RN – Capítulo 21 – 3Lobos

RN – Capítulo 21

O Altar Abandonado

Marvin corria habilmente pela floresta, movendo-se rapidamente através do espaço entre as árvores em direção à saída.

Muitas classes realmente tinham um talento oculto. O talento oculto dos Ladinos era que, se eles estivessem em um comércio, eles poderiam manter a compostura enquanto roubavam. O talento escondido dos Magos era que eles poderiam facilmente concentrar sua atenção. Quanto aos Rangers, a maior parte de seu talento escondido seria exibido na região selvagem. Eles se sentiriam como um peixe na água enquanto atravessavam uma floresta na região selvagem.

Marvin imediatamente saiu do Mosteiro Escarlate depois de obter o dedo decepado do lich do baú mágico. Como ele já tinha conseguido as coisas que queria, agora ele precisava recuar. Afinal, o Mosteiro Escarlate estava cheio de perigo em todos os lugares, como Executores do Deus Demônio e outros monstros, todos muito poderosos para Marvin enfrentar agora. Seria bastante estúpido assumir riscos inúteis.

Ele atravessou a Cordilheira Hall até o noroeste, evitando potenciais monstros escondidos. Havia um altar abandonado naquela área não muito longe. Ir até este altar era uma parte necessária do plano de Marvin. É que com a ajuda da garota sem-cabeça, ele conseguiu obter o dedo decepado do lich, realmente uma boa surpresa. Isso significava que ele poderia usá-lo dentro do altar para obter muitas coisas boas!

Ao caminhar, Marvin verificou todos os seus registros:

[Conhecimento: Deuses (Dedo Decepado do Lich)]: Você obteve o dedo decepado de um lich. Por acaso, o dedo tem um fraco traço de poder divino. Este era um lich bem poderoso, à beira de alcançar a divindade. No entanto, ele falhou no último momento. Mas ele não vai desistir. Ele ainda está dormindo, esperando retornar. Ele é capaz de sentir cada parte de seu corpo e, neste dedo decepado, está escondido o segredo para chegar com sucesso à divindade. Esta pequena quantidade de poder divino é um recurso muito precioso nas mãos de um Deus Alquimista ou de um Deus da Bruxaria. Mas para os outros, isso só traria problemas.

Não havia dúvida de que Marvin pertencia aos outros. Ele não era um deus, nem era filho de um deus, e, por causa disso, não poderia absorver o poder divino do dedo decepado. Manter esse dedo decepado durante muito tempo só chamaria desastre para si. Logo, ele não pretendia manter este item precioso, para começo de conversa. Ele planejava oferecê-lo como um sacrifício em um altar.

Um dedo decepado com um pouco de poder divino… deve haver muitos deuses ou deuses alquimistas interessados ​​nisso. Entre estes, deve haver alguns Antigos Deuses Élficos que se afastaram de assuntos mundanos.

Os Antigos Deuses Élficos são a segunda geração de Deuses Antigos. Na primeira geração, não havia nenhum deus, além do oculto e isolado Deus Mago Lance. Todos os outros caíram. Marvin ainda lembrava que este antigo deus não era muito convencional, como os outros deuses. Quando os deuses do céu decidiram se unir para atacar a Fonte Mágica do Universo, ele era um dos poucos que se opôs a isso.

Somente este ponto já fazia Marvin olhar para esse Deus com apreço. Para os mortais, a destruição da Fonte Mágica do Universo era uma calamidade que não podia ser interrompida. Caso contrário, o estudioso da Torre Pérola do Sul não mencionaria essa grande mudança que foi a Grande Calamidade.

Mas os deuses que não queriam ficar de fora da busca da 4ª Tábua do Destino, finalmente lançaram um ataque à Fonte Mágica Universal. O Deus Mago Lance já havia ido embora há muito tempo, então sua glória e força já haviam sido esquecidos. A Fonte Mágica do Universo foi originalmente criada para ajudar as pessoas comuns no Continente Feinan a dominar a magia com mais facilidade, transformando-se em magos fortes e resistir ao contínuo fluxo de monstros.

Ao mesmo tempo, a Fonte Mágica do Universo também era uma barreira que cercava o Continente Feinan, protegendo-o contra esses caras extremamente poderosos, deixando-os incapazes de entrar. Como essa proteção era de interesse de todos os seres vivos, seu fundador, o Deus Mago Lance, foi reverenciado por todas as raças como o deus supremo, levemente colocado acima de todos os outros Antigos Deuses e Novos Deuses. Com relação à força de Lance, muitos deuses estavam descontentes, mas ninguém ousava dizer uma palavra.

E agora, o Deus Mago já havia deixado Feinan há mais de um milênio, enquanto todos os outros deuses estavam inquietos por um longo tempo.

O prelúdio do desastre já começou e ninguém poderia evitá-lo.

Marvin respirou fundo e acelerou o ritmo.

Dois dias depois, Noroeste da Cordilheira Hall.

[Você encontrou as Colinas do Silêncio Mortal]

[Conhecimento: Geografia +1]

[Conhecimento: Geografia (Colinas do Silêncio Mortal)]: As colinas à frente são sombrias e desoladas. É um terreno bastante complexo. Criaturas terríveis patrulham este tipo de ambiente o tempo todo.

Marvin parou na entrada das Colinas do Silêncio Mortal, comparando silenciosamente o caminho com aquele em suas memórias para ver se ele estava na trilha certa. Ele teve muita sorte no caminho até aqui. Além de alguns goblins ignorantes, facilmente abatidos, Marvin não encontrou monstros notáveis.

Boa parte dessa sorte foi devido à Cordilheira Hall ser relativamente segura.

No entanto, as Colinas do Silêncio Mortal eram diferentes. Além deste lugar ter vários tipos de raças que gostam de viver isoladas e como nômades, ainda possuía diversos criminosos e monstros. Este lugar era muito adequado para se esconder e, por causa disso, havia algumas fortalezas que alocava diversos fugitivos das cidades vizinhas.

Independentemente de serem da Cidade Costa do Rio ou da Baia das Joias, todos os bandidos encontrariam o caminho para esta região.

Havia também plantas carnívoras que podiam comer uma pessoa inteira sem deixar um traço de sangue, cobras venenosas desconhecidas capazes de matá-lo em um instante, insetos incomuns e outras coisas.

No entanto, estas criaturas estavam, em sua maior parte, concentradas nas profundezas das Colinas do Silêncio Mortal. Marvin não planejava entrar em uma dessas áreas mais a dentro, pois seu alvo era uma pequena caverna na região externa.

Ele parou em cima de uma pequena colina. De acordo com a posição do sol e o caminho que Marvin verificou algumas vezes em sua memória, este era o caminho correto dentro das colinas.

Ele quase chegou próximo de seu destino durante a noite, mas Marvin de repente se encontrou com uma pessoa inesperada. No pequeno espaço aberto na frente, um urso marrom enfurecido estava rugindo. Do outro lado do urso marrom estava um homem alto vestindo uma longa toga preta e empunhando um par de adagas, movendo-se a uma velocidade incrível.

Seus ataques eram extremamente implacáveis ​​e astutos, e cada uma de suas adagas encontrava seu caminho para um lugar excepcionalmente doloroso, mas superficial o suficiente para não deixar esse habitante da floresta morrer.

O urso marrom rugia com raiva, tentando agarrar esse humano que o feria continuamente. Mas ele era extremamente desajeitado!

Pelo menos 20 pontos de Destreza! — Marvin pensou — Grande Mestre em Adaga-Curva… Um Ranger de 2ª ranque com classe avançada… Com base em suas habilidades com adaga, ele deve ser um [Assassino das Trevas]!

Marvin se escondeu agachado atrás de uma árvore, observando silenciosamente esta cena. Ele começou a ficar preocupado.

Esse cara é muito forte! Ele estava brincando com este urso marrom. Parecia que ele não queria nada do urso marrom além do prazer de brincar com ele. Ou talvez ele estivesse aprimorando suas próprias habilidades. De qualquer forma, esse tipo de pessoa não devia ser incomodado.

A percepção desse tipo de gente definitivamente era muito alta. Mesmo que Marvin estivesse bastante confiante em sua furtividade, se ele fosse descoberto, seria bastante incômodo. Ele estava escondido lá, imóvel, e até reduziu a frequência de sua respiração ao mínimo.

Ele observava o cara vestido de preto que matava seu brinquedinho, o urso marrom. Quando o urso marrom morreu, o sangue em todo o corpo já havia secado e o pelo caia por não ser capaz de sofrer mais nenhum tipo de dano dos contínuos cortes rápidos.

Esse tipo de habilidade para matar era realmente muito cruel. O homem vestido de preto parou de atacar e, de repente, olhou para onde Marvin estava.

Puta merda! Ele realmente me encontrou. — Marvin sabia que seria bastante difícil esconder-se do especialista com sua furtividade.

Mas aquele homem vestido preto não agiu imediatamente, parecendo hesitar por um momento antes de sorrir.

— Estou de bom humor hoje, então eu vou deixar você ir.

Depois que ele disse isso, uma sombra voou de sua mão.

*Pah!*

A sombra fincou no chão três passos à frente de Marvin.

O homem vestido preto virou e foi embora, dando alguns saltos e desaparecendo na floresta.

Marvin limpou o suor de sua testa e saiu das sombras.

Que sorte. Parece que ele tinha outra coisa para resolver. — Marvin pensou.

Ele tirou o cartão amarelo do chão, e nele estava desenhado uma aranha com presas! Marvin franziu a testa imediatamente.

[Aranha Sombria]

Esse cara era um assassino da Aranha Sombria!

Esse cartão amarelo era um aviso. Um aviso de que Marvin não deveria aparecer em sua visão novamente, ou ele o mataria implacavelmente.

A sede da Aranha Sombria não deveria estar no norte? Por que um membro estaria aqui no sul? — Marvin sentiu que havia alguma implicação incomum.

De qualquer forma, essa era uma situação muito problemática. Cidade Costa do Rio era a única grande cidade nos arredores, então ele tinha a sensação de que ele iria encontrar este assassino mais uma vez.

Isso vai dar trabalho… — Marvin balançou a cabeça. Se eles se encontrarem, ele seria completamente derrotado.

Ele tinha que se fortalecer rapidamente! Ele voltou a correr, olhando para as cavernas ao seu redor. E, finalmente, antes que o sol caísse atrás da montanha, ele encontrou a caverna silenciosa e remota.

Estava muito calmo dentro da caverna, e nenhum monstro se atrevia a se aproximar por causa da bênção do antigo deus. Marvin foi direto para o fim da caverna e chegou na frente desse altar abandonado.


JZanin
Professor de Química, mestre e jogador de RPG sem tempo.
FONTE
Cores: