Soberania – Capítulo 47 – 3Lobos

Soberania – Capítulo 47

Se Tornando um Senhor de Muitas Posses (2)

— Uau! Não posso acreditar. Isto é realmente tudo meu!

Kang-jun se sentou no sofá e olhou através do relatório de propriedades que Hanna Yeonso lhe deu. O Edifício Dafeng foi vendido recentemente por 3,2 bilhões de won e o Yugang tinha um valor de mercado de sete bilhões. Havia uma renda anual de 350 milhões em aluguel. Então era aproximadamente 30 milhões por mês. Então, mesmo que ele simplesmente ficasse ali sentado, ele ainda receberia 30 milhões de won por mês.

Naturalmente, a renda seria menor devido aos juros sobre os três bilhões em empréstimos e aos impostos sobre o rendimento do aluguel. Porém, mesmo assim, isso era dinheiro suficiente para durar uma vida inteira para uma pessoa comum.

Droga! É por isso que as pessoas se tornam proprietários.

Kang-jun se sentiu amargurado. As pessoas viviam de forma diferente neste mundo. Alguém que trabalhava igual um condenado receberia de oitocentos mil a um milhão de won por mês, enquanto outros poderiam simplesmente sentar e ganhar várias centenas de milhões por mês.

O proprietário de um edifício estaria no topo.

Jung Kwang-hyeon já nasceu em berço de ouro, mas Kang-jun conhecia melhor que ninguém as desgraças de viver no fundo do poço. Então ele estava ao mesmo tempo feliz e pesaroso por se tornar um proprietário de imóveis.

No entanto, não foi de graça. Ele arriscou sua vida lutando contra monstros e elevando seu nível. Esta foi a recompensa que ele recebeu por ganhar a guerra. Se ele tivesse sido derrotado por Jung Kwang-hyeon, Kang-jun seria o único que estaria sofrendo no inferno agora.

Kang-jun continuou verificando seus futuros bens. Um saldo bancário de 230 milhões de won, que seria transferido para a conta de Kang-jun amanhã. E havia 300 milhões de won em ações e títulos. Isso seria vendido e colocado em sua conta como dinheiro. Era isso que Kang-jun queria. Ele não entendia nada sobre ações ou títulos. Era possível que eles caíssem, e por isso era melhor ter o capital em dinheiro. Desta forma, ele teria 530 milhões de won.

Era melhor usar o dinheiro para pagar o empréstimo bancário.

Agora que ele tinha dinheiro, não havia necessidade de ficar se matando para vender produtos no mercado.

Sim. A eficácia da minha habilidade administrativa aumentará se for utilizada no meu território.

O pensionato no 4º andar do prédio Dafeng estava vazio. Jung Kwang-hyeon tinha se livrado de todos os moradores, exceto por Kang-jun. Em vez de alugar os quartos novamente, ele estava pensando em abrir um negócio. Abrir um café lhe permitiria melhorar suas habilidades de gestão.

Entretanto, ele não tinha a intenção de jogar fora o seu contrato atual no mercado. Ele continuaria a vender roupas íntimas até o período do contrato terminar. Depois disso, ele iria considerar a criação de um negócio nesta área. Ele não precisaria se preocupar com pessoas renovando seus contratos de aluguel, e seria um negócio estável.

— Nossa!

Kang-jun olhou para a foto do carro estrangeiro na lista de propriedades. Era um Venta classe S sedã, preto. Qualquer um que olhasse para ele poderia ver que era um carro caro. Motor 6.0, classe D em economia de combustível, 6 km por litro. Ele quase que literalmente jogava combustível na estrada.

Vou vender o carro. — Iria pesar para ele dirigir um carro tão caro. Kang-jun preferia SUVs do que sedans. Ele iria comprar um SUV quando precisasse de um veículo. No entanto, ele certamente perderia dinheiro se vendesse o carro como um usado, e então decidiu ficar com ele por enquanto. Kang-jun não precisava vender o carro imediatamente, podendo pensar nisso com calma.

— Devo dar uma olhada na casa?

Kang-jun se levantou do sofá e andou pela casa. Havia uma sala de estar, cinco quartos e dois banheiros. O piso era de mármore, a cozinha era separada e havia uma sacada grande. Os eletroeletrônicos eram top de linha.

Estou morando sozinho em um lugar como este…

A maioria dos itens pessoais relacionados com Jung Kwang-hyeon tinha desaparecido. Apenas as jóias caras e as decorações permaneceram. Agora que o falso Jung Kwang-hyeon tinha saído, Kang-jun teria de se desfazer das coisas caras que não precisasse.

A casa estava extremamente limpa e poderia ser usada hoje mesmo.

Não havia um cofre?

Havia um cofre no closet conectado ao quarto. Jung Kwang-hyeon lhe dera a senha, mas ele não sabia o que havia lá dentro ainda.

*Pi pi pi pi pi pi *

Ele digitou o número de seis dígitos e abriu a porta. Havia 10 maços com 500.000 won cada, ou seja, cinco milhões de won em espécie. O dinheiro estava em toda parte! Como não estava na lista de Hanna Yeonso, era dinheiro que não podia ser descoberto pela Receita Federal. Talvez tenha sido por isso que ele deixou no cofre ao invés de em sua conta bancária.

E aliás, não havia apenas dinheiro no cofre.

O que é isso?

Era um saco contendo um pó branco desconhecido. Havia também uma coisa estranha, uma seringa!

— Vai dizer que…

A expressão de Kang-jun ficou rígida. Seriam drogas? Pareciam ser. Estava claro que Jung Kwang-hyeon traficava drogas.

Louco! Por que ele está fazendo algo assim?

Kang-jun não conseguia entender Jung Kwang-hyeon. No entanto, não tinha motivo para precisar entende-lo. Ele já estava morto. O importante era como lidar com isso! Deveria simplesmente jogá-las em uma lixeira na rua? Ou talvez ele deveria enterrar nas montanhas.

Sim. Acho que tenho que ligar para ela.

Pensando nisso, não havia necessidade de se preocupar. O escritório de advocacia Dragão Negro disse que eles iriam cuidar de tudo o que estivesse envolvido na transferência de propriedade.

Pronto, é a advogada Hanna Yeonso.

— Aqui é Lee Kang-jun. Tem um pequeno problema com o conteúdo do cofre.

São drogas?

— Você já sabia?

Claro. O dinheiro e as drogas dentro do cofre são de propriedade de Lee Kang-jun.

— O que isso significa?

— Que você pode usar sozinho ou ganhar dinheiro vendendo elas. Se você quiser vendê-las, eu posso fazer isso por você.

— …

Kang-jun ficou estupefato. Um escritório de advocacia dizendo que venderiam as drogas por ele.

O que você gostaria de fazer? Se você usar as drogas ou vendê-las, há um risco de seu carisma cair. Claro, o carisma não vai cair com apenas uma ou duas ocorrências. No entanto, à longo prazo é provável.

Ela disse que o carisma poderia cair. Naturalmente, Kang-jun não tinha intenção de usar as drogas nem vendê-las mesmo que seu carisma não corresse risco.

— Eu não vou fazer nada disso. Você pode se livrar delas para mim?

— É possível. Eu vou visita-lo amanhã à noite, e daí eu lidarei com isso. Às 7 da noite, amanhã, tudo bem?

— Sim. Te vejo amanhã, então.

Kang-jun desligou o telefone. Ele deixou os itens relacionados com drogas no cofre. Além disso, ele mudou a senha.

Droga! Estou de mau humor agora.

Eram nove horas da manhã quando ele se deu conta. Kang-jun correu para o mercado. Ele era o proprietário de um edifício, mas ele ainda tinha coisas para fazer.

Às sete da noite do dia seguinte.

Kang-jun tinha encerrado sua venda mais cedo por causa da visita de Hanna Yeonso. No entanto, Hanna Yeonso já estava no sofá assistindo TV e comendo ramyun com Hayun quando ele chegou. Hayun deu as boas-vindas à Kang-jun.

— Você chegou! Temos visita, é a advogada Hanna Yeonso.

O apartamento pertencia a Kang-jun, e assim Hayun conseguia permanecer na forma humana dentro dele. Hanna Yeonso também se levantou para cumprimentá-lo.

— Você chegou exatamente às 7 da noite. Fui eu que cheguei 30 minutos adiantada.

— Nossa! Eu teria me apressado se soubesse que você estava vindo mais cedo. Por que não me ligou?

— Não precisou. Eu consegui comer uma comida deliciosa graças a isso.

— Isso é ramyun?

— Hayun que fez. O sabor está delicioso. Espero que não tenha problema.

— Claro que não, por favor, aproveite.

Kang-jun sentiu vontade de rir enquanto observava Hanna Yeonso terminar o ramyun com os pauzinhos. Ela parecia uma advogada comum. Porém, ele não podia ser enganado por aquela aparência. Hanna Yeonso não era humana. Qual seria sua outra identidade?

Depois de um tempo, Hanna Yeonso entregou a Kang-jun uma pasta com papéis.

— Está tudo resolvido. Por favor, verifique agora.

Havia papéis que incluíam a transferência do edifício por escritura pública, a matrícula do imóvel, detalhes das transferências bancárias, certificados de registro de veículo, comprovantes de pagamento de imposto, situação dos contratos de aluguel, etc.

Kang-jun levou algum tempo para verificar tudo aquilo. A propósito, era estranho que Kang-jun não se confundisse ao ler os documentos. Mesmo que ele passasse por um documento apenas uma vez, ele poderia claramente lembrar o nome e o número de telefone dos vários inquilinos.

Por que minha memória está tão boa agora? Será por causa da inteligência aumentada?

Só podia ser. Sua força, agilidade e inteligência aumentavam em todos os níveis. Ele não sabia o quão inteligente ele tinha se tornado, mas claramente não poderia se comparar a antes.

He he, verdade. Terei de começar a ler no futuro.

Certamente ele não iria lutar apenas com outros Soberanos. Um pouco de requinte era necessário. Hanna Yeonso inclinou a cabeça enquanto Kang-jun sorria.

— Que sorriso é esse?

— Nada. Aliás, tudo isso foi possível em apenas um dia?

— Naturalmente, nosso escritório de advocacia Dragão Negro não opera apenas na Coréia, mas em todo o mundo.

Hanna Yeonso disse orgulhosamente. Kang-jun continuava sorrindo.

— Estou feliz em ouvir isso. Então, por favor, tome conta disso por mim.

Ele entregou a bolsa preta cheia de drogas para Hanna Yeonso.

— Você só quer se livrar delas?

— Exato.

Hanna Yeonso segurou o saco preto entre as duas mãos.

*Fiiiiin*

O saco grande ficou cada vez menor até desaparecer sem deixar vestígios.

— Só isso?

— Como você fez isso?

— Magia.

— Ah!

Uma pessoa comum ficaria surpresa, mas Kang-jun não era exatamente uma. Ele já tinha notado que Hanna Yeonso tinha um poder misterioso. Felizmente, ela era neutra e eles não precisariam ser inimigos. Hanna Yeonso pegou sua maleta e disse:

— Então eu lhe desejo sorte. Espero vê-lo novamente na próxima vez.

Kang-jun precisaria vencer outro soberano antes de vê-la novamente. Se isso não acontecesse, ele não a veria de novo. Hanna Yeonso de repente olhou para Kang-jun com uma expressão estranha.

— Para ser honesta, eu não prestei muita atenção em Lee Kang-jun. O escritório de advocacia Dragão Negro esperava que Jung Kwang-hyeon ganhasse, mas o resultado foi bastante inesperado.

Kang-jun riu baixinho.

— Talvez você me veja de novo.

— Hô hô, está se achando a última bolachinha do pacote, heim? Se isso acontecer eu te pago uma bebida.

— Fechado.

Kang-jun acompanhou Hanna Yeonso até o elevador e depois voltou. Agora que o processo legal foi concluído, Kang-jun tinha se tornado o proprietário legal dos edifícios Yugang e Dafeng. Quando combinado com o que estava no cofre, seu dinheiro total era de 600 milhões de won. Além disso, o apartamento era maravilhoso. Era como uma mansão. No entanto, essas posses não eram permanentes. Elas poderiam ser tiradas a qualquer momento, se ele fosse derrotado na guerra.

Kang-jun cerrou os punhos enquanto lembrava de Jung Kwang-hyeon sendo arrastado pelas sombras.

Preciso começar de novo.

Kang-jun chamou Colt. O fantasma de capuz negro apareceu e fez uma reverência.

— Você chamou, Senhor?

— Você fez o que eu pedi?

— Sim, eu usei os fantasmas inferiores para investigar os prédios nos arredores.

A missão primária do fantasma Colt era coletar informações. Embora seu poder de combate fosse inferior a Hayun, sua capacidade de coletar informações era excelente devido às suas experiências em Hwanmong.

— Encontrou outros lugares em potencial onde possa haver um soberano?

— Eu encontrei alguns locais suspeitos.

Colt entregou a Kang-jun um mapa com alguns edifícios marcados.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: