade no manuseio da lança era excepcional. Ela lidava com um monstro daqueles no mano-a-mano sem qualquer dificuldade.

Claro, era simplório quando comparado com Kang-jun. No entanto, com base nas palavras de Heksia, era altamente provável que Jane tivesse uma habilidade intermediária ou mesmo avançada no manuseio da lança. Portanto, era possível para Jane e suas tropas lidar com os monstros sem dificuldade.

Porém, houve uma variável para pender a balança.

— Kuaaaah!

O monstro gigante deu um rugido alto. Naquele momento, o tamanho dos monstros aumentou.

*Suok* *Suuok*

Mesmo os tentáculos cortados tornaram-se gosmas grandes. Graças à força crescente dos ataques inimigos, Jane Seon e os homens-lagarto começaram a ser forçados para trás. Além disso, sangue fluía de sua testa, onde ela havia sido atingida. Mesmo que Jane ganhasse, seria necessário um sacrifício considerável de suas tropas. E também levaria muito tempo.

Eu vou acabar com isso.

Ele havia assistido por um tempo para verificar como ela lutava. O tempo total não tinha importância, porque na realidade ele não estaria correndo, mas Kang-jun ficou entediado assistindo.

*Susuk* *Hwiririk*

Kang-Jun passou como um raio entre os homens-lagarto e os tentáculos.

— Kuaak!

— Kuaaack!

Quando ele passava, os monstros com tentáculos caíam mortos.

[Você ganhou 18 Nodes]

[Você ganhou 16 Nodes]

[Você ganhou uma Poção Intermediária de Mana]

Kang-jun correu direto para o monstro gigante. Tudo em seu caminho foi feito em pedaços.

— Kuaaaah!

Nesse momento, uma bola de fogo gigante veio da boca do monstro gigante.

*Vooooooosh*

Era mais forte do que a de Kajel!

Nossa!

Kang-Jun rapidamente desviou para o lado. Ainda assim, a bola de fogo alterou seu curso e passou bem perto dele.

*Boooooom*

Soou como uma granada explodindo. Kang-Jun se moveu para fora do raio da explosão por reflexo, mas algumas das chamas ainda envolveram parte de seu corpo.

Não há dano considerável. É bem tranquilo agora que eu estou usando uma boa armadura.

Se ele soubesse que a proteção era tão boa, ele teria passado pelo meio do fogo sem hesitação.

— Kuaaaah!

A espada de Kang-jun brilhou no momento em que o monstro gigante com tentáculos abriu a boca para usar outra bola de fogo.

*Flash!*

Naquele momento, o monstro gigante parou de se mover, como uma estátua de pedra.

*Kung! Kuuong!*

Em seguida, ele caiu no chão em dois pedaços.

[Você ganhou duas Poções Intermediárias de Mana]

[Você ganhou uma pedra lunar grande]

Ele ganhou alguns itens. Os tentáculos e gosmas voltaram ao seu tamanho original. A espada de Kang-jun varreu todo o lugar como uma tempestade.

*Papapat*

— Kuwaaack!

— Keeeek.

Kang-jun atacou com sua espada tudo que entrou em seu caminho. Tudo na frente dele parecia morrer subitamente.

Isso é impossível! — Jane Seon olhava fixamente para Kang-jun, como se tivesse perdido sua alma. — Ele está…

Um suspiro saiu de sua boca. Os homens-lagarto também estavam observando.

*Cheok*

Naquele momento, Kang-jun sacudiu sua espada para limpar o sangue nela. A luta tinha terminado. Kang-jun acenou para Jane Seon, que ainda parecia confusa.

[Você ganhou a batalha]

[Você ganhou 40 pontos de mana]

[Mana: 470/470]

A mana se encheu novamente. Talvez ele até tivesse recebido mais, mas Kang-jun só tinha consumido quarenta pontos de mana.

Ele usou a Fenda Celestial uma vez e Aura do Vento duas vezes. Depois de um tempo, o campo de batalha desapareceu. Os estudantes que tinham sido possuídos de repente pareceram confusos.

— Ué! Por que eu estou aqui!?

— Ugh! O que aconteceu?

Eles gritaram freneticamente enquanto suas consciências retornaram.

— Professor! As crianças estão de volta ao normal!

— Ufa! Os espíritos malignos foram exorcizados!

— Surpreendente!

— Eles devem ser os exorcistas!

Os alunos e professores nervosos se aproximaram de Kang-jun e Jane.

— Fiquem tranquilos, os espíritos malignos se foram. Agora eu preciso ir.

Kang-jun sorriu para eles antes de voltar para o portão dos fundos. Seria um incômodo se ele fosse interrogado pela polícia ou por outras pessoas, por isso ele precisava sair dali o mais rápido possível.

Os alunos se reuniram em torno de Jane Seon.

— Nossa! Moça linda! Você é uma exorcista de verdade?

— A senhora está com um machucado na testa. Vocês se machucam combatendo os espíritos malignos?

— Não, não é exatamente isso…

Jane foi cercada por estudantes e estava com dificuldade para sair dali. Ela olhou na direção por onde Kang-jun tinha desaparecido.

*Vroooooom*

Pouco depois, Kang-jun entrou em seu carro e deu a partida. Agora, a situação ali estava resolvida. Kang-jun acompanhou as notícias em tempo real e se dirigiu para outro local.

Às nove da noite. Restaurante Incenso de Jade, em Cheongdam-dong.

Doze pessoas estavam sentadas em uma sala branca bem decorada. Havia três mulheres e nove homens. As idades variavam entre vinte e cinquenta anos.

Entre eles, o homem de cinquenta anos era Yoo Seung-hwan, que convocou a reunião. Um homem em seus trinta e poucos anos sentado ao lado dele era Kim Kun-woo, também conhecido como Zenith.

Eles se encontraram às 7 horas, e depois de duas horas eles haviam decidido formar uma aliança. Eles prometeram que, após a Lua Vermelha acabar, eles iriam lidar com o adversário Lucan primeiro.

— Hahaha! É interessante abrir o jogo para os outros dessa forma. Quem teria pensado que Kim Kun-woo, o filho mais jovem do Grupo Cheongma, seria o Soberano Zenith?

Kim Kun-Woo riu.

— Eu que deveria estar dizendo isso. Eu teria tentado me aproximar se eu soubesse que o Soberano Hardis é Yoo Seung-hwan, que é um gênio no que diz respeito a ações.

— Hoho! Ei, essa fala é minha. Eu deveria aproveitar esta oportunidade para aprender a ganhar um dinheiro com ações, senhor Yoo.

Kim In-hye, uma mulher dona de um edifício de uns trinta anos e Park Chang-sup, um homem de negócios na faixa dos quarenta, riram.

— Hahaha! Isso mesmo. Nos ensine algo sobre ações, senhor Yoo. Eu pessoalmente sou um fã seu. Eu li os livros sobre ações que você escreveu. Hahaha.

Yoo Seung-hwan sorriu.

— Claro, por favor, venha até a minha empresa a qualquer momento.

— Você não disse que aquele cara chamado Lucan morava inicialmente em um quarto de pensão? Parece que ele realmente tem sorte.

— Hoho! Ele até parece uma galinha preta que conseguiu botar um ovo branco!

Então Yoo Seung-hwan sacudiu a cabeça.

— Sim, porém, não devemos subestimá-lo. Ele é um cara assustador.

Kim Kun-woo também concordou.

— O senhor Yoo está certo. A partir de agora, temos que tomar cuidado com relação a ele. Assim que tiverem fundos suficientes, vocês devem comprar os imóveis perto dos Edifícios Yugang e Dafeng. Precisamos cerca-lo.

Kim In-hye riu.

— E podemos fazer isso? Agora há uma proibição quanto a guerra.

Kim Kun-woo sorriu.

— Basta olhar os edifícios que são de propriedade ou que estão ocupados pelos soberanos. Podemos descobrir se um território está ocupado ou não através do escritório Dragão Negro.

— Entendi. Então eu vou fazer isso.

— Eu também vou participar. Nós temos que se unir.

— Eu também. Vamos trabalhar juntos para sobreviver e se livrar dele.

Todos estavam dispostos a participar. Yoo Seung-hwan olhava com um leve sorriso.

Coitados estúpidos! Depois de acabar com Lucan, todos vocês serão meus!

No entanto, Yoo Seung-hwan não era o único sorrindo. Kim Kun-woo também tinha um sorriso estranho no rosto.

Hardis! Depois de Lucan, você será o próximo. Até lá, eu vou trabalhar junto com você.

Seus olhos brilhavam estranhamente enquanto ele bebia um copo de vinho.

Kang-jun estacionou seu carro no estacionamento do Edifício Yugang. Depois do incidente no Colégio K ele resolveu mais sete casos de possessão. Infelizmente, ele não conseguiu experiência suficiente para subir de nível, mas ele ainda estava orgulhoso. Hoje ele conseguiu salvar dezenas de pessoas que poderiam ter morrido.

Vou fazer uma pausa.

Ele imediatamente pegou o elevador até o 5º andar. Assim que abriu a porta com o cartão-chave, ele viu quatro pessoas sentadas no sofá da sala. Hayun recebeu Kang-jun na porta.

— Você chegou! Nós temos visita.

— Visita? Essas pessoas?

— Sim. Eles não parecem pessoas ruins, então eu disse a eles para entrar e esperar. Fiz ramyun para todos.

Ele já sentia o cheiro. Kang-jun estava com fome, então o cheiro era ainda mais tentador. Porém, agora não era o momento para comer ramyun. Ele queria saber por que eles vieram à procura dele.

*Ding dong*

Em seguida, a campainha tocou. Quem seria dessa vez? Kang-jun abriu a porta.

— Pois não?

Diante dele estava Jane Seon, ou Soberana Avia.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: