LAB – Capítulo 21 – 3Lobos

LAB – Capítulo 21

O que você realmente deseja

Quando Rouxinol terminou, o quarto ficou em silêncio novamente. Se ouvia apenas o barulho das chamas das velas estalando ocasionalmente.

Roland tinha um olhar sério em seu rosto, pois ele finalmente teve um entendimento geral das bruxas.

A maioria das bruxas tem seu despertar durante os Meses dos Demônios. Isso era, segundo a lenda, quando a porta do inferno se abria. De um modo geral, a idade adulta era a linha divisória para uma bruxa. Depois dos 18 anos, qualquer mulher que não tivesse despertado provavelmente nunca se tornaria uma bruxa, mas as mulheres que despertassem antes dos 18 tinham que suportar uma dor, uma dor que parecia devorar seus corpos, todos os anos no dia de seu despertar.

Essa dor inimaginável fez com que a voz de Rouxinol tremesse claramente quando chegou nessa parte da sua explicação. De acordo com sua experiência pessoal, parecia como algo que tentava sair de seu corpo. Em cada parte do corpo, músculos e tendões, uma dor insuportável surgia com sangue escorrendo da pele, e os olhos saltando para fora …

Se você conseguisse sobreviver a tudo isso, seu corpo precisaria de quatro a cinco dias para se recuperar, mas se você não conseguisse sobreviver, você não iria apenas morrer miseravelmente por conta dessa tortura desumana, mas também, sua morte daria um espetáculo terrível, que poucas pessoas conseguiriam suportar.

Rouxinol tinha testemunhado a morte de várias companheiras. Seus corpos perderiam a capacidade de manter-se firmes, e elas se transformavam em um amontado de carne. Sangue misturado com outros fluidos corporais e órgãos internos vazariam de cada orifício possível, e o ar ao redor do corpo se transformaria em uma névoa negra. Quando finalmente tudo o que for possível fosse expurgado, apenas uma camada de epiderme preta e queimada seria deixada no chão.

Esta era a razão pela qual as bruxas eram consideradas como o diabo encarnado.

Ao ver essa cena, as pessoas comuns ficariam, naturalmente, aterrorizadas, então quem se importaria com a verdadeira causa de sua morte? Além disso, a Igreja está pondo lenha na fogueira, alegando que as bruxas foram possuídas por espíritos malignos. Então, ao longo do tempo, as bruxas se tornaram a face do mal.

Independentemente de como os outros enxergassem isso, esse tipo de tortura era real. Bruxas viviam pouco por conta disso. A cada ano, mais e mais difícil seria suportar esse sofrimento, e não por acaso, tantas bruxas escolhiam acabar com suas próprias vidas.

Quando uma bruxa completa 18 anos e se transforma em um adulto, a dor devoradora advinda dos espíritos malignos era o ponto mais difícil de atravessar. Na verdade, a magia que as bruxas obtiveram antes desse ponto ainda não estava completa. Somente na idade adulta esse poder se tornaria estável. Após a estabilidade de sua magia, ocorre um aumento substancial em seu poder, e ainda existe uma possibilidade de desenvolver novos ramos de magia.

Infelizmente, o processo de estabilidade era bastante doloroso. A dor de sentir seu próprio corpo ser devorado superava e muito o limite que as pessoas comuns poderiam suportar, e muitas bruxas morreriam no dia em que completassem 18 anos.

Roland, depois de ouvir essa explicação ficou em silêncio por um longo tempo, ele apenas sussurrou:

— Nos livros antigos está registrado que as bruxas da Montanha Sagrada conseguem a paz eterna sem ter que sofrer a tortura do demônio, isso é verdade?

— Ninguém sabe disso, porque a Montanha Sagrada só apareceu em lendas. Mas se eu as levar para o acampamento da Associação Cooperativa das Bruxas, suas chances de sobrevivência serão maiores. Se as bruxas não precisarem se esconder, se pudermos viver livremente, então a dor devoradora dos espíritos malignos será muito mais fraca, em comparação com as anteriores.

Por um momento Roland ficou terrivelmente perturbado, seu plano não funcionaria sem a ajuda de Anna e Nana, e precisamente por causa de seu plano, elas correriam um risco enorme.

Ele realmente não poderia evitar. Por fim, ele disse fracamente:

— Anna está lá embaixo, eu vou pedir para ela vir. Se ela concordar, você pode leva-la. Quanto a Nana, só poderei vê-la amanhã.

— Obrigada pela sua compreensão. Eu realmente tive a impressão certa de você. — Rouxinol levantou-se para expressar sua gratidão.

Nesse momento, Anna ainda não tinha pego no sono, então, quando Roland foi buscá-la, ela estava sentada à mesa copiando algo. Ela pareceu surpresa ao ver Roland. Quando soube que precisava ir ao quarto do Príncipe, Anna não fez perguntas e obedientemente seguiu-o até o quarto.

Quando ela entrou no quarto para descobrir que havia uma pessoa lá, a jovem ficou deveras assustada. Roland pegou a mão dela e brevemente apresentou uma a outra, e os três sentaram-se em volta de uma mesa redonda. Rouxinol repetiu as palavras que tinha dito antes.

— … no campo, e há muitas pessoas como você, elas são suas companheiras.

— Isso deve resumir seu caso, senhorita Anna, embora você e eu assinamos um contrato de trabalho, no caso de uma situação potencialmente fatal, eu tenho que respeitar sua opinião. No caso de você concordar …

— Eu não vou.

Roland travou.

— O que você disse …?

— Eu disse que não vou. — Anna falou rapidamente para interromper a frase de Roland — Quero ficar aqui.

— Anna, eu não estou mentindo para você. — Rouxinol franziu a testa — Eu posso sentir a magia aumentando em seu corpo, está chegando perto da maturidade. Dois meses após o início dos Meses dos Demônios será o dia em que você se tornará uma adulta. Se você chegar ao acampamento antes disso, será muito mais seguro.

Anna não prestou nenhuma atenção ao que Rouxinol disse. Ao invés disso, ela virou a cabeça e olhou para Roland.

— Vossa Alteza, você se lembra quando me perguntou se eu gostaria de voltar para o colégio do Carl, com Nana e as outras crianças para aprendermos juntas?

Roland assentiu com a cabeça.

— Eu não respondi, mas depois você falou sobre … viver como uma pessoa normal, mas eu realmente não me importo com isso. — Anna falou com sua voz suave e natural — Eu só quero ficar ao seu lado, Vossa Alteza, e nada mais.

Roland pensava que ele já entendia a personalidade de Anna, mas agora percebeu que ele realmente não a entendia.

Olhando nos olhos dela, ele não podia ver nenhuma emoção. Não era dependência, muito menos adoração. Ele só conseguia enxergar … uma tranquilidade, do início ao fim.

Ele se lembrou da cena quando se conheceram pela primeira vez. Naquela época, ela também tinha sua expressão calma.

A diferença agora era que, nesse momento, seu rosto estava cheio de vida, como uma flor brotando. Ela ainda não temia a morte, mas agora não estava esperando sua execução como da última vez.

— Essa dor devoradora dos espíritos malignos não me vai me atacar — disse Anna com confiança —, pois eu vou vencer ela.

Rouxinol fechou os olhos e respirou fundo.

— Bem, isso é o suficiente, entendido!

— Você vai embora, assim? Sozinha? — Roland perguntou.

— Não, eu tenho uma boa vida aqui. — Ela puxou o capuz sobre a cabeça e se levantou — De qualquer forma, eu não pretendo sair da vila antes do fim dos Meses dos Demônios.

— Por quê? — Roland teve uma surpresa, ela também queria monitorá-los durante o inverno?

— Acho que as pessoas que não experimentaram o processo da idade adulta não conseguem entender como é perigoso. Eu mesmo estive à beira da morte de novo e de novo, também testemunhei a morte de minhas companheiras, e quando esse dia chegar, talvez eu possa ajudar Anna e Nana. Se … — Rouxinol deu de ombros —, se ela não conseguir cumprir o que acabou de dizer, bem, eu também tenho experiência em lidar com o funeral.

Ela foi até a porta, pegou sua própria adaga e então voltou-se para Roland, fazendo uma reverência.

— Sendo assim, eu me retiro. — E então seu corpo desapareceu gradualmente na escuridão, como névoa, não deixando o menor vestígio.

Essa é a habilidade da Rouxinol? — Roland parecia pensativo, pois não havia nenhum som ou traço dela. Era simplesmente uma assassina natural. E observando em primeira mão sua técnica de lançamento de adaga, ele concluiu que ela definitivamente tinha recebido treinamento. A Associação Cooperativa das Bruxas não só reunia bruxas, mas também desenvolvia sua própria força? Ou Rouxinol já dominava essas habilidades antes de entrar para a Associação?

Roland não conseguiu encontrar nada útil a partir das informações relevantes da Associação e as memórias do ex-Roland, mas ele teve a premonição de que iria, com toda certeza, conhecer esta Associação novamente, contanto que ele continuasse em seu caminho, que era o recrutamento de outras bruxas.

— Já está tarde, você deveria ir dormir — Roland deu um tapinha na cabeça da garota.

Roland ficou surpreso quando Anna tirou sua mão da cabeça e foi para o quarto sem dizer uma palavra sequer.

Quando a porta foi fechada e as velas foram apagadas, ela foi envolvida por sua sombra. Ela se inclinou suavemente contra a porta, e seus olhos azuis como um lago não estavam mais calmos.

Anna ergueu os braços para esconder seu rosto, e sussurrou com uma voz quase inaudível.

— … seu idiota.


Deodoro
Tradutor nas horas vagas. Só joga no hard.
FONTE
Cores: