LAB – Capítulo 51 – 3Lobos

LAB – Capítulo 51

Sua Majestade, a Rainha

A luz solar entrou através de uma janela estreita no ambiente e foi refletida como listras vermelhas escuras na parede.

Havia apenas alguns lugares dentro do Reino onde ainda podia-se ver o sol, e o Porto de Águas Claras era um destes lugares. Neste lugar, os Meses dos Demônios, com seu vento frio e neve caindo forte, só tinham um pouco de influência. Com a exceção de que a Frota das Velas Negras não poderia deixar o porto, a cidade inteira ainda estava tão ocupada, como de costume.

A governadora da cidade e capitã do porto, Garcia Wimbledon, estava sentada em sua mesa quadrada sob a janela, estudando seriamente o conteúdo de uma carta. Seu cabelo cinza estava cintilante sob a luz do pôr do sol, adquirindo um tom dourado. As sombras projetadas pela luz em seu rosto acrescentavam características únicas, com um charme único como um espírito heroico.

Ryan estava de pé ao seu lado por um bom tempo.

Embora ela já tivesse excedido seu tempo habitual para a leitura de uma carta deste tamanho, Ryan ainda escolheu aguardar em silêncio por um pouco mais de tempo. Ele não queria interromper o silêncio.

Eventualmente, Garcia suspirou baixinho, colocou a carta para baixo e então disse:

— Meu pai está morto.

Ouvindo isto, Ryan se assustou e precisou perguntar:

— O que?

— Meu pai, Ali Wimbledon, Rei de Castelo Cinza.

Ryan lembrou que ela raramente repetia qualquer coisa que já tivesse dito, e quando ele perguntasse algo que já tivesse sido perguntado, ela só iria olhar para ele como se ele não tivesse perguntado nada. No entanto, ela realmente não estava brincando, certo? O Rei está realmente morto?

— … — Ryan abriu a boca, tentando dizer algumas palavras de conforto, mas no final ele apenas perguntou — Como ele morreu?

Felizmente, ela não se importava com isso. Ela era a filha do Rei, a governadora do Porto de Águas Claras e a Comandante da Frota das Velas Negras. Ela não precisa de ninguém para confortá-la.

— Diz a carta que meu irmão Gerald matou meu pai, mas ele foi pego pelos guardas. Ele não cometeu suicídio para escapar da punição e no final ele foi posto a julgamento por vários ministros. Então ele foi condenado à morte por decapitação.

— Isso não parece estar certo — Ryan subconscientemente não podia acreditar.

— Claro que não é a verdade. — Garcia disse, sem expressão — É verdade que o meu primeiro irmão é um homem relativamente estúpido, mas ele não é tão idiota para se jogar em uma missão suicida. Se ninguém o conduziu nessa direção, ele nunca faria uma coisa dessas.

— Alguém estava conduzindo ele? — Ryan perguntou.

— Deixa eu adivinhar … — A 3ª Princesa fechou os olhos e pensou por um momento antes de responder — Alguém, provavelmente, elaborou e pôs este plano detalhado em ordem, dizendo a Gerald que iria ajuda-lo a levar ele e seus homens até o castelo de meu pai. Isto deve ter sido organizado por alguém com antecedência, incluindo a saída de meu irmão de seu território, até a chegada dele no castelo e o suborno dos guardas de meu pai. Mas Gerald jamais pensaria em um plano tão elaborado assim, já que ele é muito preguiçoso para organizar algo deste porte. O resto seria simples, bastava encontrar alguém que Gerald tivesse plena confiança, mas que no final iria traí-lo.

Ryan não conseguiu pensar em nada para acrescentar. Afinal, eram apenas suposições. O que realmente aconteceu não era importante, a parte mais importante era apenas o resultado. Ele acreditava que isto também era o pensamento da 3ª Princesa.

— Com certeza — Garcia abriu os olhos e continuou — estou 90% certa de que não foi o 1º Príncipe. Ele só conhece a força bruta. Seu cérebro é como um músculo grande, então é fácil enganar meu irmão dessa forma. Só … — ao dizer isso, sua voz tinha alguma coragem — o meu segundo irmão seria tão cruel.

— Você quer dizer que Timothy Wimbledon é o verdadeiro culpado?

— Além dele, quem mais poderia saber tanto sobre Gerald? E também após tudo isso, ele é a pessoa com os maiores ganhos. — Enquanto falava, Garcia inconscientemente ficou tocando os dedos sobre a mesa — Mesmo uma pessoa cega pode ver isso! Mas ele era o favorito do pai, então ele realmente não precisava ter feito isso!

Sua Alteza estava realmente com raiva, Ryan percebeu. Era uma cena rara ver a Princesa com raiva. Parece que mesmo que ela tivesse reclamado de seu pai ser muito excêntrico, no final, ela ainda não queria ver seu pai morrer assim.

Ryan era capaz de entender este sentimento, mais ou menos. Em uma grande família, a geração mais jovem teria sempre essa sensação para com os pais. Era como uma montanha que teriam que superar, e ao mesmo tempo eles iriam reverenciar e odiar. Se ela estiver certa e isso foi realmente planejado pelo 2º Príncipe, então suas ações poderiam de fato ser consideradas cruéis demais.

— Mas ele … por que ele faria isso?

— Porque ele estava com medo de mim. — Garcia respirou fundo, tentando controlar suas emoções — Ele tem medo da minha Frota das Velas Negras.

Percebendo que Ryan não quis responder, ela continuou a explicar:

— Timothy parece ter um espião em nossa cidade, o que em si não é surpreendente, pois eu mesma tenho olhos e ouvidos em Valência. Quando ele descobriu a existência da minha Frota das Velas Negras ficou fácil para ele imaginar o que eu faria depois. Valencia não é capaz de ter um exército que suporte o ataque de minha frota. Então, ele chegou à conclusão de usar Gerald como isca para conseguir o que queria.

— Então você quer dizer que ele quer um exército?

— Ele quer o trono. — Garcia disse — Com a morte de meu pai e agora até mesmo com a morte de Gerald, ele se tornou o primeiro herdeiro. Tenho medo de que ele vai pressionar os ministros para coroá-lo o mais rápido possível. Só quando ele se tornar Wimbledon IV que ele vai ser capaz de mobilizar todos os seus vassalos com seus exércitos. — Quando ela disse isso, ela balançou a cabeça — No entanto, como já disse, como o filho favorito do pai, ele realmente não precisava ter feito isso!

— Isso não seria pior? —  Ryan perguntou, preocupado — Se o seu segundo irmão for coroado, ele não irá dar fim à batalha pelo trono e convocar todos os seus irmãos de volta? O que você vai fazer então?

Garcia respondeu como se sua dignidade estivesse acima de tudo isso.

— Este passo seria muito simples. Só porque ele é o filho favorito de nosso pai, isso não significa que ele terá o apoio dos ministros, especialmente por causa de seu movimento para matar o antigo rei. Embora ele tenha culpado Gerald pelo assassinato e pode até mesmo ser capaz de enganar os civis, eu estimo que vai demorar muito tempo até que ele seja capaz de ter plena autoridade em Castelo Cinza. Então … — ela olhou astutamente para Ryan e continuou — eu preciso mudar um pouco meus planos.

Ryan imediatamente se pôs sob um joelho e disse:

— Eu estou disposto a servir.

Garcia se levantou, foi até a janela e falou com Ryan, de costas para ele.

— A primeira coisa que ele será obrigado a fazer depois de reivindicar o trono é lidar comigo. No entanto, sua única possibilidade de me pressionar é comandar Joe Kohl, o Duque do território sul, para me atacar. Estimo que Joe Kohl utilizará o período de luto pelo rei para atrasar o envio de suas tropas. Aquela raposa velha sempre foi relutante em fazer negócios, ainda mais sabendo que ele terá muitas perdas. No máximo, ele vai convocar seus vassalos nos feudos e irá enviá-los para cercar Porto de Águas Claras. — Garcia parou um pouco e depois continuou — No entanto, este movimento vai causar problemas desnecessários, por isso vamos zarpar amanhã.

— Zarpar? Vossa Alteza, não me diga que você quer …

— A Cidade da Águia fica mais no interior e é quase indefesa. Podemos chegar em Vila da Fonte Clara usando o afluente do rio Três Baías e a partir dali, só iremos precisar de um dia para chegar a Cidade da Águia. Depois de sitiar Cidade da Águia, todo o território sul estará sob meu controle. A situação que Timothy pensou que iria encarar ao reivindicar o trono será completamente diferente do planejado. Quando Timothy buscar saber do progresso Duque Joe Kohl e descobrir que todo o território sul está sob meu controle, ah eu realmente queria ver o rosto do meu irmão.

— Mas, você também disse que Wimbledon III acabou de falecer, e isto …

— O que, eu realmente preciso chorar a morte de meu pai? — Garcia virou-se. A luz do sol estava radiante atrás dela e cobriu seu corpo com um véu vermelho. Seu rosto estava escondido no escuro, apenas seus olhos estavam refletindo a luz. Os seus olhos demonstravam uma emoção tão firme quanto uma rocha, Ryan pensou. Mesmo se ela estivesse com raiva ou pesar, ela nunca irá demonstrar tristeza alguma.

Demonstrar tristeza não seria adequado para um rei ou rainha.

— Não, você não precisa fazer isso. — Ryan disse a sério.

Garcia concordou com satisfação:

— Vá e diga ao capitão que eu quero falar com ele. Já que Timothy não está disposto a esperar os cinco anos acabar, eu não vou desapontá-lo. Depois que eu conquistar a Cidade da Águia, irei declarar a independência do território sul.

Tudo isso realmente não me importa — Ryan pensou.  Garcia sempre vai encontrar uma solução para todas as possibilidades. Se ela decidir um caminho por si mesma, ela vai percorrer este caminho com coragem. Este era seu charme descontraído e foi uma das razões pelas quais ele a seguiu.

— Sim, Vossa Alteza … não —  Ryan se corrigiu —, Vossa Majestade.


Deodoro
Tradutor nas horas vagas. Só joga no hard.
FONTE
Cores: