LAB – Capítulo 79 – 3Lobos

LAB – Capítulo 79

Respostas

As cortinas estavam fechadas e a lareira estava com lenhas pegando fogo, mantendo uma temperatura confortável dentro do quarto.

Havia uma grande diferença entre este momento de Nana e o dia em que Anna se tornou uma adulta, pois Nana estava acordada. A fim de garantir que ela não ficaria muito assustada com as dores que iria sentir, eles jogaram alguns jogos simples para distraí-la, e também para que ela não dormisse durante a noite.

Até mesmo Roland fez alguns truques simples com moedas, deixando todos boquiabertos e impressionados com a ‘mágica’. Especialmente Nana, que durante todo o tempo estava olhando com olhos arregalados para a mão de Roland. Se fosse qualquer outra hora, Nana certamente iria gritar para Roland ensiná-la.

Os truques que Roland conhecia estavam longe de ser uma grande façanha nesta época, mas serviam bem como um pequeno show à parte, como cobras que dançam ao som da flauta, chamas bruxuleantes, pessoas que esmagam pedras enormes no peito e coisas do tipo. Mas se for comparar com os profissionais da sua época, tudo o que Roland fazia era amadorismo.

Finalmente, Raio começou a falar sobre sua experiência como marinheira, como quando ela viajou com seu pai entre as ilhas e os fiordes. Ela contou sobre os belos recifes e redemoinhos dos mares, além de caçar polvos e tubarões gigantes de águas profundas. Embora todos soubessem que Raio gostava de enfeitar suas histórias, ela ainda tinha a atenção de todos, até mesmo de Roland. Nas suas histórias, os veleiros se transformavam em grandes navios blindados de batalha, que atravessavam oceanos e descobriam novos mundos.

Na verdade, quando Roland pensava a respeito, existia um pedaço da história deste mundo que ele não entendia. Os registros históricos mais antigos tinham somente quatrocentos anos. Até mesmo a educação do ex-príncipe não possuía nada a respeito ou alguma explicação para esse fato. Tudo bem, talvez o ex-príncipe não tinha prestado atenção nas aulas dentro do castelo. Contudo, dentro da biblioteca de Vila Fronteiriça não havia nada que justificasse essa lacuna no tempo, então a única possibilidade era ganhar a guerra contra Forte Cancioneiro e buscar as informações lá mesmo.

Quando Raio finalmente terminou a histórias sobre suas aventuras, Roland não conseguiu mais reprimir um bocejo. Quando ele olhou para Rouxinol, ela apenas balançou a cabeça, indicando que não havia nenhuma mudança mágica até agora.

Não ter um equipamento que meça o tempo precisamente é tão inconveniente, como posso determinar o tempo que ainda temos que esperar? — Roland pensou frustrado, enquanto servia uma xícara de água morna, para depois se sentar e esperar.

Mas, gradualmente, todos tiveram a sensação de que algo estava errado, pois a demora já era grande. Nana bocejava repetidamente, fazendo todo o esforço possível para manter-se acordada. Mesmo Rouxinol estava ansiosa, então ela tocou a testa da menina, enquanto observava o poder mágico dentro do corpo de Nana, procurando por qualquer mudança.

Quando Roland queria tomar um gole de água, descobriu que já não tinha mais água. Então, no caminho para a chaleira que estava na lareira, ele não resistiu e foi até as janelas para olhar o tempo lá fora, apenas para descobrir que ainda estava nevando. Mas quando ele abriu as cortinas pesadas só um pouquinho, um toque de luz entrou no quarto.

Ele ficou agradavelmente surpreso ao descobrir que o céu escuro já havia adquirido um brilho branco nebuloso.

— Olhem aqui fora! —  Roland gritou e abriu toda a cortina. Ele acabou alertando todos os que estavam no quarto, logo, foram correndo para ver o que estava acontecendo. Quando descobriram a leve luz no céu, perceberam que o novo dia já havia chegado sem que eles percebessem.

Então, com isso, além de Anna, Nana também passou pela tortura do diabo sem qualquer dor.

Quando Roland voltou para o quarto dele, descobriu que já havia duas pessoas que estavam esperando por ele.

Rouxinol e Wendy.

Em seus rostos, ele não conseguia perceber qualquer sensação de sonolência, apenas excitação.

— Vocês foram capazes de confirmar que o ‘dia’ de Nana era hoje, não é? Digo, noite passada? — Roland perguntou a elas imediatamente.

— Sim, mas a mudança dentro dela foi tão sutil, que eu nunca teria imagino que fosse o momento crítico da tortura. — Rouxinol respondeu — Vossa Alteza, sua suposição está correta! Enquanto as bruxas continuarem a liberar a magia, ela continuará a crescer e o sofrimento do nosso corpo será reduzido. Se pudermos manter uma certa quantidade de treinamento todos os dias, todas as bruxas terão uma grande chance de sobreviver ao seu dia de vida adulta!

— Dentro de todo o Reino de Castelo Cinza, só em seu território as bruxas podem exibir suas habilidades. De certo modo, Vila Fronteiriça é a nossa Montanha Sagrada! — Wendy continuou — Eu imploro para que Vossa Alteza faça o que for possível para que todas as bruxas possam saber destas novidades, pois nossas irmãs poderão vir até este santuário. Penso que cada uma delas estará disposta a ajudá-lo.

— Mas estas eram as minhas intenções desde o início. — Roland assentiu — Quando os Meses dos Demônios chegarem ao fim, tanto as pessoas normais quanto as bruxas irão adquirir um certo grau de compreensão umas das outras, pois estarão trabalhando juntas. Até lá, providenciarei para que as pessoas espalhem a mensagem, mas, apenas como rumores. Vocês precisam entender que não consigo iniciar um grande projeto de publicidade para recrutar bruxas, pois se eu fizer isso assim agora, irá causar um grande alvoroço em todo o país. — Roland pausou por um momento, então continuou — Isso só será possível se a Igreja for erradicada, ou se eu ascender ao trono.

— Então, parece que minha melhor opção é ajudar Vossa Alteza a ascender ao trono. — Wendy declarou e, sem hesitação, caiu sobre um joelho, recitando o juramento de fidelidade.

Roland podia ver claramente que seus movimentos não eram habilidosos, como se fosse um impulso devido ao momento de felicidade. Mas ele não se importava com esses detalhes, por isso, ele a tratou exatamente como Rouxinol quando aceitou seu juramento de lealdade.

Depois de terminar seu apelo, Wendy virou-se para Rouxinol e perguntou:

— Como foi a minha atuação?

Rouxinol deu um sorrisinho de canto de boca e disse:

— Passou raspando.

Roland, indefeso, balançou a cabeça:

— Então vocês duas devem ir dormir mais cedo, pois não fecharam os olhos durante toda a noite!

— Vossa Alteza, eu tenho um pedido. — Wendy interrompeu Roland assim que levantou do chão, ajoelhando-se mais uma vez.

— Sinta-se à vontade para pedir. —  Roland tirou o sorriso do rosto e falou seriamente com ela. As bruxas deixaram claro que tinham algo importante para pedir.

Inesperadamente Wendy disse:

— Quero voltar para o acampamento da Associação Cooperativa das Bruxas.

— Wendy! — Rouxinol gritou e olhou para ela com olhos arregalados, mas pôde ver que, nos olhos de Wendy, ela estava firme e decidida

— Eu não sei se elas serão capazes de encontrar a Montanha Sagrada. Talvez sim, talvez não. Espero que Vossa Alteza me permita adentrar na Cordilheira Intransponível quando os Meses dos Demônios terminarem. Se Kara não conseguir encontrar a Montanha Sagrada, elas podem voltar para o campo dentro das montanhas.

— Isso será bastante perigoso. — Roland franziu a testa — Sua líder atacou você, mesmo após tantos anos de amizade.

— Se ela realmente quisesse me matar, eu já estaria morta. — Wendy disse— Ela convocou sua serpente mágica ‘Dor’ em vez de ‘Morte’. Eu não sei quantas voltarão comigo, ou mesmo se alguém irá voltar comigo, mas pelo menos eu posso entregar esta importante mensagem para minhas irmãs. Se eles liberarem sua magia todos os dias, eles não precisarão sofrer a dor terrível.

Falando até este ponto, Wendy continuou, mas desta vez, sua voz estava muito gentil:

— Vossa Alteza, enquanto você tratar as bruxas com tamanha bondade, minha vida será sua, então, naturalmente, não vou jogar ela fora tão facilmente. Eu vou me proteger. Por favor, conceda-me este pedido.

Roland ficou em silêncio e pensou na segurança dela, ao mesmo tempo em que pensava se devia ou não recusar o pedido. Mas este pedido também possuía um significado intrínseco.

Se eu der esta chance a Wendy de salvar mais bruxas, ela seguirá minhas ordens com felicidade e presteza de coração, assumindo qualquer risco. Mas se eu recusar, ela ainda poderá estar disposta a seguir as ordens, mas eu posso perder a possibilidade de ganhar mais bruxas, enquanto Wendy terá para sempre uma cicatriz em seu coração.

— Eu permitirei isso — Roland finalmente assentiu —, mas você ainda precisará esperar dois meses até o fim dos Meses dos Demônios. Você também não viajará sozinha, Raio irá com você. Eu também lhe darei armas de fogo para a autoproteção e também … uma Pedra da Retaliação Divina. Raio pode dar apoio de longa distância, e quando você usar a Pedra da Retaliação Divina durante sua reunião com Kara, ela ou qualquer outra bruxa não poderá machucá-la.

— Vossa Alteza, por favor, deixe-me ir com ela! — Rouxinol implorou.

— Não, Verônica. A segurança de Sua Alteza é muito mais importante do que a minha, ele é a esperança de todas nós, bruxas. — Wendy discordou balançando a cabeça e rindo — Cuide bem dele.


JZanin
Professor de Química, mestre e jogador de RPG sem tempo.
FONTE
Cores: