Soberania – Capítulo 46 – 3Lobos

Soberania – Capítulo 46

Se Tornando um Senhor de Muitas Posses (1)

Nuvens escuras rodopiaram no céu depois que Jung Kwang-hyeon caiu morto.

*Cabrooooom!*

Além disso, trovões estrondosos soaram! Kang-jun nunca tinha ouvido tantos trovões em tão pouco tempo.

O que estava acontecendo? O céu estaria desabando?

Parecia o fim do mundo.

Então, os trovões cessaram.

A paisagem circundante mudou completamente. O céu estava cheio de belas nuvens e a terra era um deserto. Além disso, a figura caída de Jung Kwang-hyeon estava na frente de Kang-jun.

Onde seria aquele lugar?

*Susu! Susususu!*

Naquele momento, sombras parecidas com a morte e vindas direto do inferno apareceram perante Kang-jun e Jung Kwang-hyeon.

Elas educadamente fizeram uma saudação para Kang-jun. Então, clamaram em uníssono.

— O vencedor levará tudo!

— O perdedor dará tudo ao vencedor!

— Todas as posses do Soberano Herodes serão dadas ao Soberano Lucan!

Vozes que soavam como trovões!

Então, uma mensagem apareceu:

[Você obteve um símbolo de soberano, o Anel da Serpe]

[Anel da Serpe]

– Classificação: Único;

– Uma prova de que você é um soberano em Hwanmong;

– Força +5 quando usado;

– Imune ao medo e à confusão quando usado;

– Título de Soberano: Herodes.

Ele aumentava a força em cinco pontos e tornava o usuário imune ao medo e à confusão!

Kang-jun naturalmente o colocou em sua mão direita. Agora, sua mão esquerda tinha o Anel do Dragão Demoníaco e a mão direita tinha o Anel da Serpe! Porém, ele ficou atônito por um momento antes de perguntar às sombras:

— Quem são vocês?

Uma das sombras se curvou de novo e respondeu educadamente:

— Soberano Lucan! Você vai naturalmente descobrir quem somos se você for derrotado. Nós desprezamos os perdedores e ficamos admirados com os vencedores. Hoje nós comparecemos em celebração à sua primeira vitória. Se você ganhar depois disso, não vamos mais aparecer. Todas as posses do perdedor, naturalmente, pertencerão a você.

A sombra continuou falando, porém desta vez não era algo bom:

— Mas se você perder, você nos verá novamente. Espero que tal coisa infeliz jamais aconteça.

Enquanto isso, duas sombras haviam agarrado os braços de Jung Kwang-hyeon. Todas elas se viraram para Kang-jun e falaram suavemente:

— Então, estamos indo. Desejamos-lhe sorte.

Eles começaram a arrastar Jung Kwang-hyeon para longe.

— Para onde estão levando ele?

Uma das sombras parou depois de ouvir a pergunta de Kang-jun. Ela virou a cabeça e respondeu:

— Há apenas um lugar para onde um Soberano derrotado possa ir.

— Onde é?

— O vencedor não precisa saber.

A sombra se virou e se afastou.

Será o inferno?

Kang-jun de repente se lembrou das palavras de Keirun.

É um pouco diferente do inferno comumente conhecido. Ao invés de ir pra lá devido aos pecados, é um lugar para se ir depois de perder a guerra.”

Depois de ser derrotado, você terá que passar anos inimaginavelmente longos agonizando.”

O perdedor iria para alguma espécie de prisão! Não havia dúvida de que Jung Kwang-hyeon estava sendo arrastado para lá.

— Oooh! Que-quem são vocês? Onde vocês estão me levando?

Era a voz de Jung Kwang-hyeon. Ele de alguma forma mágica acordou, e logo ouviu as vozes assustadoras.

— Kukuku! Um lugar cheio de outros perdedores como você!

— Kakakaka! Você vai saber quando chegar lá.

As sombras pisotearam Jung Kwang-hyeon.

*Bam Bam! Bam Bam Bam!*

— Aaaah! Urrgh! Haaa! Me-me ajude…

Gritos horripilantes. Jung Kwang-hyeon gritou, cercado por sombras. O cenário na frente de Kang-jun desapareceu.

— Nossa…

Kang-jun abriu os olhos com uma expressão de surpresa.

Isso aqui é… — Era a cama dele no quarto 307 do apartamento Estúdio Eco. — O que? Já estou acordado?

Ele verificou seu relógio e viu que eram 6:30 da manhã. Era basicamente a hora de acordar mesmo. Enquanto ele presenciou a cena com as estranhas sombras o tempo tinha passado em Hwanmong.

A cena de Jung Kwang-hyeon sendo arrastado pelas sombras perdurava na mente dele. Seus gritos enquanto ele era arrastado para o inferno eram claros.

Merda! — Mesmo que ele fosse um cara mau na realidade, ele parecia digno de pena. Porém, agora não era hora de simpatizar com ele.

Kang-jun não sabia se algum dia ele estaria em uma situação tão desastrosa. Ele tinha vencido. No entanto, ele não poderia se contentar com essa vitória e precisava se preparar para uma guerra maior. Era necessário ganhar incondicionalmente. Ele tinha visto com seus próprios olhos o resultado da derrota.

Naquele momento, Hayun olhou para Kang-jun e sorriu.

— Você acordou.

Ela estava sentada em uma cadeira na frente da cama com uma toalha na mão.

— Para que a toalha?

— Eu estava limpando o suor do seu rosto. Te acordei?

— Não. Em todo caso, você trabalhou duro a noite toda. Descanse um pouco. Ah, aliás, você pode preparar um ramyun?

Não era difícil para Hayun. Ela fazia ramyun surpreendentemente bem, então ele estava com vontade de comer. Hayun não se incomodava em fazer essas coisas para ele, especialmente se eles iam comer juntos.

— Então eu vou comer alguns também. Quer que prepare mais de um? Você quer ovos também?

— Eu vou comer só um mesmo, mas pode preparar mais se você quiser. Pique alguns pimentões hoje e não coloque ovos. Há um pimentão grande na geladeira.

— Beleza, venha para a cozinha em 10 minutos.

Hayun foi para a geladeira cantarolando e pegou pimentão, kimchi, e os outros ingredientes. No apartamento do Estúdio Eco, os ovos e ramyun estavam guardados na cozinha do próprio apartamento. Ela já vinha bem equipada, com uma máquina de café, torradeira, fogão, purificador de água e outras utilidades. Isso era tudo? Cada quarto possuía ainda uma pequena geladeira.

Legal! Como esperado de um lugar caro. Eu vou ganhar dinheiro como um louco hoje.

Aquele apartamento era caro se comparado ao quarto do pensionato. Até aquele momento, Kang-jun nunca tinha imaginado uma qualidade de vida melhor para ele. Haviam lhe dito que todas as posses de Herodes iriam para ele, mas ele pensou que era apenas no mundo de Hwanmong. Ele nunca imaginou que a propriedade na realidade seria transferida também.

Embora fosse levar um tempo, juntar dinheiro para comprar um edifício não seria muito difícil. Ele estava determinado a receber tanto o aluguel mensal na realidade quanto os rendimentos em Hwanmong.

Naquele momento, seu smartphone tocou.

*Riiiiiiiiiiiiiiing*

Kang-jun saiu do banheiro ao ouvir o som e ficou confuso.

— Quem será? Não é nem sete da manhã!

Ele não conhecia o número. Ele iria bloqueá-lo se fosse propaganda.

— Alô.

— Olá. É Jung Kwang-hyeon. Onde você está agora?

— …!

Quem? Jung Kwang-hyeon? Kang-jun ficou assustado. Ele estava muito curioso sobre aquela ligação. Ele ouviu dizer que uma derrota em Hwanmong significaria a morte na realidade. O supostamente morto Jung Kwang-hyeon estava falando com ele normalmente.

Ele não está morto? — Ou seria uma brincadeira de alguém? No entanto, a voz que ele ouviu no telefone era claramente de Jung Kwang-hyeon. E caso ele não estivesse morto, por que ele estaria ligando? O jogo não terminou?

— O que você quer? — perguntou Kang-jun de forma ríspida.

— Há há, é apenas uma consequência natural. Eu tenho que dar todos os meus bens para você depois de ser derrotado em Hwanmong. O advogado vai cuidar do imposto da doação e outros protocolos legais, então você não precisa se preocupar.

— …!

O que ele estava dizendo? Ele daria a Kang-jun todos os seus bens! Entretanto, havia algo estranho na voz de Jung Kwang-hyeon. Ele estava educado demais. Jung Kwang-hyeon normalmente falaria com um tom único e arrogante. Só podia ser uma pessoa completamente diferente.

— Por favor, venha ao 5º andar do Edifício Yugang. Estou ansioso para vê-lo. Enfim, ele vai acabar sendo sua casa.

Jung Kwang-hyeon desligou. Kang-jun ficou deitado por um momento.

Transferir a propriedade dele?

Seria isso mesmo verdade?

“Todas as posses do Soberano Herodes serão dadas ao Soberano Lucan!” — As palavras ditas pelas sombras! Significava as posses em ambos os mundos. Era óbvio que eles estavam se referindo tanto à realidade quanto a Hwanmong.

Kang-jun se dirigiu ao 5º andar do Edifício Yugang depois de comer o ramyun.

*Ding dong*

A porta se abriu assim que a campainha tocou.

— Bem-vindo. Eu estive esperando por você.

Jung Kwang-hyeon sorriu e deu as boas-vindas a Kang-jun, vestindo um terno limpo.

— O que? O que você é? Você é mesmo Jung Kwang-hyeon?

Kang-jun olhou fixamente para Jung Kwang-hyeon. Ele deu de ombros e respondeu:

— Claro que não. Como você sabe, Jung Kwang-hyeon foi para o lugar onde todos os derrotados vão.

Inacreditável! Ele não era o verdadeiro Jung Kwang-hyeon.

— Então você…?

— Eu estou usando essa aparência para lidar com algumas questões complexas no mundo real.

— Uma das sombras?

— Uma sombra… Bem, eu não sei do que você está falando. Só para constar, eu também não sei nada sobre mim. Eu só estou fazendo o que me programaram. — Jung Kwang-hyeon continuou falando com um sorriso. — Hahaha, é natural se confundir na primeira vez, mas não é complicado. Você ganhou e receberá o espólio.

Ele levou Kang-jun até a sala de estar.

Uma mulher em seus 20 anos usando óculos estava sentada no sofá na sala. Cabelos arrumados. Um vestido preto. Um rosto perfeito. Mas havia algo misterioso em seus olhos. Kang-jun sentiu uma emoção desconhecida quando ele a viu. Seria a beleza dela perfeita demais para ser humana?

Não era bem isso. Ele instintivamente sentiu algo. Ele nunca sentiu aquilo quando viu Hayun. Qual seria a sua identidade?

Jung Kwang-hyeon a apresentou.

— Esta é Hanna Yeonso, uma advogada do escritório de advocacia Dragão Negro. Ela vai lidar com todas as questões legais.

Hanna Yeonso se levantou e estendeu a mão.

— É um prazer conhecê-lo, Lee Kang-jun.

— Prazer em conhecê-la.

Kang-jun apertou a mão dela com um olhar inquieto. Ele sentiu uma energia estranha da mão dela. Hanna sorriu um pouco com a expressão de Kang-jun.

— Não fique nervoso. Sou uma existência neutra, e o mesmo acontece com o escritório de advocacia Dragão Negro.

— Uma existência neutra?

— Você vai eventualmente descobrir, então eu vou te contar agora. Você já deve ter adivinhado, mas eu não sou humana. No entanto, você não precisa ser cauteloso. O propósito do escritório de advocacia Dragão Negro é apoiar os Soberanos que vencerem e, mais especificamente, garantir que os bens do perdedor sejam passados ​​para o vencedor sem qualquer percalço.

— …

Kang-jun não sabia o que dizer e apenas bebeu sua xícara de café.

— Por exemplo, podem haver problemas fiscais. De acordo com as leis da Coréia do Sul, 50% de sua propriedade deve ser paga como imposto sobre as doações. Se fosse assim, isso violaria a regra de Hwanmong de que o vencedor recebe tudo.

Kang-jun assentiu.

— Então, isso significa que você cuidará disso. Entendo. O que eu devo fazer?

— Não há nada que você possa fazer. Apenas me nomeie como seu representante legal e eu cuidarei disso.

— Então, qual é a taxa?

— Nós não receberemos nenhum valor de você. Não, nós na verdade gastaremos dinheiro para apoiá-lo. Uma vez mais, o propósito do escritório de advocacia Dragão Negro não é o de obter lucro, mas sim apoiar os soberanos vitoriosos.

— Compreendo.

Era confuso. No entanto, Kang-jun tinha muito trabalho a fazer em Hwanmong e por isso a situação atual suficientemente aceitável. Pelo contrário, a existência de Hanna Yeonso e do escritório de advocacia Dragão Negro dava a ele um sentimento mais realista sobre aquilo tudo.

O vencedor receberia as propriedades do perdedor sem problemas legais, então Kang-jun poderia simplesmente sentar e degustar uma boa refeição.

Hanna Yeonso deu uma breve visão geral dos bens de Jung Kwang-hyeon. Edifício Yugang. Edifício Dafeng. Havia um carro importado de 200 milhões de won. 230 milhões em sua conta bancária. Suas outras ações e títulos valiam 300 milhões. Excluindo o valor referente aos depósitos caução, o prédio de Yugang tinha uma dívida de empréstimo bancário de dois bilhões de wons, enquanto o Dafeng tinha um bilhão em dívida de empréstimo bancário. Herdar tudo também significava herdar as dívidas bancárias.

Porém, mesmo subtraindo as garantias e as dívidas, ele ainda tinha uma enorme riqueza de mais de sete bilhões! Ele sequer teria se importado se o valor tivesse sido cortado pela metade devido ao imposto sobre doações, mas ele ainda estava feliz por isso não acontecer.

— Todos os procedimentos estarão terminados amanhã. Se você tiver alguma dúvida, entre em contato comigo. — Hanna Yeonso lhe entregou um cartão.

Somente Kang-jun e Jung Kwang-hyeon permaneceram. Jung Kwang-hyeon deu a Kang-jun a senha para o cofre que continha vários objetos de valor.

— Soberano Lucan! A partir de hoje, esta é a sua casa. O mesmo é verdade para o Edifício Dafeng. Então, está na hora de eu ir.

Jung Kwang-hyeon deixou o apartamento. Kang-jun estava sozinho.

— Então esta será minha casa de agora em diante?

Isso não era tudo. Kang-jun era o proprietário do prédio inteiro, bem como do Edifício Dafeng. Um proprietário de imóveis em Gangnam! Agora ele era dono de dois prédios e outros bens. Um senhor de muitas posses!

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: