LAB – Capítulo 41 – 3Lobos

LAB – Capítulo 41

As primeiras bestas demoníacas aparecem

Como Brian tinha dito, assim que começasse a nevar em Vila Fronteiriça, a neve não iria parar de cair tão cedo.

Em uma única noite, a vila já estava coberta por uma camada branca. Durante a madrugada, a queda de neve havia diminuído um pouco. Apenas alguns flocos de neve caíam ocasionalmente, mas o céu ainda estava cinza. Roland pensou que a ideia de que o sol não iria aparecer por vários meses, ainda era inconcebível.

Mesmo que a magia seja algo normal neste mundo, isso ainda é ilógico — Roland pensou —, como as bestas demoníacas teriam alguma influência no céu ou vice e versa?

Infelizmente, ele não tem nenhum satélite meteorológico para verificar a situação do clima neste mundo.

Andando na estrada em direção à parte oeste da muralha da vila, Carter se sentiu na obrigação de dizer:

— A vila está deserta, e um monte de gente ainda foi atrás dos nobres que já saíram da vila!

— Isso é bom, pelo menos eles não vão nos atrapalhar. — Roland respondeu com aquela fumacinha que sai da boca característica da expiração em um clima frio — Inclusive já solicitei para Barov realizar um censo durante este inverno.

— O que é um censo?

— É uma estatística feita indo de porta em porta, contando o número de pessoas que ficaram para trás, pedindo seus nomes e que tipo de trabalho eles fazem. Daí nós registramos tudo isso e produzimos um censo. — Roland explicou — Como resultado, durante a guerra vamos saber quantos recursos humanos podemos utilizar, e depois da guerra, as pensões poderão ser implementadas com rapidez e eficiência.

— Hã … sério? — Carter piscou confusamente e depois riu — Vossa Alteza, você realmente não é o mesmo que antes.

— Hum?

— Antigamente você iria dizer alguma coisa e eu não entenderia. Daí você faria algumas coisas insondáveis ​​e misteriosas, mas mesmo depois de tudo isso, suas ações ainda não parecem ser as de um príncipe. Contudo … — Carter fez uma pausa e pareceu considerar suas próximas palavras —, sejam aqueles estranhos treinamentos ou as novidades da oficina de alquimia, os resultados foram surpreendentemente eficazes. Talvez seja isso que meu avô queria dizer quando disse ‘pessoas extraordinárias são extraordinários, porque eles sempre podem ver as possibilidades que as pessoas comuns não veem’. Tenho a sensação de que realmente existe uma possibilidade de Vossa Alteza se tornar Rei.

— … sim. — De repente Roland sentiu um calor em seu coração. Existe alguma sensação melhor do que quando outras pessoas reconhecem o seu trabalho duro? Por um curto período de tempo, Roland se sentiu cheio de força e sentiu que o céu cinzento não era tão deprimente como antes.

Assim que o Príncipe chegou na muralha, a milícia, que já tinha retirado toda a neve, curvou-se para prestar a saudação comum a um príncipe.

Roland pensou que eles também deveriam aprender a saudação. Ele, então, perguntou:

— Como estava a situação ontem à noite?

— Não tivemos sinais das bestas demoníacas, Vossa Alteza —  Machado de Ferro respondeu —, de acordo com experiências passadas, ainda temos um tempo relativamente estável após os primeiros dias de neve. Durante este tempo, o número de animais normais ainda será maior do que o número de bestas demoníacas, e se as bestas demoníacas aparecerem, elas serão das espécies mais fracas.

Roland balançou a cabeça.

— Você ainda precisa estar vigilante.

A parte posterior da muralha foi transformada em um quartel, por isso, se não houvesse perigo, a maioria das pessoas poderia ficar no acampamento para descansar e poupar energia. Roland implementou um sistema rotativo, sabendo das baixas temperaturas no inverno. Cada equipe só precisaria patrulhar por duas horas antes de ser substituída.

Todas estas medidas foram definidas por Roland. Ele havia pedido a Brian como era em Forte Cancioneiro, mas descobriu que eles não tinham um sistema rotativo contra as bestas demoníacas. Os novatos da milícia seriam responsáveis por observar os movimentos das bestas e ficar de vigia durante todo o dia. Então, consequentemente, eles iriam ficar tão cansados e desanimados que alguns desertariam e fugiriam da patrulha. Durante o inverno, vinte a trinta pessoas estavam enforcadas por abandonarem o seu dever ou violarem as ordens militares.

Se eles encontrassem vestígios de bestas demoníacas, o campo se tornaria uma bagunça, pois eles não iriam atribuir a ninguém mais a responsabilidade de defender o setor de sua responsabilidade. Pensando no nível da arte da guerra durante este tempo, Roland já tinha uma compreensão clara da situação. Eles dão uma atenção muito grande em valores como honra pessoal e bravura, e até mesmo enfatizam a pilhagem. Até mesmo os Cavaleiros seriam os primeiros a pilharem uma cidade, no entanto, eles não precisavam roubar muito.

Roland mais uma vez patrulhava ao longo da muralha e viu que tudo parecia estar indo bem, mas ele descobriu que havia ignorado um problema.

Os obstáculos.

Estes obstáculos ainda estavam muito visíveis e levariam as bestas demoníacas para a parte direita da muralha, mas se o que Brian disse era verdade e a neve caísse durante dois a três meses sem qualquer interrupção, poderia chegar ao ponto de que as bestas demoníacas não veriam qualquer obstrução e atacariam em toda a extensão da muralha. Sua milícia ainda era muito pequena e não dispunha de força para lutar em um grande campo de batalha.

Enviar soldados para limpar a neve era uma péssima ideia, porque algumas espécies como os lobos demoníacos eram extremamente ágeis, e a probabilidade de perder alguns soldados era alta.

Talvez ele teria que confiar no poder das bruxas.

Por exemplo, ele poderia deixar Rouxinol levar Anna para fora da vila e deixar ela derreter a neve com seu fogo. Em seguida, Rouxinol traria Anna sã e salva como fez com Nana da última vez.

Enquanto estava pensando nessas coisas, Roland ouviu o chamado de um observador à sua esquerda.

— Lá na frente!

Roland e Carter olharam para a posição que observador apontou. Lá, um grupo de pequenas sombras estava rastejando pela neve, movendo-se lentamente em direção à muralha.

O caçador que estava no controle desta seção de defesa virou-se para Roland e perguntou:

— Vossa Alteza, o senhor sabe se são … ou não …

— Lide com a situação conforme o treinamento e com base em seu julgamento, determine se você deve ou não dar o sinal. — Roland ordenou — Neste momento, você é mais experiente do que eu.

O soldado hesitou, mas acabou armando sua besta, enquanto se esgueirava na muralha para observar melhor.

Roland balançou a cabeça satisfeito. Neste momento enquanto o número de bestas demoníacas que estivessem atacando Vila Fronteiriça ainda fosse desconhecido, o mais importante seria manter a ordem na muralha. Afinal, eles poderiam rapidamente organizar sua defesa de acordo com os exercícios e os treinos que já fizeram antes.

Gradualmente, as sombras se aproximaram mais e mais da muralha. Quando estavam a 45 m da muralha, Roland finalmente foi capaz de distinguir sua aparência.

Provavelmente uma variante de raposas?

Sua pele estava um cinza escuro e seus olhos estavam vermelhos. Enquanto se aproximavam da muralha, pareciam ofegantes.

— Parece que elas não foram transformadas em bestas demoníacas há muito tempo. Então elas não são uma ameaça. — Machado de Ferro disse apontando com seu arco.

— Quer dizer que elas foram infectadas pelo Sopro do Inferno que foi expulso no Oeste?

— Isso não acontece só no Oeste — Carter veio e respondeu —, as portas do inferno podem abrir em qualquer lugar lá, não há um lugar seguro nas montanhas. No Norte, há um caminho especialmente largo, que sempre está sob o ataque das bestas demoníacas. Este caminho faz parecer que uma parte das Montanhas Instransponíveis foi cortada. Por mais de uma década, este caminho era o principal foco de ataque das bestas demoníacas.

Os monstros insanos só ficaram por um breve período na base da muralha antes de levantarem a cabeça e se preparam para saltar com um rosnado sombrio que todos na muralha ouviram. No entanto, Machado de Fero puxou com força a corda de seu arco e sua flecha afiada penetrou com precisão no pescoço de uma das bestas demoníacas, cravando-a firmemente no chão.

Roland observou que o sangue que escorria da besta era negro.

Parece que o efeito no corpo das bestas é o mesmo que ocorre nas bruxas, só que as bruxas ainda conseguem manter sua consciência e podem ser salvas após seu despertar, enquanto os animais sempre se tornam insanos e seu corpo sofre uma mutação? Se eu tiver a oportunidade, eu preciso ir e dar uma olhada na parte de trás da Montanha do Desespero. — Roland pensou.

Nas memórias do antigo príncipe, nenhum ser humano poderia pôr os pés naquele lugar, pois era lá que os Portões do Inferno se abrem. No entanto, porque ninguém nunca tinha visitado, a maioria do conhecimento que as pessoas tinham eram de livros antigos e Roland não tinha uma maneira de verificar os rumores, logo, ele tinha algumas dúvidas sobre os Portões do Inferno.


Deodoro
Tradutor nas horas vagas. Só joga no hard.
FONTE
Cores: