RN – Capítulo 24 – 3Lobos

RN – Capítulo 24

Culto das Cobras Gêmeas

Havia um certo desconforto nos membros da guarda. Esses jovens rapazes não tinham medo, pois pelo o Lorde, eles não se importariam mesmo que tivessem que atacar os portões da Cidade Costa do Rio.

Eles eram guardas do Vale do Rio Branco, e eles apenas obedeceriam às ordens de seu Lorde. Mas agora eles tinham que aceitar a liderança de um assassino de aluguel?

Era um pouco difícil de aceitar. Embora tenham chegado recentemente à Cidade Costa do Rio, eles ainda ouviram os rumores sobre esse assassino. Dizia-se que esse cara sozinho cuidou de uma gangue inteira! Não era assustador?

— Senhorita Anna…

André estava olhando estranhamente para a mordomo meia-elfa. Mas Anna surpreendentemente disse com um rosto sério:

— Esta é a ordem do Lorde!

André inocentemente assentiu e disse:

— Entendido!

Marvin disse com uma voz áspera:

— Já terminaram de gastar tempo? Foi difícil enviar a patrulha para outro lugar. Hoje à noite devemos ser rápidos. Venham comigo, e rápido!

Então, a sombra do Mascarado das Lâminas Gêmeas desapareceu no beco.

Os vinte guardas seguiram imediatamente.

Anna ficou ali.

Ela tinha algo mais importante para resolver.

Marvin percorreu habilmente o beco, já que ele conhecia muito bem estes distritos dos poderosos. A Lady[1] da Cidade era a mais forte, ela era inigualável e estava à beira de se tornar uma maga lendário. Seu general mais forte era o líder da Corporação de Magos.

Depois disso, tinha a patrulha. Todo soldado na patrulha era um guerreiro de 2º ranque, incomparavelmente forte. Eles eram os responsáveis ​​pela segurança pública em Cidade Costa do Rio. Se a patrulha fosse removida, Marvin não teria mais nada a temer.

Mesmo que Miller fosse muito rico, o pátio defensivo de sua mansão só tinha cinco ou seis mercenários formando uma pequena equipe, além de duas pessoas com classes combatentes de 2º ranque. Com base no plano de Marvin, Miller já estava morto.

Ser capaz de envenenar cruelmente seu próprio irmão. Nunca vou deixar esse tipo de homem ficar vivo neste mundo. — Marvin jurou para si mesmo.

Depois de dar uma volta, eles chegaram a uma área relativamente deserta.

Um velho goblin usando um pince-nez estava esperando ali, enquanto sorria. Ele se chamava Bane e, sempre quando estava na superfície, ele trabalhava com uma casa de penhores, além de ter secretamente muitos laços com muitas gangues locais. Enquanto você fornecesse dinheiro suficiente, esses caras venderiam qualquer coisa.

Depois que Marvin voltou para Cidade Costa do Rio, a primeira coisa que ele fez foi redimir seu colar. Depois disso, ele usou a identidade de Mascarado das Lâminas Gêmeas e fez um acordo com o velho goblin, Bane.

— Senhor Mascarado das Lâminas Gêmeas, aqui, por favor.

Bane riu e levou todos em um bairro fechado no distrito rico.

Os guardas jovens estavam olhando nervosamente o tempo todo.

O grupo se aproveitou da escuridão da noite para dar uma volta no bairro e depois o velho goblin tirou uma chave e abriu a porta da residência. Este era um pequeno armazém cheio de caixas.

— Um total de vinte armaduras de couro e as armas para treinamento militar, tudo está ali dentro. —  velho goblin riu — Enquanto você tiver dinheiro suficiente, nós, a câmara de comércio Garra Negra, podemos vender tudo o que você quiser. Obviamente, não ataque a Mansão da Lady da Cidade com essas coisas… Eu não estou preocupado com você se metendo em problemas, mas estou preocupado que você não volte.

Bane fez uma piada no momento errado.

Ninguém usaria essas armas militares descartadas para atacar a mansão da Lady da Cidade. Agora era a era dos magos e qualquer mago utilizando a magia [Anel de Gelo Maior] poderia fazer a metade dos guardas perder sua força de luta. E enfrentar um mago nessa era, definitivamente era uma piada.

A Grande Calamidade ainda não havia acontecido, a Fonte Mágica do Universo ainda estava intacta, e os deuses celestiais ainda não tinham chegado a um acordo. Mas Marvin sabia que isso aconteceria logo.

— Entrem. — Marvin ordenou — Vistam as armaduras de couro. Eu sei que vocês receberam o treinamento mais básico da milícia, mas seus oponentes são mercenários profissionais. Eu prometi ao seu Lorde que nenhum de vocês morreria esta noite. Logo, caros novatos, vistam suas armaduras de couro!

Marvin deu instruções como alguém com muita experiência, deixando André um pouco insatisfeito, mas ainda incapaz de se irritar.

Na verdade, quando ainda jogava o jogo, Marvin, como um batedor profissional, já participou da expedição da cidade humana subterrânea lutando contra os drows. Ele passou por um treinamento bastante decente no exército, no mínimo muito mais forte do que estes jovens da milícia.

Os seres humanos subterrâneos eram mais fortes do que os seus homólogos de superfície, e Marvin nem precisava dizer nada sobre os drows. Do ponto de vista de Marvin, não seria fácil apontar algumas falhas.

A luta ainda estava para começar, mas ele imediatamente mostrou toda a sua força para estes guardas jovens. Tudo isso para convencê-los, pois eles precisavam obedecer às suas ordens neste tipo de batalha.

Estes jovens eram bem treinados e não precisaram de muito tempo para colocarem suas armaduras. A proteção era muito importante em batalhas porque o corpo humano era bastante fraco. Antes do 3º ranque [Compreensão Celestial], todas as pessoas que possuíam uma classe combatente não podiam evitar lesões sem equipamentos de proteção. Mas é claro, os magos eram uma exceção. A magia dos magos esmagava completamente as habilidades das outras classes. Esta era a razão pela qual os magos governavam este mundo.

Portanto, as pessoas sempre disseram que mesmo o maior dos deuses tinha um favorito. O deus número um, o Deus Mago Lance, criou Feinan e favoreceu todas as raças, mas ainda estimou mais os magos. Mas isso mudaria logo, logo.

— Eu ouvi que toda a patrulha foi para a área da doca? — O velho goblin ao lado, estava com um brilho diferente em seus olhos, provavelmente maquinando algo, ao mesmo tempo em que fez essa pergunta, enquanto observava os guardas terminarem de se equipar.

Marvin respondeu friamente:

— Comerciantes não devem sair perguntando coisas que não os diz respeito.

Bane riu:

— Claro, é claro. Mas as patrulhas podem não ser seu maior problema. — O velho goblin sorriu com uma voz rouca — Senhor Mascarado das Lâminas Gêmeas, eu conheço o seu alvo. Distrito Rico, 31, aquele gordo chamado Miller. Eu tenho uma informação muito valiosa para vender a você.

Marvin franziu a testa. Ao falar que possuía uma informação neste exato momento… bem, o objetivo do velho goblin estava bastante óbvio. Ele aproveitou a oportunidade para aumentar o preço.

André e os outros estavam prontos e esperando. Eles viram as duas pessoas conversando e ficaram um tanto surpreendidos. Eles eram apenas soldados, e seus cérebros não eram tão rápidos para acompanhar esse tipo de conversa.

Marvin sussurrou:

— Quanto?

— Cinco peças de ouro.

*Crook!*

Um raio de luz fria brilhou, com uma adaga-curva já estava no pescoço do velho goblin.

— Não poderia ser mais barato? — Marvin disse.

O velho goblin manteve sua compostura:

— Esta é uma informação que pode salvar sua vida.

*Woosh!*

Marvin retirou sua adaga-curva e pegou cinco peças de ouro de sua concha do vazio. A leve cor dourada passou rapidamente pelo armazém iluminado por velas, quase cegando os olhos de André e os outros. Todos eles eram crianças pobres do Vale do Rio Branco, então, onde é que eles poderiam presenciar tanto dinheiro?

— Chefe, será que um assassino de aluguel pode ganhar tanto dinheiro assim? — Um membro sussurrou — Isso ali é o equivalente a cinco mil peças de prata!!!

André sorriu amargamente, também confuso. Certamente, mesmo seu Lorde não seria tão rico, certo? Então, onde será que ele encontrou esse formidável especialista? O temperamento de André era bastante direto: se ele não conseguisse entender, então ele não daria bola. De qualquer forma, se fosse a ordem do Lorde, ele deveria seguir.

A expressão do velho goblin imediatamente se tornou bastante séria depois de obter as moedas:

— Eu sei que você pagou para eliminar a família de Miller. No entanto, a força por trás desse velho é mais poderosa do que você pensa. Você obviamente pode exterminá-los esta noite, mas temo que haja muitos problemas.

Marvin disse friamente:

— Eu mato e pronto, não tenho medo de problemas.

Bane bufou.

— O Culto das Cobras Gêmeas, você já ouviu falar sobre eles?

Os olhos de Marvin imediatamente cerraram. Culto das Cobras Gêmeas! Ele definitivamente já ouviu falar desse nome! Muito mais do que ouviu, ele e aqueles adeptos demoníacos desagradáveis ​​lutaram nada menos do que uma dúzia de vezes em sua vida anterior. Ele lembrou que sua primeira morte no jogo foi exatamente durante uma briga com um seguidor deste mesmo culto. Ele morreu na explosão desse fanático que se auto detonou!

Essa foi uma das poucas humilhações em toda a carreira gamer de Marvin. Como ele não se lembraria?

— Miller pertence ao Culto das Cobras Gêmeas? — Marvin também ficou sério — Não é de admirar que não havia notícias deste cara por tantos anos até que de repente se tornou rico e voltou para Cidade Costa do Rio. Se ele é um membro do Culto das Cobras Gêmeas, então tudo faz sentido! Espere um pouco!

De repente, Marvin teve uma visão!

Os membros deste culto sempre estiveram operando secretamente, pois o mago lendário da Torre Sombria da Costa Leste, Anthony, usava [Olho do Sol Resplandecente] todos os dias para acompanhar de perto. A filha do mago lendário morreu sob uma conspiração de um membro do Culto das Cobras Gêmeas, e enquanto ele estivesse vivo, este culto não se atreveria a operar às claras.

Mas agora, os membros das Cobras Gêmeas estavam realmente aparecendo em Costa do Rio! Se Marvin estivesse certo, isso significava que o mago lendário, Anthony, já estava perto de morrer.

A morte de Anthony não foi natural. Foi devido a um deus chamado [Príncipe Sombrio]. Este foi o primeiro passo dos deuses para a destruição da Fonte Mágica do Universo.

Eu tenho que me apressar! — Marvin pensou terrivelmente — A Grande Calamidade está chegando mais rápido do que eu pensei!


 

 

[1] Eu arrisquei aqui e vou explicar o motivo. Muitos outros idiomas não têm feminino/masculino para muitas palavras. No caso, lá na frente, vocês iriam saber que a responsável pela Cidade Costa do Rio é uma mulher, então, se eu colocasse como homem aqui, iria ficar estranho, não? Pois é uma descrição narrativa, não o pensamento ou fala de alguém.

JZanin
Professor de Química, mestre e jogador de RPG sem tempo.
FONTE
Cores: