Soberania – Capítulo 4 – 3Lobos

Soberania – Capítulo 4

Arena de punição! (1)

— I-i-isso! — Os olhos de Kang-jun arregalaram-se de surpresa. Enquanto isso, o quadro desapareceu novamente.

Inacreditável! Era tudo real! — Kang-jun ficou surpreso e correu de volta para o seu quarto.

— Ufa! — Ele fechou a porta e suspirou.

*Bam*

Kang-jun sentou-se em sua cama.—  Então… Ele precisava pôr seus pensamentos em ordem. Estava confuso, mas podia fazer uma estimativa aproximada do que tinha acontecido. — Então absorvi a força de Cho Sang-jin. — Era semelhante a como ele absorveu a energia do cara no quarto ao lado, mais cedo.

Agora parece óbvio. — Sim. Agora ele se lembrava claramente.

Mana 10/100

As palavras tinham desaparecido, mas ainda permaneciam em sua memória. — Em outras palavras, se eu absorver a energia das pessoas e acumular 100 pontos de mana, a porta para Hwanmong vai se abrir. — Por mais que pensasse, essa era a única conclusão à qual ele conseguiu chegar. — Então a porta para Hwanmong seria? — A memória veio à tona.

Missão 1.

Angarie mana e abra a porta para Hwanmong.

Recompensa: reconstrução da carne.

Era a primeira das 100 missões que Kang-jun precisava fazer! Em outras palavras, se ele completasse a primeira missão, em seguida a porta para Hwanmong se abriria. — Ah! Então aquilo era de verdade?

O coração de Kang-jun estava palpitando selvagemente enquanto ele beliscava suas bochechas. Ai!!! Foi realmente doloroso. — Eu belisquei forte demais. — Mas essa dor provou que aquilo era real e não um sonho. E ao mesmo tempo, isso significava que Kang-jun tinha um poder estranho. Magia negra!

Seria realmente possível? Kang-jun levantou-se. — Sim. Quero tentar de novo. — Ele procurou alguém para tentar absorver mais energia. Haviam muitas pessoas parecidas com Cho Sang-jin espalhadas pelas ruas à noite.

Cho Sang-jin estava sentado com uma expressão perturbada na frente do prédio e gritou ao ver Kang-jun.

— Ei! Pé-torto! Vem aqui agora! O que foi que você disse antes?

Kang-jun o ignorou e continuou andando.

— Não fuja sua vadia!! Vai vir por bem ou por mal?

— Pare com isso, Cho Sang-jin.

— Não, não vou deixar o merdinha sair dessa. Você está realmente querendo ir para o inferno? — No entanto, o rosto de Cho Sang-jin estava pálido. Ele se levantou, mas cambaleou como se fosse desmoronar a qualquer momento. No entanto, ele ainda insistia em continuar com suas ações perversas.

— Esse maldito bastardo vai ser meu aviãozinho de cigarro! Ou então eu vou vender os órgãos dele.

Kang-jun ficou furioso.

— Aviãozinho? Como é que é essa história dos meus órgãos aí? — Um entregador de cigarros. Isso significava que Kang-jun precisava constantemente trazer cigarros. Ou seja, que ele precisaria arrumar um cigarro sempre que Cho Sang-jin quisesse.

Era quase igual comprar o lanche para os valentões da escola. Ele tinha infelizmente entrado nessa um dia. Mas foi realmente terrível a longo prazo. Tinha ainda a história sobre tomar os órgãos de Kang-jun e vendê-los. Seria algo que um ser humano diria? Mesmo que ele não gostasse de falar mal dos outros, Cho Sang-jin era digno de ser chamado de escória da raça humana.

Claro como a luz do dia.

Ele o tolerou pelo maior tempo possível. Será que ele precisava mesmo ter mais paciência com um cara desses? Claro que não! Nesse caso, ele usaria sua magia negra! Um infortúnio que aconteceria não uma vez, mas duas vezes para Cho Sang-jin! Tudo seria descontado nele.

— Bota a culpa na sua boca suja, Cho Sang-jin.

Kang-jun tinha descoberto o método para absorver a força dos outros: um forte desejo de amaldiçoar a outra pessoa! Em outras palavras, ele tinha que odiar seu oponente para iniciar a magia. Foi exatamente como quando o cara do quarto ao lado fixou exausto ou quando Cho Sang-jin de repente cambaleou e caiu.

Claro, ele precisava de mais uma confirmação.

— Cho Sang-jin! Você não tem o direito de abrir sua boca suja e falar. Vou drenar sua força antes que você possa abrir a boca novamente. — Kang-jun terminou de amaldiçoar Cho Sang-jin. Naquele momento, como ele esperava:

*Flash!*

Os olhos de Kang-jun brilharam quando ele encarou Cho Sang-jin.

[A força do alvo está muito baixa]

[A energia não pode ser absorvida]

[Em vez disso, você pode punir o alvo]

[Você gostaria de consumir um ponto de mana para abrir a Arena de Punição? Sim/Não]

O que é isso?

Kang-jun ficou pálido por um momento. Não foi difícil entender o significado da frase que apareceu na sua frente. Ele tinha certeza de que a magia negra faria efeito quando completasse a maldição. Mas a energia de Cho Sang-jin estava baixa demais para que pudesse ser absorvida. Foi provavelmente devido ao fato de que Kang-jun já tinha recentemente absorvido energia dele.

Ao invés disso, ele poderia punir Cho Sang-jin. Que tipo de punição seria? — Em todo caso, sim! — Ele estava ansioso para explorar mais a fundo o significado daquela punição. Além disso, ele poderia mais tarde reabastecer a mana consumida.

[1 ponto de mana foi consumido]

[O sistema de punição de grau mais baixo foi aberto]

*Susususu*

Os arredores começaram a escurecer.

[Campo de Punição]

– Nível: inferior

-Duração: 1 minuto

Finalmente, tudo foi tomado pela escuridão. Mas não era uma escuridão normal. Ele podia milagrosamente ver perfeitamente, apesar da ausência completa de luz.

[Esta é uma arena dimensional criada especificamente para punição]

[O mundo real não será afetado pelo que acontece aqui, mas a memória do evento permanecerá com o alvo]

Uma dimensão? Então nada do que acontece aqui afetará a realidade?

Naquele momento, alguém apareceu na frente dele. Um homem em choque, olhando à sua volta. Era Cho Sang-jin. Kang-jun finalmente percebeu o que significava a punição. Este era um espaço bizarro fora da realidade. Uma outra dimensão!

Além disso, Cho Sang-jun estava em sua frente, com uma expressão temerosa, garantindo a Kang-jun que esta dimensão existia mesmo. Isso significava que a lembrança do que acontecesse aqui realmente permaneceria.

[Comece a punição!]

[Se a punição não for suficiente, então você sofrerá as consequências ao invés do alvo]

[O tempo restante é de 60 segundos]

[O tempo restante é de 59 segundos]

Ele não tinha tempo para hesitar. — Droga! — Kang-jun imediatamente andou em direção a Cho Sang-jin. Este era um espaço virtual, mas ele ainda estava mancando desconfortavelmente. Por outro lado, Cho Sang-jin estava parado neste lugar escuro porque não podia ver. Então os dois olhos de Kang-jun brilharam na escuridão.

— Ka Ka ka! Aviãozinho de merda! Você quer que eu quebre a sua perna boa? Ou realmente está querendo que eu pegue seus órgãos?

Cho Sang-jin ainda não tinha percebido a situação que ele estava enfrentando. Se ele fosse sábio, ele se perguntaria sobre essa estranha dimensão onde estavam ele e Kang-jun. Claro, mesmo assim ele não seria capaz de evitar a punição. Não, se ele fosse realmente sábio, então ele não teria encostado um dedo em Kang-jun para começo de conversa.

Kang-jun era 3º dan no taekwondo, ou seja, faixa preta. Agora era impossível para ele fazer aqueles lindos chutes como antes, mas ele nem precisava de seus pés.

Kang-jun silenciosamente cerrou os punhos. Ele acertou Cho Sang-jin bem no meio da fuça.

— Uhhhh! — O nariz quebrou imediatamente.

*Cof Cof*

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: