RN – Capítulo 3 – 3Lobos

RN – Capítulo 3

Gangue Aqueronte

 [Ranger Novato]: Aumenta os efeitos de insígnia de Ranger em 1%.

Esse era o efeito do título. Com relação a Marvin, pelo menos, isso era melhor que nada. Quando Marvin havia completado sua missão de classe Ladino, devido à conclusão perfeita, ele obteve o título [Criminoso Talentoso].

[Criminoso Talentoso]: Todas as habilidades de classe Ladino +10

O início do jogo foi muito tranquilo para Marvin, tudo devido a esse título incrível e a perícia de Destreza chamada [Escalar Parede]. Era muito diferente dos outros Ladinos, pois esse título e essa perícia compensavam a falta de poder de fogo nos estágios iniciais desta classe.

Durante o início do jogo Continente Feinan, os Ladinos eram extremamente deficientes em poder de fogo. Eles eram principalmente exploradores, considerados como aventureiros. Especialistas em desabilitar armadilhas em uma masmorra, destravando cofres e aparecendo dentro e fora de uma batalha para realizar um ataque furtivo, típica tática de bater e correr. Se não fosse pela classe avançada de Ladino chamada [Assassino], que possuía um dano explosivo incrível, muitos Ladinos talvez já teriam desistido da classe.

Além de Marvin, com esse tipo de BUG extraordinário no início do jogo, a maioria dos Ladinos só podia conseguir muita XP de sua equipe. Ocasionalmente desbloqueando um baú, às vezes desabilitando uma armadilha, nada deveras útil. Muitas classes poderiam substituir Ladinos no início do jogo, como Rangers e Druidas.

Foi também por esses problemas que Marvin desistiu resignado à sua querida classe Ladino nesta vida. É verdade que o roubo e arrombamento poderiam fazer Marvin ganhar algum dinheiro, mas sua principal prioridade era aumentar a sua força, especialmente suas habilidades de combate. A esse respeito, a classe Ranger, conhecida como o ‘pau pra toda obra’, era perfeito.

Além disso, uma das possíveis classes avançadas de Ranger era vinculada à classe final de Ladino, permitindo com que Marvin se tornasse um [Soberano da Noite].

Cada pessoa só poderia usar um único título por vez, e como Marvin não tinha outra escolha, ele naturalmente equipou seu título [Ranger Novato].

Depois de enviar a carta de recomendação até a Guilda dos Rangers, Marvin também recebeu uma insígnia de Ranger iniciante. Em geral, os Rangers iniciantes poderiam escolher três insígnias: insígnia do Lobo Selvagem, insígnia do Falcão Nobre e insígnia do Cervo Sika.

[Insígnia do Lobo Selvagem]: Domar Animais +5

[Insígnia do Falcão Nobre]: Visão de Longo Alcance +3

[Insígnia do Cervo Sika]: Esconder +9

Cada uma das três insígnias aprimoraria uma perícia, e entre essas três perícias, o experiente Marvin fez sua escolha rapidamente.

A perícia [Esconder-se] de Ranger era muito forte em regiões selvagens. Se a perícia [Esconder-se] fosse 100 ou superior, seus efeitos seriam quase idênticos a [Furtividade Avançada] de um Assassino de 2º ranque. Mesmo que [Domar Animais] e [Visão de Longe Alcance] fossem úteis, não eram tão úteis quanto [Esconder-se].

[Esconder-se] era tão importante para os Rangers quanto [Furtividade] era para Ladinos.

Quando ele mudou sua classe para Ranger, seu HP aumentou 11 pontos, e ele recebeu um ponto de atributo grátis, recebendo 96 pontos de habilidade. Sua janela de personagem também mudou:

[Classe de Aventureiro: Ranger Nível 1 (0/50)]

Ele pôs seu ponto de atributo livre em Destreza sem hesitação. Os principais atributos de um Ranger eram Destreza e Inteligência. Destreza tornava os Rangers mais ágeis e habilidosos, enquanto Inteligência permitia lançar magias. Destreza era mais importante do que a Inteligência no caminho avançado de Marvin.

Os pontos de atributo eram muito valiosos. Além do ponto de atributo disponível no nível 1, Marvin só poderia obter 1 ponto de atributo a cada 2 níveis. Os seus 96 pontos de perícias também foram gastos rapidamente. Em breve, sua janela de estatísticas de habilidades estava assim:

Esconder-se: 41 (+9)

Furtividade: 20

Inspecionar: 35

Os Rangers podem usar adagas e arcos. Esta era uma habilidade inerente de classe.

Assim, a janela de estatísticas de Marvin ficou dessa forma:

Nome: Marvin

Raça: Humano / ?

Atributos:

Força: 11

Destreza: 17

Constituição: 9

Inteligência: 14

Sabedoria: 14

Carisma: 13 (+1)

Classe: Nobre 3 (150/200)

[Classe de Aventureiro: Ranger Nível 1 (0/50)]

Título: Ranger Novato

Pontos de Vida: 37/37

XP: 40 (Nobre) [Não utilizado]

PP (Pontos de Perícia): 0

PA (Pontos de Atributo)[1]: 0

Perícias de Classe:

– Nobre (Barão):

Dignidade: 25

Gestão: 31

Percepção: 16

Diplomacia: 19

Avaliação: 28

Equitação: 30

– Ranger:

Esconder-se: 41 (+9)

Furtividade: 20

Inspecionar: 35

Equipamento:

Insígnia (Cervo Sika)

Eu finalmente tenho uma classe combatente! — Depois de deixar a Guilda dos Rangers, Marvin ficou animado ao sentir uma força fluindo por todo o seu corpo.

Ele se sentiu cheio de energia. Marvin forjou com sucesso uma carta de recomendação, que o deixou ter um vislumbre de esperança. O conhecimento do passado ainda era útil. Entre todas as classes, apenas a classe Ranger poderia ser obtida com uma carta de recomendação de um Ranger. As outras classes não tinham esse tipo de atalho. Marvin, ao observar as ações daquele mendigo, adivinhou que ele era um ex-Ranger de alto nível. Ele, então, usou uma garrafa de rum dourado para comprá-lo. Entretanto, Marvin não descobriu esse atalho. Na verdade, isso era fruto da experiência pessoal de um amigo Ranger dele em sua vida passada.

Esse cara também era um jogador de nível Deus. Enquanto um jogador mediano ainda estava se esforçando para conseguir uma missão e avançar para o 2º ranque, este amigo de Marvin já havia chocado a todos, pois tinha atingido o 3º ranque [Guardião da Floresta]. Marvin também aprendeu com ele que havia essa lacuna na classe básica Ranger. A recomendação poderia ser forjada desde que ele conseguisse a insígnia de um Ranger de nível mais alto.

A Guilda dos Rangers só olharia a carta de recomendação e não verificaria com as pessoas que assinaram, dando a Marvin a chance de pegar esse atalho.

Obter com sucesso a classe Ranger significava que seu conhecimento passado poderia ser usado. Embora ele não estivesse familiarizado com a Cidade Costa do Rio, ele ainda sabia de várias maneiras de ganhar dinheiro e aumentar sua força, pois ainda tinha muitas informações de cabeça. Obviamente, se ele estivesse na antiga cidade a qual sempre iniciava o jogo, Baia das Joias, localizado no Nordeste, ele se sentiria ainda mais em casa.

Ele ainda tinha 30 peças de prata no bolso, mas o resto de seu dinheiro foi rapidamente gasto depois que ele comprou uma adaga-curva comum, como uma kukri, de um ferreiro no distrito do comércio.

As estatísticas da adaga-curva comum não eram lá aquelas coisas, com apenas de 2 – 5 de ataque. Ela mal serviria para se proteger, e matar monstros iria requerer algum esforço a mais.

Marvin precisava urgentemente aumentar sua força e, obviamente, ainda havia a questão do dinheiro. Ele também não esqueceu sua própria missão. Anna ainda estava esperando por ele no Pousada do Cavalo Feroz. Esta mordomo meia-elfa acompanhava Marvin desde a sua infância. Ela já possuía um lugar importante em seu coração. Se necessário, ele usaria sua vida para protegê-la.

Depois que os dois entraram em Costa do Rio, Marvin havia perdido todo seu dinheiro. Anna foi trabalhar arduamente todos os dias no território de seu tio rude, em troca de uma quantidade miserável. Se não fosse por Anna, Marvin poderia ter sido alvo de uma dessas gangues locais que roubariam seu dinheiro, antes de finalmente morrer em um beco qualquer.

Pode-se dizer que Anna sempre esteve cuidando de Marvin. Era hora de fazer algumas mudanças.

Aproveitando o fato de que os portões de Costa do Rio não estavam fechados, Marvin, com sua adaga-curva no cinto, rapidamente saiu da cidade.

Em Continente Feinan, a região selvagem era um lugar bastante perigoso. Além das estradas entre cidades, um monstro mortal poderia aparecer em qualquer lugar. Em teoria, uma fera aterrorizante poderia até aparecer em uma estrada que era regularmente limpa. Para Marvin, que era um insignificante Ranger de 1º nível, um ogro ou até mesmo um goblin jovem era o suficiente para acabar com ele.

Por causa dos guardas patrulhando todos os dias em torno das principais cidades, seus arredores eram relativamente seguros. No entanto, Marvin não saiu da cidade para subir de nível. Ele saiu para ganhar dinheiro.

Do lado de fora de Costa do Rio, havia um grande rio conhecido como Rio Pinha. O Rio Pinha se estendia a jusante[2] por até 65 quilômetros. Uma de seus afluentes é conhecido como Rio Branco. O território de Marvin era o Vale do Rio Branco, localizado no Lago Branco.

O Rio Pinha tinha um comprimento total de quase 1.600 quilômetros, tornando-se muito amplo e gentil, formando grandes áreas arenosas. Todo o sedimento fértil do Platô de Gordon ia rio abaixo, formando muito lodo e tornando este território extremamente fértil.

Ocasionalmente, pequenos caranguejos conhecidos como caranguejo lume-azul saíram do Rio Pinha. O caranguejo lume-azul era uma iguaria de alto nível. Para os magos, esse tipo de carne de caranguejo poderia aumentar seu poder mental até certo ponto. Portanto, no mercado da Costa do Rio, esse tipo de caranguejo seria extraordinariamente caro. Se Marvin não estivesse errado, um único caranguejo lume-azul valia mais de 20 peças de prata. Portanto, ele deixou a cidade no meio da noite para pegar estes caranguejos.

Naturalmente, o alto valor do caranguejo lume-azul fazia o Rio Pinha ter muitas pessoas tentando pegar caranguejos. No entanto, eles não eram muito eficientes nisso. Eles não tinham escolha senão confiar na sorte e procurá-los cegamente. Mesmo que eles procurassem um dia inteiro, eles não encontrariam necessariamente nenhum. Esses caranguejos eram muito pequenos. Durante o dia, eles seriam realmente fáceis de ignorar, para não mencionar durante a noite.

Consequentemente, quase não havia sinais de humanos perto do Rio Pinha durante a noite. Isso estava de acordo com as intenções de Marvin. Ele conhecia uma técnica para pegar caranguejos brilhantes azuis que só funcionavam à noite. Como ninguém o incomodaria, esse era o melhor método.

Logo, logo, ele chegou no local.

Mas, naquele momento ele de repente ouviu passos atrás dele!

Alguém está me seguindo? — O coração de Marvin quase saiu pela boca.

Ele realmente cometeu um erro terrível, afinal, Marvin não era mais aquele omnipotente [Soberano da Noite] e sua Sabedoria estava com míseros 14 pontos, mal acima de um ser humano comum. Junto com sua percepção, ele estava apenas no nível de olhos afiados e nada mais.

Tornar-se um Ranger o deixou um pouco descuidado. Ele surpreendentemente não verificou se havia alguém o seguindo.

Uma única sombra apareceu silenciosamente como se estivesse se divertindo com ele. A pessoa não era alta e em suas mãos havia uma pequena adaga.

Era um Ladino!

[Inspecionar (35) foi usada…]

[Teste de Sabedoria…]

[Inspecionar bem-sucedido]

As informações principais do Ladino apareceram imediatamente diante dos olhos de Marvin:

Plebeu Nível 5 / Ladino Nível 3 – 42 PV

— Nobre Lorde, sair da cidade sozinho não é um bom hábito. — O ladrão começou a rir e continuou — Embora você tenha uma faca, você realmente pensa que consegue proteger a si mesmo? Para um nobre inútil, você deveria ter a honra de morrer pelas mãos da Gangue Aqueronte.

Naquele momento, algumas sombras se precipitaram de algum lugar próximo da estrada principal.

Droga, plano de fuga? — Marvin cerrou os dentes — Gangue Aqueronte? Não ofendi eles. Por que estão tentando me matar?

Mas este claramente não era o melhor momento para pensar. De repente, ele acelerou rapidamente e correu sem parar, focando no bosque ao lado da margem do rio.


 

 

[1] Aqui alteramos a tradução para Pontos de Atributo, que é o mais correto.

[2] Na direção que a água corre.

JZanin
Professor de Química, mestre e jogador de RPG sem tempo.
FONTE
Cores: