MdG – Volume 1 – Interlúdio – 3Lobos

MdG – Volume 1 – Interlúdio

— Sim, olá. Bem-vindo a Guilda dos Aventureiros! Apresentando uma missão? Então, por favor…

— O-o que? Uma entrevista? Hum… isto é oficial? Você tem certeza que está tudo bem? Ufa.

Hum.

— A Guilda dos Aventureiros. Hehehe, eu sei o que você está pensando. É estranho ter uma agência de emprego para um bando de rufiões.

— Na realidade, de volta ao início, a Guilda não era uma guilda, era apenas uma taverna onde os aventureiros se encontravam. O Rei do Tempo estabeleceu isso para apoiar esses heróis, as pessoas que mais tarde seriam aventureiros classificados como Platina. Mas hoje em dia é um escritório real! Eu passei em um exame oficial e tudo para se tornar uma recepcionista, você sabia?

— Mulheres profissionais… hehehe, minhas colegas também são mulheres talentosas, é claro, então eu não quero me gabar. Mas tive muita sorte em conseguir este emprego.

— Os aventureiros trabalham arduamente para ganhar a confiança do público, porque a confiança se traduz em um melhor trabalho. Os nossos valiosos provedores de missões julgam suas habilidades por sua classificação, e você nunca terá falta de pagamento.

— E então, você sabe, há… você já ouviu falar sobre isso, certo?

— Tem também aqueles valentões itinerantes que entram dizendo:

— Me ‘concederam’ uma arma lendária!

— Ou ainda:

— Os próprios deuses me protegem!

— Eles são realmente muito complicados. Eles não têm registros, e não podemos recomendar que nossos clientes confiem em pessoas que vão por aí fazendo o que quisessem. Não é como se pudéssemos apenas olhar para uma folha com números convenientes e saber o quão fortes esses vadios são.

— É por isso que a Guilda estabeleceu três alicerces para avaliar seus membros. Ou seja, qual a sua contribuição ao mundo, o valor agregado das recompensas que ganharam e as avaliações de personalidades realizadas por meio de entrevistas presenciais. Alguns se referem ao resultado coletivo como “pontos de experiência”.

— Isto é o que nossa estrutura de classificação parece, com uma escala de 1, sendo o mais baixo, e o 10, sendo o mais alto.

 

  1. Platina. — Este é extremamente raro. Apenas algumas pessoas na história alcançaram essa posição. Melhor nem pensar nisso.
  2. Ouro.
  3. Prata.
  4. Cobre. — Essa posição constitui nossos membros mais talentosos, com base em suas habilidades e o grau de confiança que eles ganharam. Eles realmente são show!
  5. Rubi.
  6. Esmeralda.
  7. Safira. — Estes são as fileiras do meio. Nem muitos os alcançam nos dias de hoje.
  8. Aço.
  9. Obsidiana.
  10. Porcelana. — Estes são os nossos novatos. É quando se sentem confortáveis que estão em maior perigo.

 

— Você pode ver que existem diferentes níveis baixos, médios e superiores. O chame de vara de medição.

— O que? Existem casos em que uma missão nunca é aceita? Bem, eu não posso… dizer que não há…

— A maioria das vezes acontece com missões de extermínio de goblins. Há tantos deles, e os provedores das missões são muitas vezes de aldeias agrícolas, então… Bem, elas não são populares. Elas podem ser complicadas, e as recompensas são pequenas. Existem muitos goblins, sabia?

— Eu suponho que você poderia dizer que elas são boas missões para iniciantes, mas… Bem…

— Oh, me desculpe, alguém acabou de entrar. Podemos seguir com isso mais tarde?

Hum-hum.

— Sim, olá! Como posso ajudá-lo?

— Me dê goblins.


KakaSplatT
Técnico em eletromecânica e tradutor quando possível…
FONTE
Cores: