LAB – Capítulo 48 – 3Lobos

LAB – Capítulo 48

Assembleia

Enquanto Roland, bastante interessado, estava falando sobre a implementação de um sistema de comércio justo, o som de chifres distantes foi ouvido!

A patrulha só iria tocar a chifre se não pudesse lidar com a situação atual, alertando toda a vila para que os soldados viessem para a muralha.

Roland e Carter olharam surpresos e logo em seguida saíram do quintal do castelo, onde os guardas já tinham cavalos preparadas. Roland montou rapidamente em seu cavalo e cavalgou com Carter e seus homens na direção da muralha.

Quando eles chegaram na muralha, viram que todos os membros da milícia já haviam subindo e estavam armados em seus lugares, montando uma floresta de piques. Ao ver essa cena, Roland se sentiu aliviado, pensou — aqueles ovos cozidos não foram um desperdício, afinal de contas.

Olhando para noroeste, Roland pôde ver um grupo de sombras negras se aproximando de Vila Fronteiriça. Ele contou mais de vinte sombras.

Machado de Ferro deixou a sua posição e começou a trotar em direção ao Príncipe. Depois de dar uma saudação, ele disse.

— Vossa Alteza, este grupo de bestas demoníacas que está se aproximando está muito estranho.

— Estranho? Você está dizendo que eles normalmente não agiriam assim, em grupo?

— Não é bem isso — Machado de Ferro explicou —, se fossem animais que andam em bando antes de se transformarem, sim, eles manteriam esse hábito, como uma matilha de lobos. Mas este tipo de espécies não anda em bando, eles normalmente não agem desta forma. Parecem que estão em uma missão. No início, os caçadores já tinham visto os animais matando uns aos outros.

As bestas demoníacas eram apenas uma mutação de seu tipo base e suas ações seriam basicamente iguais à sua espécie original, mas ao mesmo tempo os seus instintos se tornariam mais forte. Em certo sentido, a inteligência de uma besta demoníaca era menor do que a de um animal selvagem, por conta de seu temperamento maníaco. Por exemplo, elas cruzariam áreas perigosas que antes jamais cruzariam.

Roland observou cuidadosamente o grupo de bestas demoníacas. Ele conseguiu observar e perceber que aquele grupo constituía de animais grandes e pequenos, distinguindo pelo menos dois tipos de animais, um do tipo lobo e outro do tibo búfalo. Estas espécies que normalmente caçam umas às outras, de repente aprenderam a trabalhar em equipe.

Devido ao fato destas bestas ainda terem que passar pelos obstáculos e as armadilhas montadas por Machado de Ferro, elas lentamente estavam se amontando no meio à frente da muralha.

Van’er sentiu suas mãos ficarem molhadas de suor, sentindo que segurar o pique estava mais difícil, pois estava escorregadio. Aproveitando o fato de que ninguém estava olhando, ele secretamente limpou as mãos em suas roupas.

A capitão caçador disse várias vezes — Você precisa relaxar, respirar fundo — e Van’er repetidamente tentou fazer isso, mas ainda não conseguia parar seu batimento cardíaco acelerado. Ele já tinha vivido no Oeste por mais de uma década e ele sempre tinha ouvido falar da malícia das bestas demoníacas. Desde o início destes Meses dos Demônios, quando as bestas demoníacas começaram a aparecer, elas eram totalmente aniquiladas pelo esquadrão de caçadores. Ele até pensou em si mesmo como um soldado valente e audacioso, mas hoje, enfrentando tantas bestas demoníacas, pela primeira vez as pernas de Van’er ainda tremiam.

Ao se lembrar de que foi escolhido por Sua Alteza como vice capitão, Van’er tentou mostrar uma aparência calma e manteve sua posição na defesa.

O grupo de bestas demoníacas agora estava perto o suficiente para que ele pudesse ver quais espécies eram. Correndo na frente estava uma besta demoníaca do tipo búfalo. Em sua cabeça tinha dois chifres da espessura de um braço, parecendo os chifres de um carneiro. O pelo em suas costas eram tão grossos e firmes que parecia um manto. Quando estava a apenas 9 m da muralha, Van’er podia sentir o tremor chão. Ele lambeu os lábios secos e esperou pelo capitão dar o comando para atacar.

Em seguida, um estrondo se ouviu.

A besta demoníaca do tipo búfalo realmente não reduziu a sua velocidade, batendo a cabeça com força contra a muralha, esmagando completamente sua cabeça e espirrando sangue negro por todos os lados, pintando a muralha de preto.

Van’er nem sequer teve tempo para respirar, o búfalo foi imediatamente seguido por dois lobos que pularam nas costas do búfalo morto.

— Atacar!

Ao ouvir o comando do capitão, Van’er inconscientemente atacou com seu pique, mesmo que o lobo não estivesse vindo em sua direção. Esse ataque claramente não foi tão bom quanto os ataques que ele fazia durante os treinamentos. Alguns atacaram com seus piques diversas vezes, enquanto outros que presenciaram o lobo saltando, só atacaram com o pique uma vez. Outros ainda não conseguiram reagir por um longo tempo, mesmo depois de ouvir o comando para atacar.

Como resultado, apenas um lobo foi acertado e um outro saltou através de uma abertura na floresta de piques, caindo na parte de cima da muralha.

— Manter a formação! — O capitão gritou mais uma vez!

Embora Van’er quisesse se transformar em um pássaro e olhar para o local para onde o lobo tinha saltado, Machado de Fero enfatizou diversas vezes para manter a formação, pois quando algo pulasse a formação inicial e viesse para trás da linha de frente, chamando a atenção, a linha de frente se transformaria em um local muito perigoso. Então ele se manteve firme, prestando atenção nas bestas que estava se aproximando e atacando com seu pique com toda a força que ele conseguia impor.

O esquadrão de caçadores de elite estava claramente melhor treinado que a milícia normal.

Quando viram o lobo saltar, os caçadores já tinham retirado suas espadas. Machado de Ferro foi o mais rápido de todos. Ele pulou em frente do lobo, ficando apenas a um passo de distância e firmemente golpeou a cintura do lobo com a coronha da pistola, enquanto o lobo ainda estava no ar, deixando-o com espasmos antes mesmo de cair no chão.

Seja a força ou a defesa, depois da mutação das bestas demoníacas, ambas eram significativamente melhoradas. Tal ataque claramente não tinha causado muito dano nele. O lobo ainda conseguia se levantar imediatamente após a sua queda e mostrou os seus dentes afiados.

Infelizmente para o lobo, a boca da pistola de Machado de Ferro já tinha chegado na sua cabeça.

*Bang!* — O crânio da besta demoníaca explodiu e sua massa encefálica voou por toda parte. Sem o seu cérebro, o lobo deu um passo frágil para trás e caiu enquanto se contraia.

— A besta está morta, mantenham suas posições!

— Ahhh, meu estômago! — Alguém gritou em voz alta parecendo estar desesperado.

Van’er conseguiu ver a pessoa em sua visão periférica. Ele viu um companheiro encostada na muralha, segurando firmemente seu estômago, com as mãos manchadas de sangue.

— As vísceras dele estão saindo para fora!

Outro lobo subiu pela muralha e atacou ele com suas garras rapidamente.

— Alguém me ajude!

— Droga, alguém pegue um pano e pressione a ferida dele, rápido!

Foi uma cena caótica. Outras bestas demoníacas, como um javali, também correram para subir a muralha. Apesar de sua carne e pele áspera, o javali estava tão perto que ele havia se tornado um ouriço devido aos virotes das bestas dos caçadores.

— Todos vocês, não entrem em pânico! — Roland pensou que se Rouxinol estivesse aqui, ela poderia salvar os solados sem problemas. Então ele gritou — Vocês já esqueceram o que aprenderam durante o treinamento? Como é que vocês tratam as pessoas feridas? Vamos, tratem os feridos de acordo com os regulamentos, como vocês treinaram!

Ouvindo o Príncipe gritar, Van’er imediatamente acordou e lembrou de seu dever. Como vice capitão responsável por uma seção de defesa da muralha, ele era responsável pela organização de um resgate sempre que alguém fosse ferido.

Ele ordenou a dois de seus subordinados:

— Vocês dois, vamos, levem ele até o hospital de campanha, rápido!

De acordo com suas experiências anteriores, os subordinados acreditavam que essa pessoa não iria sobreviver. No entanto, Sua Alteza Real tinha dito uma vez que uma coisa é você fazer algo e não obter resultado, mas não fazer nada era absolutamente proibido! Como vice capitão da milícia, era de responsabilidade de Van’er dar prioridade na execução das ordens, conforme o regulamento.

Quando o companheiro ferido foi levado, a ordem foi finalmente restaurada na muralha. Esta onda de bestas demoníacas foi aparentemente grande, mas só algumas puderam ameaçar os membros da milícia na muralha.

Os caçadores mataram o restante das bestas demoníacas uma a uma. Vendo isso, Van’er poderia finalmente respirar aliviado. Apesar de toda a batalha ter durado só meia hora, ele se sentia exausto e sem forças.

No entanto, neste momento, a pessoa responsável por observar as bestas demoníacas gritou novamente:

— Meu Deus, o que é aquilo?!

Van’er também pôde ver as novas bestas.

Embora ainda estivessem a uma longa distância da muralha, seu contorno ainda era claramente visível. Esta besta era realmente um monstro! Van’er jurava que mesmo que dez bois fossem empilhados na frente deste monstro, eles ainda não poderiam ser comparados.

Apenas o experiente Machado de Ferro pode identificar imediatamente a besta recém-chegada.

Ele teve que respirar fundo para se acalmar. Sem dúvida alguma, esta era uma espécie híbrida. A milícia estava com problemas.


Deodoro
Tradutor nas horas vagas. Só joga no hard.
FONTE
Cores: