LAB – Capítulo 159 – 3Lobos

LAB – Capítulo 159

A persuasão mais poderosa

Theo já tinha informado Roland sobre a situação com detalhes, antes de sua reunião com a nova bruxa. Ele não esperava que Tilly Wimbledon, a sua irmã perdida a tanto tempo, teria se tornado a líder de outra organização de bruxas. E o mais importante é que ela já havia recrutado mais da metade das bruxas do Reino de Castelo Cinza. E a coisa mais intolerável era que, agora, ela realmente queria expandir seu poder em seu território.

Rouxinol havia informado que esta bruxa era uma Extraordinária, e sua capacidade era provavelmente do tipo combatente.

Qualquer Extraordinária era digna de todo o cuidado, portanto, quando ele se reuniu com Cinzas no escritório, Roland pediu para Rouxinol estar no escritório, invisível. Ele também pediu para Anna estar nas proximidades, apenas por precaução. Na frente da mesa, havia várias Chamas-negras extremamente finas, parecendo uma parede, indetectável a olho nu. Se ela se atrevesse a correr até Roland, estas chamas a rasgariam em pedaços.

Quando uma bruxa Extraordinária não estava usando a Pedra da Retaliação Divina, ela não seria uma força dominante em uma guerra, mas ao usar a pedra, eles possuiriam um poder irrestrito, bastante destrutivo. Felizmente, a Pedra da Retaliação Divina era odiada pela grande maioria das bruxas. Cinzas provavelmente levou isso em conta, pois ela não estava utilizando esta pedra quando veio para Vila Fronteiriça recrutar as bruxas.

— Suas bruxas?! Não seja tão arrogante! — Cinzas disse friamente —Elas são pessoas, não seus pertencentes pessoais!

Roland sentiu subitamente sufocado por suas palavras. Esta foi a primeira vez que ele sentiu sua eloquência fracassar vergonhosamente desde que ele tinha transmigrado. Ele estava acostumado a dizer palavras como “meus súditos” e “meu povo”, no entanto, ele agora estava sendo criticado de forma imprevisível por seu discurso democrático. Ele se sentiu extremamente envergonhado. Embora na prática desta época não houvesse nada de errado com palavras como “lorde” ou “território”, não era sábio enfatizar este ponto na frente de Rouxinol e Anna. Parecia que estas palavras trouxeram o tipo errado de emoção.

Dessa forma, ele tossiu duas vezes, agindo tão naturalmente quanto pôde, e então disse:

— Eu nunca pensei dessa forma. Permanecer na vila é única e exclusivamente a vontade delas, e eu acredito que este é o melhor lugar para as bruxas. Quanto aos Fiordes, o clima lá é imprevisível, assolado por tempestades e tsunamis todo o ano. Além disso, os Fiordes são muito perigosos, por isso não é realmente um lugar adequado para viver.

— Mas pelo menos o poder da Igreja é mínimo lá. As bruxas são capazes de construir suas próprias casas, e usando seu poder, elas podem resistir aos desastres naturais. Não há nenhuma maneira de resistir à Igreja se o exército dela estiver usando uma Pedra da Retaliação Divina, tão pouco resistir ao Exército da Punição Divina. — Cinzas disse sem misericórdia — Você sabe o quão idiota foi a sua atitude? Sendo bem honesta, essa notícia que você espalhou só irá atrair a atenção da Igreja. Eu acho que você não tem a mínima chance de ganhar contra alguém do Exército da Punição Divina. Você deve deixar as bruxas e deixar o seu território, para evitar a tragédia que inevitavelmente vai acontecer.

Roland já tinha conhecimento, por meio de Wendy, do que era esse Exército da Punição Divina. Ele sabia que persuadir Cinzas com poder seria muito mais eficiente do que qualquer palavra. Claro, ele poderia optar por ignorar completamente Cinzas. Se ele fizesse isso, isso significaria desistir completamente das bruxas sob o domínio de Tilly Wimbledon. Embora Roland tivesse pouca esperança, ele ainda queria tentar.

— Com quantos membros do Exército da Punição Divina você pode lutar ao mesmo tempo? — Roland perguntou.

Cinzas olhou intrigada, mas finalmente estendeu três dedos.

— Se tiver três deles, acredito que consigo lutar.

— Então vamos ter um duelo. — Roland endireitou-se e disse bem sério — Deixe que os resultados digam a você se eu poderei ou não lutar contra o Exército da Punição Divina.

— O que, o que você está sugerindo? — Cinzas perguntou. Ela ficou chocada momentaneamente, mas depois seu rosto frio finalmente deu lugar a uma expressão diferente.

— Um duelo justo, um contra um. — Roland disse — Se eu puder vencer você, então acredito que eu consiga provar que tenho a capacidade para resistir à Igreja, não é?

O rosto de Cinzas parecia demonstrar que Roland estivesse enlouquecido. Ela perguntou:

— Só você e eu? Ou você irá colocar as bruxas para lutar?

— Não, claro que não serei eu. Muito menos as bruxas. O Exército da Punição Divina claramente utiliza Pedras da Retaliação Divina. — Roland disse sorrindo — Seu oponente será um Cavaleiro comum.

Apesar de ser lamentável o fato de que Roland não pudesse lutar pessoalmente nesta batalha, ele sabia que a adversária era um Extraordinária, com um poder absurdo. A partir da descrição obtida de Wendy, ele sabia que esta Extraordinária tinha matado todos os seus inimigos no mosteiro e escapou da perseguição do Exército da Punição Divina. Mesmo que ela tivesse apenas uma espada de madeira ou mesmo de mãos nuas, ela iria desencadear sua letalidade por completo. Além disso, o efeito real da pistola ainda precisava ser desenvolvido. Por razões de segurança, ele decidiu que iria dar esta tarefa gloriosa para Carter. Se Roland estivesse com uma AK47, ele mesmo iria lutar contra ela.

— Um Cavaleiro comum… — Cinzas disse e, em seguida, ela voltou à sua expressão séria e fria de antes — Se eu ganhar, você vai deixar as bruxas irem comigo?

— Claro que não. Assim como se você perder, você nunca iria forçar Tilly a trazer suas bruxas para Vila Fronteiriça, certo?

— Então, qual é o propósito deste duelo? —Cinzas perguntou.

— Não é uma batalha, mas um teste. — Roland respondeu — O objetivo é mostrar que eu não irei perder quando enfrentar a Igreja. E se você perder este duelo, naturalmente, se você não puder mais ficar nos Fiordes quando voltar para lá, você irá se lembrar que existe uma pequena vila na fronteira oeste, onde as bruxas podem viver confortavelmente. Claro, se você ganhar, você conseguirá ser mais convincente quando for persuadir Wendy e as outras.

— Eu não vou perder. — Cinzas disse —Diga ao seu Cavaleiro para vir agora mesmo.

—Agora não. — Roland acenou com a mão com desdém — Em uma semana, eu vou terminar a preparação para o duelo. Durante esta semana, você pode viver no castelo e experimentar a vida nesta pequena vila com as demais bruxas. Talvez você mude seu ponto de vista.

Cinzas olhou para o Príncipe por um tempo, depois assentiu.

— Talvez nem precise de sete dias para as bruxas mudarem seus pontos de vista e irem embora de Vila Fronteiriça comigo.

Roland deu de ombros.

Quando ela se virou e estava indo em direção à porta, Roland de repente parou e perguntou:

— Espere… Nós já não nos conhecemos de algum lugar?

Embora ele nunca tivesse visto seu rosto antes, Roland sentiu uma certa familiaridade ao olhar para as costas dela. Ele ligeiramente lembrou em sua memória, esta sensação de familiaridade parecia vir da Cidade Real de Castelo Cinza

— Os guardas não disseram nada a você? — Cinzas nem olhou para trás — Lá no palácio, se Tilly não tivesse me parado, acredito que hoje, você só teria apenas uma mão.

Depois que a porta do escritório foi fechada, Rouxinol apareceu falando rápido.

— O senhor já quis agarrar a bunda dela também?

— O que? — Roland ficou atônito — Eu não me lembro dela no palácio. E o que você quis dizer com ‘também’?

Rouxinol fez uma careta.

Ah é, acredito que ela esteja falando da Tyre. Para o inferno com ela! — Roland pensou — Mesmo que eu tenha pego na bunda da empregada, se eu responder esta pergunta, acredito que eu vou mostrar uma certa falha de caráter. Além disso, não tem nada de errado, pois muita gente faz isso também! Rouxinol deveria estar agradecida por eu nunca me importar com seu hábito de espionar os outros.

— Coff, coff. — Anna interrompeu a conversa — O senhor tem certeza que o Cavaleiro vai derrotar a Extraordinária? Se ele falhar, isso pode afetar a confiança das outras bruxas no senhor.

Felizmente, Anna parecia calma, então Roland ficou aliviado.

— Uma bruxa com uma habilidade de autofortalecimento não é afetada pela Pedra da Retaliação Divina, mas ela ainda pode lutar com muita força e ferocidade. Se formos comparar com o disparo rápido da pistola, ela tem uma clara desvantagem. Acredito que temos uma chance de setenta por cento de ganhar.

Contudo, ele teria que completar o desenvolvimento de munição dentro de uma semana.


JZanin
Professor de Química, mestre e jogador de RPG sem tempo.
FONTE
Cores: