RN – Capítulo 23 – 3Lobos

RN – Capítulo 23

O plano

Do lado de fora da Prefeitura ao pôr-do-sol, um oficial barrigudo estava em uma carruagem, indo para casa. Mas ele não sabia que três perseguidores escondidos na escuridão estavam observando-o.

A carruagem parou no distrito rico e o barrigudo desceu, sem nenhuma pressa, indo em direção à sua sala de estudos. Ele tinha alguns arquivos secretos que precisavam ser descartados.

De repente, ele sentiu algo errado no momento em que pôs o pé na sala.

— Venha…

Uma mão cobriu sua boca assim que ele começou a falar. O oficial imediatamente começou a lutar para sair dessa situação.

Uma voz fria sussurrou em seu ouvido:

— Se eu fosse você, ficaria calmo e teria uma boa conversa. Se eu quisesse matá-lo, você já estaria morto agora. Não pense que estes guardas poderiam impedir, pois sua reação seria extremamente lenta. Eu posso matar você antes que você possa sequer chamar alguém… umas cem vezes. Posso tirar minha mão da sua boca?

Marvin perguntou com escárnio.

O oficial barrigudo assentiu continuamente, enquanto suava frio.

*Bang!*

Marvin facilmente derrubou uma gema branca pura que ele pegou furtivamente do bolso do oficial. A gema caiu no chão fazendo um barulho.

— Não tente ser inteligente. — Marvin avisou — Esta é a sua última chance. Sente-se.

As pernas do oficial estavam trêmulas enquanto ele se sentava numa cadeira.

Marvin pegou a gema e colocou em sua própria bolsa. Esta era uma gema de proteção feita pela Igreja Prateada. Poderia aumentar a luz divina interior para proteger o usuário. O oficial não era um idiota, mas era uma pena que a mente de Marvin fosse mais rápida.

— Mascarado das Lâminas Gêmeas… É você?! — O oficial obteve uma visão clara do disfarce de Marvin e imediatamente ficou assustado —O que você quer?

— Negociar com você.

Marvin sentou-se, firme como a rocha, e não se preocupou que o outro lado ainda tivesse alguns truques na manga. Na verdade, ele já havia revistado o corpo do oficial quando ele entrou em contato com ele, e, além desta gema, não havia nenhum outro item especial.

— Negociar o que? — O oficial ficou pálido.

*Bang!*

Um pequeno saco contendo mais de uma dúzia de gemas caiu sobre a mesa. O oficial calmamente deu uma olhada e disse fracamente:

— Essas gemas não pertencem a mim.

Marvin assentiu.

— Senhor Miro tem um alto cargo na prefeitura, essa pequena quantidade naturalmente nem faz cócegas. Mas, e quanto a isso?

Ele então colocou suavemente uma boneca fofinha ao lado da bolsa cheia de gemas. O rosto de Miro imediatamente ficou sombrio.

— O que você fez com Jenny?! Seu desgraçado! Eu vou matar você!

Miro parecia ter ficado louco. Essa boneca foi um presente para o aniversário de sua filha mais amada, mas agora apareceu na mão do Mascarado das Lâminas Gêmeas!

A abordagem do Mascarado estava muito clara, isso era um sequestro! Sua própria filha estava em suas mãos!

— Droga, todos esses guardas estão comendo bosta? E ainda havia aquele guarda-costas particular que jurou estar no auge do 2º ranque e que ele definitivamente poderia proteger Jenny!

O coração de Miro estava cheio de raiva, se ele não tivesse um pouco de razão para suprimir a raiva, ele teria colocado sua vida em risco para lidar com este cara mascarado.

Tudo ficou em silêncio depois de um minuto.

—Mais calmo agora? — Marvin disse indiferente — Então, podemos continuar com a nossa negociação?

— Você está cometendo um sequestro, isso é uma ameaça, não estamos negociando. — Miro disse friamente.

—Não importa, de qualquer forma, o Senhor Miro é capaz de fazer negociações semelhantes e até piores.

Marvin observou os olhos de Miro e com certeza, o oficial sentiu-se desconfortável.

Estando nessa posição por tantos anos, é bastante claro que ele já fez coisas do tipo e até piores. Ele obtinha um terço do comércio de escravos da Cidade Costa do Rio! Quanto a sequestro e assassinato, esses eram simplesmente formas comuns de lidar.

Mas ele não antecipava que alguém teria a audácia de fazer o mesmo com ele.

Na verdade, não era que seu ajudante de 2º ranque era inútil. É que os dois Assassinos Fantasmagóricos de Marvin eram extremamente difíceis de lidar. Eles derrubaram o guarda-costas rapidamente e depois levaram a menina. Marvin não planejava fazer nada com a garotinha, ele simplesmente a usaria como barganha, nada mais. E parece que essa menina era bastante importante para Miro.

— Diga, quanto você quer? Ouvi dizer que você é um assassino contratado. Quanto que te prometeram? Eu vou dobrar. Me devolva Jenny rapidamente.

Miro apressadamente disse.

— A senhorita Jenny pode chegar em casa com segurança. Na premissa de que você possa conseguir isso. — Marvin gentilmente entregou um envelope a Miro — Eu não quero mais problemas esta noite, se não houver problema, a senhorita Jenny pode ir para casa amanhã. Oh, é verdade… Já que esta bolsa de joias não te pertence, não tem problema em eu leva-la, então que assim seja.

Marvin tirou a bolsa de joias e se virou para sair.

Um criado entrou do lado de fora e perguntou, atordoado:

— Mestre, essa pessoa…

Miro suprimiu sua ira:

— Ele é meu amigo.

Ele então mandou o servo embora, abriu a carta e leu. Depois, sua expressão começou a mudar constantemente.

Antes do pôr-do-sol, na praça pública do distrito rico, algumas pessoas dispersas andavam de um lado para o outro nas sombras.

— Todos são rostos desconhecidos. — Um cavaleiro alto disse em voz baixa — Preste atenção, não podemos deixar nenhum problema acontecer no distrito rico.

O resto dos seguidores assentiram continuamente.

O cavaleiro usava uma [Luz Prateada], e isso era prova de sua identidade especial da classe [Cavaleiro Prateado]. Como o líder da patrulha, seu olfato era bastante afiado.

Mais de dez civis comuns se reuniram ali. Certamente, deveria haver alguma coisa errada. O distrito rico era sua jurisdição, e ele não permitiria que ocorressem problemas.

Mas naquele momento, eles ouviram o som de cascos de cavalo ao longe se aproximando.

— Sir Fred! Este é o mandado de Senhor Miro!

Era um cavaleiro de cavalaria leve, trazendo o mandado da pessoa mais importante da cidade.

Fred pegou o mandado e seu rosto mudou:

— Isso é sério?

O cavaleiro da cavalaria leve não respondeu, apenas disse com frieza:

— Esta é a ordem de Senhor Miro.

Fred cerrou os dentes e começou a reunir todos os seus subordinados antes de irem para a área do cais. O mandado que Fred recebeu dizia que eles encontrariam vestígios de atividades de adoradores do deus demônio na área de docas.

Ele pessoalmente ordenou a transferência de todas as patrulhas para procurar na área da doca. Ele deveria pegar os adoradores do deus demônio esta noite ou as consequências podem ser horríveis.

Em comparação com os adoradores do deus demônio, esses xucros membros de gangue não eram basicamente nada. De qualquer forma, mesmo que algo ruim acontecesse, ainda havia o Senhor Miro.

A patrulha saiu rapidamente.

Alguns homens jovens, à beira da praça pública do distrito rico, de repente ficaram com uma expressão chocada.

— André, eles deixaram o campo de patrulha. O que está acontecendo?

Eles estavam em um círculo em torno de um homem alto, um tanto curioso. Eles eram muito jovens, mas suas aptidões eram impressionantes. Anna selecionou pessoalmente jovens promissores das famílias de agricultores do Vale do Rio Branco.

Havia um total de vinte guardas bastante jovens cuidando das tarefas diárias da patrulha do Vale do Rio Branco. Mas eles ainda não conseguiam resistir a algumas centenas de gnolls, e só podiam proteger os habitantes do território enquanto recuavam, conforme as ordens de Anna.

— Não sei, pode ser o plano da senhorita Anna. — André coçou a cabeça — Nós só precisamos obedecer as ordens da senhorita Anna.

— Ouvi dizer que o Lorde foi atacado… Com quem estamos lutando? — Um menino magro e pequeno disse — É a minha primeira vez aqui na Cidade Costa do Rio e a cidade é muito grande. Se o Sanders não tivesse liderado a gente, nós podíamos estar perdidos agora.

— Quem estiver por trás desse ataque e quem ousar pôr a mão em nosso Lorde, eu definitivamente vou fazer ele pagar o dobro! — Neste momento, uma voz agradável ecoou atrás deles — E vocês o que pensam?

A meia-elfa Anna saiu das sombras, mostrando um olhar afiado.

Os vinte guardas imediatamente endireitaram as costas e sussurraram:

— Estamos prontos para seguir as ordens do Lorde e da senhorita Anna!

Anna assentiu com satisfação. Não havia necessidade de duvidar da lealdade desses jovens. Eles foram criados no território e tinham um sentimento extremamente forte de pertencimento ao Vale do Rio Branco.

— O Lorde já planejou tudo, e ele tem os meios para recuperar o território. —  Anna disse calmamente — Mas antes disso, temos de nos vingar primeiro. Investiguei durante o meu tempo aqui na Cidade Costa do Rio, e descobri que a morte inesperada do antigo Lorde foi instigada.

— O quê? — André quase gritou!

Eles, os guardas, e o antigo Lorde tinham um relacionamento extremamente bom. E o próprio André foi um órfão adotado pelo antigo Lorde, praticamente considerado um filho adotivo.

Eles não podiam acreditar que o antigo Lorde foi assassinado!

— Quem foi o responsável? — Os jovens guardiões perguntaram com impaciência.

Naquele momento, uma voz áspera saiu de um beco não muito longe.

— Miller, do distrito rico.

Todos procuraram o dono da voz, apenas para ver uma sombra no beco.

— Mascarado das Lâminas Gêmeas?! — André disse chocado.

— Hoje à noite, sigam-me para matar aquele cara que matou seu próprio irmão mais velho. — Marvin disse enquanto fingia estar frio sob a máscara — Tenham certeza de que seu Lorde me pagou mais do que o suficiente. Eu estou do lado de vocês.


JZanin
Professor de Química, mestre e jogador de RPG sem tempo.
FONTE
Cores: