RN – Capítulo 25 – 3Lobos

RN – Capítulo 25

Assassinato e Incêndio

Costa Leste, Torre da Luz Sagrada.

Um velho, aparentemente doente, estava parado em uma alta plataforma secreta, enquanto sua toga balançava ao vento. Um olho parecido com o sol estava flutuando no ar na frente dele.

— Estou morrendo. — O velho tinha rugas em todo o rosto e, olhando para o olho, continuou — Já faz uma hora, não poderei continuar suprimindo.

Se Marvin estivesse aqui, ele poderia reconhecer esse item icônico lendário, [Olho do Sol Resplandecente] em cima da Torre da Luz Sagrada.

— Quem fez isto? — Uma voz dentro do olho do sol resplandecente perguntou com impaciência.

— Já estamos chegando aí. — Outra voz disse.

— É tarde demais. —  O lendário mago Anthony disse — Não me importo, eles já tomaram sua decisão. O apocalipse está chegando para todos os magos.

O olho do sol resplandecente ficou em silêncio.

— Mesmo assim, não podemos deixar que esse grupo de deuses malditos se livrem dessa facilmente. — Uma voz feminina determinada soou do olho do sol resplandecente dizendo — A Fonte Mágica do Universo é um presente que Lance nos deixou, não podemos deixar estes deuses profanarem a Fonte.

— Chloe, não podemos detê-los… — Anthony suspirou — Eu já não sou capaz de manter o Olho do Sol Resplandecente, e o Culto das Cobras Gêmeas está prestes a ficar desenfreado… Você…

Suas palavras estavam sendo interrompidas. Naquele momento, um jovem bonito estava se aproximando atrás de Antony.

— Professor, encontrei um medicamento que pode curar o senhor. — O jovem disse.

—O que? — Anthony olhou para o seu próprio discípulo caminhando em sua direção enquanto demonstrava estar levemente surpreso.

De repente, a aparência do discípulo tornou-se extremamente distorcida. Duas pequenas cobras gêmeas, uma verde e uma vermelha, começaram a girar em seus olhos.

— Você é…?

O mago lendário não terminou a frase, pois uma adaga singular foi cravada em suas costas.

— Anthony!

— O que aconteceu?

Do olho do sol resplandecente, vários gritos foram ouvidos de diversos magos lendários.

O jovem riu.

— Depois do assassinato do [Príncipe Sombrio], o grande [Patriarca Carmesim] criou pessoalmente esta adaga amaldiçoada! Quanto tempo o senhor pode viver? Querido professor?

Cidade Costa do Rio, Distrito Rico, na noite escura.

— Miller usou um veneno secreto do Culto das Cobras Gêmeas para matar o antigo Lorde de vocês, então, se vocês desejam vingança, sigam minhas ordens.

Vinte pessoas estavam reunidas do lado de fora do Distrito Rico, 31. Marvin sussurrou em voz baixa:

— O território de Miller está dividido em três camadas, e há vários sentinelas escondidos na camada externa esperando por nós. Preciso que vocês cuidem dos mercenários da 2ª camada.

Marvin disse isso e apontou para as sombras levemente visíveis dos dois assassinos fantasmagóricos atrás do grupo. Mesmo que André estivesse bastante curioso para saber como seu Lorde conseguiu contratar tantos especialistas, já que a senhorita Anna aprovou, então ele não iria questionar.

Ele calmamente assentiu. Não era mais do que alguns mercenários. André sabia que ele mesmo e seus guardas estavam confiantes que poderiam cuidar deles.

— Não baixem a guarda. — Marvin advertiu — Existem alguns mercenários de 2º ranque lá. Mesmo que eles estejam em apenas cinco ou seis, a vida deles está em suas mãos.

— Eu sei. — André se impôs como o líder da guarda pela primeira vez, respondendo — Levarei onze pessoas para acabar com eles. Ainda teremos oito homens prontos e à espera de suas ordens.

Marvin assentiu, satisfeito. A habilidade dos jovens de Vale do Rio Branco para realizar uma tarefa não era ruim.

Em seguida, era hora de se vingar!

Marvin de repente usou furtividade, e seus dois assassinos fantasmagóricos seguiram com [Furtividade Avançada]. O grupo de três se moveu em direção aos poucos sentinelas perto do território, um na frente e dois na parte de trás.

Não havia lua esta noite. O céu estava bastante escuro, adequado para matar e depois incendiar.

O Distrito Rico estava bastante longe da Cidade Costa do Rio. Além disso, as pessoas ricas eram geralmente muito indiferentes e não davam bola ao que acontecia com seus vizinhos.

Haviam patrulhas em todos os lugares. Só que, infelizmente, esta noite, as patrulhas estavam todas concentradas na área da doca e não voltariam por um tempo.

Agora era o momento em que o território de Miller estava menos protegido. Marvin definitivamente não iria perder essa chance!

Talvez a destruição da Gangue Aqueronte tivesse deixado Miller um pouco mais vigilante, pois Marvin encontrou muitas sentinelas escondidas em todo o entorno do seu território. E entre os mercenários estava um pequeno grupo de seis homens patrulhando os arredores irregularmente.

É, ele investiu muito dinheiro nisso… — Marvin sabia que para o Culto das Cobras Gêmeas, mesmo que não fossem necessariamente todos guerreiros, estes caras ainda teriam muitas cartas na manga. Esta noite poderia ser uma luta amarga.

Mas se livrar desses sentinelas escondidos não era um problema. Em menos de dez minutos, Marvin e seus dois assassinos fantasmagóricos eliminaram facilmente todos os sentinelas escondidos do lado de fora da casa de Miller.

Mesmo aquela pequena equipe de seis homens foi rapidamente e eficientemente aniquilada sob o furioso ataque dos três. Os guardas de Marvin, que estavam escondidos nos arbustos, presenciaram todas estas batalhas.

— Muito forte…  Sem contar esses dois assassinos fantasmagóricos, esse Mascarado das Lâminas Gêmeas é, obviamente, apenas um Ranger, então, como ele poderia ser tão habilidoso em técnicas de assassinato? Se nós fossemos o alvo dele…

O sussurro do guarda fez com que todos tivessem calafrios. Estar sob a mira de um assassino formidável desses seria, definitivamente, um infortúnio.

Neste momento, André sentiu-se satisfeito pelo fato de que os jovens e vigorosos membros da equipe não tinham nenhum conflito com o Mascarado das Lâminas Gêmeas. Ele estava bastante contente por este assassino assustador estar do seu lado.

Depois de limpar os arredores, Marvin fez um sinal em direção aos arbustos, dizendo que a operação de André e companhia estava começando junto com a dele. Ele fez uma curva e foi em direção à porta dos fundos.

Ao ver Marvin e os outros dois desaparecerem atrás da cerca, André sacou sua espada-longa e mostrou um rosto sinistro raramente visto:

— Irmãos, vamos! Porra, eu já não gostava desse tal de Miller, e pensar que ele chegou até mesmo a matar o nosso antigo Lorde e também este mancomunado com os gnolls! Nosso Lorde contratou o Mascarado das Lâminas Gêmeas para matá-lo, mas também precisamos matar alguns soldados para descontar a nossa raiva!

Dentro de uma sala acolhedora, Miller, com sua barriga proeminente, estava sentado em um sofá com o filho mais velho, Bob, sentado no sofá à sua frente.

Do lado da sala estavam as sombras de dois homens altos. Sempre que Miller e seu filho olhavam para essas duas sombras, eles se sentiam excepcionalmente seguros. Eles eram verdadeiros guerreiros selvagens!

Valeu a pena pagar por dois [Berserker] de 2º ranque! Os bárbaros tinham instintos próximos ao de um animal, então eles tinham dois super-guarda-costas por perto. A maioria das pessoas simplesmente não conseguiria nem chegar perto deles.

Bob parou de olhar para os bárbaros e encarou seu pai calmamente, dizendo:

—Pai, parece que os gnolls não cumpriram com o combinado. Aparentemente, eles encontraram algo muito importante nos túneis do castelo.

Miller estreitou os olhos, parecendo uma cobra:

— Eu sabia que os animais contratados não cumpririam suas promessas. Eles ocuparam o Vale do Rio Branco e agora pensam que o vale é deles.

— E o que nós vamos fazer? — Bob perguntou com preocupação.

— Idiota! Nós temos o apoio do Sir [Rei Cobra] e você ainda tem medo de um grupo de gnolls? — Miller zombou, continuando — Basta aquele Marvin morrer, que eu imediatamente forçarei a Prefeitura a enviar tropas para suprimir esses gnolls! Eu nem vou dar a eles a oportunidade de falar em sua defesa.

Bob estava olhando com medo para Miller.

— Pai, o senhor… quando o senhor vai me recomendar para o Sir [Rei Cobra]?

— Isso não é uma questão urgente. —Miller disse com delicadeza — As regras do Culto das Cobras Gêmeas são bastante complexas, e somente um verdadeiro crente pode se tornar um membro. Sua fé não é suficientemente resoluta agora. Se você encarar o Sir [Rei Cobra] agora, ele vai engolir você inteiro. — Enquanto dizia isso, duas pequenas cobras, uma vermelha e uma verde, surgiram e começaram a girar em seus olhos — Eu originalmente pensei que não teria a chance de recuperar minhas coisas nesta vida. Eu não esperava ter a chance de me tornar um membro do grande Culto das Cobras Gêmeas da Condenação por coincidência. Agora que Jean está morto, não temos mais nenhum problema…

Bob disse:

— Mas, se o Culto das Cobras Gêmeas é tão poderoso, por que o senhor precisa fazer estas coisas às escondidas?

— Você se atreve a questionar o prestígio do Culto das Cobras Gêmeas da Condenação?! — Miller de repente gritou, e as duas cobras em seus olhos quase pularam para fora.

Ele parecia um leão rugindo e bateu no rosto de Bob, que foi parar debaixo do sofá. Bob ficou tonto com a bofetada e seu rosto começou a inchar.

— Eu errei, pai! — Ele reagiu rapidamente e se ajoelhou no chão para pedir perdão no mesmo instante.

— Mesmo que você seja meu filho, eu não posso pegar leve com sua punição. — Miller disse sem piedade —Venha até aqui e estique a mão esquerda.

Bob não se atreveu a resistir e estava prestes a estender a mão, contudo, neste momento, uma voz zombeteira foi ouvida:

— Desculpe-me por incomodar esse castigo em família. De qualquer forma, eu acredito que você não goste muito de convidados inesperados, não é?

*Bang!*

A janela de vidro se quebrou.

Uma sombra voou e depois rolou no chão. Seus movimentos pareciam incomparavelmente impecáveis. A luz fria brilhou junto com dois sons cortantes e Bob, que recém tinha ajoelhado, teve sua cabeça decepada em um golpe só.

— Mascarado das Lâminas Gêmeas?! Como ousa?!

Miller estava surpreso e irado!


JZanin
Professor de Química, mestre e jogador de RPG sem tempo.
FONTE
Cores: