RN – Capítulo 20 – 3Lobos

RN – Capítulo 20

Dedo Decepado

Que merda! Os escravos não estavam cochichando que Morris iria ficar a noite toda em seu laboratório? — Quando Marvin, debaixo da cama, viu aquele par de sapatos de pano comuns, ele começou a xingar em silêncio.

Em todo Boknin, o único que poderia entrar livremente nesta sala, certamente, era o Lorde da cidade Morris. Um Espírito Maligno Emissário com a classe Feiticeiro de Espírito Maligno, isso seria bastante problemático.

Se esse velho fosse uma pessoa cautelosa… — Mesmo que Marvin continuasse sendo cuidadoso, ele ainda tinha que lidar com essa surpresa desagradável. Seria difícil garantir que não ocorreriam erros durante toda a noite.

Ele só podia rezar para que o Feiticeiro de Espírito Maligno não pudesse encontrar seu esconderijo. A única coisa que o fez se sentir melhor era que a percepção dos Feiticeiros de Espírito Maligno era a mesma da gente comum, não era aquelas coisas. Ele não conseguiria encontrá-lo a menos que usasse uma magia de detecção.

Morris, o Feiticeiro de Espírito Maligno, estava segurando uma vela e passando de um lado para o outro na sala por um momento. De repente, ele abriu uma cortina. De sua posição, Marvin só podia ver que, atrás da cortina, havia um armário. Aquilo parecia ser um espelho dentro do armário.

O velho de repente se ajoelhou, colocando a vela em cima de sua cabeça e entoando algo em alto e bom som. A superfície do espelho começou a ondular exatamente como a superfície de um lago.

Gotas de suor apareceram na testa de Marvin.

Qual dos Planos Inferiores ele está tentando contatar? Que merda! Justo agora ele vai entrar em contato com um Lorde de um Plano inferior? — Marvin ainda estava calmo, tendo pensado rapidamente em três planos de fuga, mas dependiam do fato de que o Lorde Espírito Maligno não pudesse entrar em Boknin à vontade.

Por causa de muitos selos divinos, os Lordes Espíritos Malignos não conseguiam pisar no Continente Feinan. Mas este era um mundo na pintura! Isto era Boknin! Um Ranger de nível 4 enfrentando um lendário Lorde Espírito Maligno superior… A vasta experiência de Marvin não serviria para muita coisa!

Ele só podia rezar para que nem o Lorde Espírito Maligno, nem o Espírito Maligno Emissário encontrassem seu esconderijo debaixo da cama.

— Grande [Diabo Nefasto], seu servo aguarda suas instruções. — A voz respeitosa do velho ecoou na sala.

— Morris, você já permaneceu neste mundo na pintura por um longo tempo. — Uma voz sombria falou do espelho — Eu tenho algo que precisa ser feito. Cuide disso rapidamente! Boknin tem quatro saídas ligadas ao mundo de Feinan, e há duas que você pode usar. Você pode procurar o [Vingador] Fegan. Ele vai dar a você alguma assistência. Eu vi partes de um futuro interessante. Todos os deuses do céu inevitavelmente não vão deixar isso passar. No entanto, eles não esperam que esta era fosse a era dos espíritos malignos, a nossa era. Por isso, eu preciso que você espalhe algumas sementes…

Marvin não conseguiu entender as palavras que se seguiram. Eles estavam falando em um idioma do plano inferior, e cada sentença era capaz de evocar os males e medos mais profundos do ser humano.

No entanto, o que deixou Marvin feliz e um tanto surpreendido durante todo o processo, é que os dois nem sequer notaram sua presença. O fato de que nenhum dos dois perceberam a presença dele mesmo no quarto do Lorde da Cidade, pode ser um indício de uma boa sorte.

Eles finalizaram sua discussão dez minutos depois. O espelho foi mais uma vez coberto por um pano espesso. O Espírito Maligno Emissário, Morris, deixou a sala com pressa.

Marvin limpou o suor e suspirou aliviado. Ele não se atreveria a ficar nem mais um minuto ali. Ele usou Furtividade e rapidamente saiu do castelo do Lorde da cidade. Entrar era difícil, mas sair era muito mais fácil, especialmente sob a cobertura da noite, pois o efeito de sua Furtividade seria surpreendente.

Ele logo saiu do castelo e, finalmente, encontrou uma pequena trilha. Entretanto, ele de repente sentiu como se estivesse sendo observado por alguma coisa.

Uma grande quantidade de corvos de olhos-vermelhos de repente voou do interior do castelo. Marvin ouviu alguns gritos ao longe.

Problemas! Fui descoberto! A cabeça certamente tem uma marca que seria ativada assim que ela saísse do castelo e alertou Morris! — Marvin tinha uma coisa em mente.

Ele tinha que sair rapidamente deste mundo agora. Felizmente, ele não estava longe daquela alfarrobeira. Quando ele pensou nisso, ele começou a correr.

No laboratório do castelo, o rugido irritado do espírito maligno emissário ecoou por toda a sala.

— Maldito ladrão! Envie a patrulha de corvos e os cavaleiros das trevas! Mate-o e traga minha cabeça escrava mais amada!

No fundo do castelo, inúmeros corvos voaram do topo de um crucifixo. Enquanto eles voavam, a forma de um humano bem mutilado podia ser vista amarrada no crucifixo. O som de cascos de cavalos dos cavaleiros das trevas podia ser ouvido ecoando por todo o castelo, ao mesmo tempo em que todos os cavaleiros saíram da escuridão para assassinar o larápio.

A sombra de Marvin estava passando rapidamente entre os campos de trigo. Havia tantos corvos patrulhando o céu que ele não conseguia se esconder! Então ele simplesmente deixou de se esconder, expondo-se diretamente e acelerou com sua velocidade máxima em direção àquela árvore que ele lembrava.

Aqueles corvos mergulhavam freneticamente, tentando diminuir o ritmo Marvin.

Morram desgraçados! — Marvin também estava bravo.

Ele rapidamente brandiu sua adaga-curva na mão como se estivesse tecendo uma rede feita de cortes. Em um piscar de olhos, cinco ou seis corvos morreram sob sua lâmina.

Entretanto, mais e mais corvos se agrupavam e mergulhavam para atacar Marvin, então ele só podia se afastar, matando um ou outro corvo para evitar que se agrupassem, e voltava a correr a toda velocidade.

Suas habilidades de rolamento[1] foram refinadas por meio de uma quantidade incontável de PK. Esse tipo de esquiva dava a impressão de que Marvin estava em sérios apuros, mas era realmente uma habilidade de luta bastante útil. No entanto, os corvos ainda conseguiram reduzir a velocidade de Marvin e atrasá-lo.

Quando ele correu para a floresta, com sangue em todo o corpo, um cavaleiro já estava chegando ao seu lado para atacar. Ao ouvir um cavalo correndo em sua direção, Marvin viu uma figura alta e impressionante em frente à árvore, bloqueando seu caminho.

*Clang!*

O cavaleiro desembainhou sua pesada espada. Ele usava um capacete e levantou sua espada com uma mão, segurando as rédeas com a outra. O cavalo estava correndo freneticamente.

Se estivessem em um terreno difícil, eles lutariam como infantaria, mas de qualquer maneira eles poderiam dominar seus oponentes. Com o poder da investida da montaria, além dos bárbaros, nenhum aventureiro se atreveria a ficar na frente deles.

As pupilas de Marvin se dilataram. Havia apenas um cavaleiro!

Ainda tenho uma chance! — De repente, ele sacou duas adagas-curvas de sua cintura e começou a correr em direção à floresta, pegando um desvio para o lado.

O cavaleiro estava implacável em sua busca. Marvin abruptamente deu um grande passo em frente, e passou por uma enorme árvore. O cavaleiro puxou as rédeas, controlando habilmente sua montaria para passar pela árvore. Mas durante esse tempo, ele teve um ponto cego em sua linha de visão!

Em questão de segundos, quando ele ordenou seu cavalo para dar a volta na árvore, Marvin apareceu na frente dele.

— Morra!

Ele saltou alto e agarrou um galho com as duas mãos, chutando firmemente o corpo do cavaleiro. Neste momento, o cavalo corria a uma velocidade tão alta que acabou tornando-se um problema para o cavaleiro. Ele não conseguiu se segurar e caiu para trás, batendo desajeitadamente de costas no chão.

O corpo de Marvin ajustou-se com uma incrível flexibilidade, colocando-o inesperadamente nas costas do cavalo.

[Montando um cavalo em movimento… Teste em curso (Destreza 19) …]

[Equitação (30) utilizada… Perícia usada com sucesso!]

Felizmente, esse corpo tem pontos em [Equitação]! — Marvin sentiu que ele precisava rever seus conceitos sobre o que disse a respeito do zé-ruela.

Uma das vantagens de ser um nobre é que eles poderiam aprender equitação de forma impressionante. Os civis não podiam pagar os custos para aprender equitação, e de fato, eles nem podiam se dar ao luxo de ter um cavalo.

Seu corpo estava bem rente ao cavalo, agachado, enquanto ele fazia o cavalo correr em direção à árvore. Ele podia ouvir mais e mais cavalos em ambos os lados da floresta. Mais cavaleiros das trevas estavam ao seu redor.

Marvin prendeu a respiração e usou todas as suas forças para forçar o cavalo a correr até aquela árvore! Os cavaleiros de ambos os lados estavam se aproximando e um deles levantou sua espada-longa e atacou cruelmente.

— Agora! — Marvin pisou o estribo e fez o cavalo se virar, não apenas evitando a espada-longa do cavaleiro, mas também se jogando contra ele — Hora de comer terra!

Marvin aproveitou essa fração de segundo e puxou o cavaleiro pelo peito, fazendo-o perder o equilíbrio e cair do cavalo. Mas seu cavalo inesperadamente também perdeu o equilíbrio durante esse momento e caiu para o lado. Marvin tropeçou e caiu no chão. E ele estava a apenas a dez passos da árvore!

Só que outro cavaleiro chegou do seu lado e já atacou com todas as forças! Marvin respirou fundo e ergueu a mão direita:

— Vs’bon!

Leque Cromático!

Terríveis raios da cor do arco-íris se entrelaçaram formando uma rede que bloqueava o avanço dos cavaleiros. Marvin aproveitou a situação e levantou-se do chão antes de correr apressadamente para a árvore.

— Essa foi por pouco.

O corpo de Marvin caiu no corredor fantasma. E surpreendentemente, a pintura da menina sem cabeça desapareceu da parede.

— Obrigada. Eu já selei essa saída, então os monstros de Boknin não podem sair por enquanto. — A voz agradável ecoou atrás dele.

— Esta está a sua cabeça… — Marvin colocou suavemente o pacote no chão.

— Obrigada, muito obrigada. Eu finalmente tenho… Liberdade.

O pacote se abriu por conta própria, e uma luz cintilante cinza surgiu. O coração de Marvin começou a bater mais rápido enquanto ele se virava. Atrás de si, ele viu uma linda garota. Ela deveria estar em estado de alma[2]. Agora que sua cabeça foi recuperada, ela deveria ser um fantasma normal agora.

— Eu vou embora, este é um lugar ameaçador. Você também não deve demorar muito aqui. —Vanessa disse suavemente — Como você me ajudou a recuperar minha cabeça, eu ajudarei você a abrir a tranca mágico naquele baú. Considere um pequeno sinal de minha apreciação. Ainda assim, obrigada.

Sua voz parecia mais gentil e suave, e seu corpo começou a dissipar-se gradualmente. Finalmente, apenas seu sorriso brilhante permaneceu. Marvin inclinou-se ligeiramente, com sua mão direita em seu coração, saudando essa garota fofa e nobre.

Sua alma era extremamente pura. Um espírito maligno transformado a partir desse tipo de alma seria forte, muito forte. Essa era a razão mais importante pela qual o espírito maligno emissário, Morris, estava de olho nela.

Marvin sabia dos truques dos espíritos malignos. Uma pessoa comum não conseguiria resistir a eles, mas Vanessa conseguiu. Sua cabeça estava separada de seu corpo, sofrendo todos os tipos de tortura dia e noite, mas ela ainda não cedeu ao mal.

Neste mundo, essas pessoas eram raras. No final, a humanidade é fraca.

Mas, como um sábio disse uma vez, a humanidade também é excelente. Não porque seu potencial supera todas as outras raças, mas porque, mesmo nos momentos mais sombrios, a luz apareceria na forma de pessoas de coração puro. Essas pessoas não eram poluídas pela vida mortal e impediam a humanidade de cair no abismo.

Depois que a alma da garota sem-cabeça partiu, uma flor de campainha-chinesa foi deixada para trás, na forma de um acessório. Esta era a recompensa de Marvin. Quanto a esse baú mágico, deveria ter sido um presente.

Marvin encontrou o baú e abriu, mas a coisa dentro excedeu as expectativas de Marvin. Ele ficou chocado ao encontrar um dedo cortado dentro! Este não era apenas o dedo decepado de alguém comum.

[Você obteve o dedo decepado de um lich semideus…]

[Conhecimento: Deuses +8]


 

 

[1] Técnica usada em alguns esportes e estilos de luta que consiste em rolar para o lado.

[2] Como em um estado etéreo, geralmente como os fantasmas.

JZanin
Professor de Química, mestre e jogador de RPG sem tempo.
FONTE
Cores: