LAB – Capítulo 156 – 3Lobos

LAB – Capítulo 156

Enigmas

Theo subiu uma pequena colina. A partir dali ele já podia ver vagamente o contorno do castelo do Lorde de Vila Fronteiriça.

Finalmente, ele tinha voltado. Já fazia quase um mês e meio que ele tinha recebido essa missão, enquanto ele levou apenas sete dias para voltar. A maior parte do tempo foi gasto indo da Cidade da Prata para Cidade Escarlate. Mesmo se Cinzas[1] não se importasse, Theo ainda escolheu as estradas mais isoladas, para reduzir a possibilidade de ser encontrado pela Igreja.

Cinzas liderou o caminho, mas Theo não podia ter certeza se o nome dela era real ou não. Ela sempre se vestia com uma túnica preta, com uma grande espada enrolada em um pano nas costas. Seus longos cabelos pretos estavam amarrados em um simples rabo de cavalo, balançando em sua cintura. Seja cavalgando ou velejando, ela prestava pouca atenção a ele, andando sozinha na frente, olhando para a paisagem ao seu redor. Parecia que esta viagem à Vila Fronteiriça era apenas um passeio turístico relaxante.

Às vezes, Theo duvidava de seu próprio julgamento. Ela era realmente um soldado? O manto iria interferir em seus movimentos e o cabelo comprido era outra desvantagem. Além disso, parecia que Cinzas não tinha medo de ser atacada por trás, pois durante todo esse tempo, ela estava sempre de costas para Theo. Ele não achava que a bruxa confiava facilmente nas pessoas. Ele só podia supor que ela tinha capacidade de autoproteção suficiente a tal ponto, que mesmo uma Pedra da Retaliação Divina não seria uma ameaça para ela.

Theo procurou ao redor das colinas e rapidamente encontrou o seu alvo, um mastro com uma bandeira vermelha nele. Ele cavou na lama e tirou um pano, substituindo a bandeira vermelha no mastro com um pano azul. Então ele juntou as mãos e sentou-se no chão.

— Então é isso? — Cinzas perguntou.

— Vá para o sopé da colina, no nordeste da vila, siga a estrada de pedra e encontre o mastro no topo da colina. Em seguida, substitua a bandeira por uma bandeira azul, e as nossas pessoas vão notar. Isso é o que eles disseram para eu fazer. — Theo limpou o suor na testa — A Associação Cooperativa das Bruxas só vai agir à noite, vamos apenas esperar aqui.

Cinzas concordou, e sentou-se em um local limpo, perguntando se ele tinha alguma comida.

— Hã… espere um pouco. — Theo desatou sua mochila e tirou um pedaço de carne. Ele comeu metade, e depois deu a outra metade para Cinzas.

Quando Theo viu a bruxa mastigar a carne seca lentamente, ele suspirou. Exceto por sua grande espada, ela não tinha sequer uma peça de bronze. Estando sem nenhum vintém, ela ainda se atreveu a ir direto para Vila Fronteiriça. Ao longo do caminho, tanto o alojamento quanto as refeições foram todos pagos por Theo. Ela sempre tinha que ter um quarto próprio para ela, bem como ter sua própria refeição. Além disso, ela não estava acostumada com carne seca, que era a comida mais utilizada por viajantes, devido ao seu tempo de conservação.

Talvez, Cinzas fosse uma pessoa bastante cautelosa, exceto quando ela estava fora da área urbana. No entanto, não seria uma abordagem mais cautelosa, fazer a sua própria comida?

— O lugar para onde vamos é o posto deste estreito. — Cinzas engoliu a carne, e de repente falou — Eu não sei se você já ouviu os rumores sobre os Fiordes. Existem inúmeras ilhas, algumas das quais são muito rústicas. Tivemos que construir um lar adequado para uma bruxa.

Theo ficou surpreso, pois não importava o quanto ele perguntasse, a bruxa nunca tinha dito qualquer coisa antes. Por que ela tinha tomado a iniciativa de tocar neste assunto agora?

— Você está se perguntando por que eu não revelei nada a você antes, não é? — Cinzas explicou— Porque se você fosse um mentiroso, você poderia enviar uma mensagem secreta para a Igreja enquanto eu estava dormindo durante a noite. Então, aquelas meninas teriam sido provavelmente atacadas no meio do caminho, mas agora eles devem estar no navio mercante rumo aos Fiorde. A Igreja não é mais capaz de detê-las. Eu vim aqui para levar as bruxas indefesas da Associação Cooperativa das Bruxas comigo. Mais cedo ou mais tarde, elas vão saber a notícia, por isso não há mais sentido em esconder isso de você.

— Mesmo que eu te trouxe aqui, você não pode descartar a possibilidade de que eu seja um mentiroso.

— Sim, isso é verdade. — Cinzas apenas disse — E se as pessoas que vierem aqui não forem bruxas, você morrerá aqui, com seus cúmplices.

— Ok. — Theo disse — Eu posso fazer outra pergunta?

Cinzas pensou um pouco e disse:

— Se eu puder, eu vou responder.

— Você é do Reino de Castelo Cinza? Eu nunca vi esses olhos antes. — Theo decidiu começar com a sua origem, para este tópico não foi sensível, e isso diminuiria suas suspeitas.

— Eu nasci no Reino de Inverno Eterno, mas isso não tem nada a ver com a cor dos meus olhos. Meus olhos têm sido assim desde que me tornei uma bruxa.

— Reino de Inverno Eterno? É tão longe do Reino de Castelo Cinza. No caminho ainda há outros Reinos, então, como você veio para Cidade da Prata?

— Eu fui vendida para a Igreja, e depois… — Ela fez uma pausa — Eu vaguei do mosteiro da Cidade Sagrada para o Reino de Castelo Cinza até… Bem, eu parei de ser uma eremita depois que a conheci.

— Quem é ela? — Theo estava curioso.

— Tilly Wimbledon. — Cinzas disse com seus olhos demonstrando um certo carinho — Ela me acolheu.

Theo ficou subitamente assustado quando ouviu este nome. A princípio ele pensou que fosse uma outra Tilly, mas ao ouvir o sobrenome Wimbledon, as coisas mudavam de significado. A pessoa que estava conduzindo as bruxas para os Fiordes era a irmã de Roland Wimbledon, Princesa Tilly? Theo perguntou gaguejando.

— Então ela é a sua líder?

— Líder? Bem, você pode compreender desse jeito. — Cinzas assentiu — Mas, para mim, ela é a pessoa mais importante… E ninguém poderá substituí-la.

Ao cair da noite, os dois acenderam uma fogueira na encosta.

Cinzas pegou a espada, e tirou o pano lentamente. A lâmina desta arma terrível estava perto de sua cintura. Ela estava coberta riscos, provavelmente herança de muitas batalhas travadas. A lâmina cinza-escuro não tinha vantagem alguma, e estava claro que ele matava as pessoas só com o seu peso. Era difícil para as pessoas comuns levantarem uma arma como esta, mas em suas mãos, era tão leve quanto uma espada de uma só mão.

Quantas oficinas de ferreiro foram roubadas a fim de conseguir os materiais suficientes para construir esta espada? — Theo pensou — E se as bruxas de Sua Alteza não aparecerem, eu posso me tornar mais uma vítima dessa espada.

— Ouvi dizer que o Lorde de Vila Fronteiriça também é chamado… Wimbledon. — Ele decidiu encontrar algo para dizer, caso contrário, o silêncio seria particularmente difícil.

— Roland Wimbledon, o Príncipe Roland do Reino de Castelo Cinza. — Cinzas disse calmamente — Eu já o conheço.

— O que? — Theo ficou surpreso.

— Quando Tilly me resgatou, eu servi como sua guarda-costas no palácio, então eu tive a oportunidade de conhecer seus irmãos e irmã. — Cinzas parecia conhecer o Príncipe Roland muito bem — Incompetente, arrogante, um homem sem conhecimentos ou habilidades. É difícil de acreditar que ele é irmão de Tilly, mas em alguns aspectos, ele é bastante ousado.

Seu tom ficou mais sério e frio.

Theo estremeceu. Ele tinha ouvido um monte de rumores sobre Sua Alteza quando serviu no palácio, o seu comportamento boêmio, e o incessante flerte com as empregadas. Apesar de nunca ter abusado de seu poder, era inevitável tirar vantagem dos outros. Será que Sua Alteza…

Naquele momento, Cinzas de repente se levantou e olhou na direção da estrada.

— As pessoas estão vindo.

Theo seguiu onde ela estava olhando, e sombras de pessoas começaram a aparecer gradualmente durante a noite. A bruxa liderando o caminho era a guarda pessoal de Sua Alteza, Rouxinol.


 

 

[1] Esse é o nome da bruxa, Cinzas. Como vocês bem se lembram, os nomes das bruxas aqui são bem simples e lembram pássaros (Rouxinol), plantas (Ramos) ou outros nomes bem simples (Pergaminho). Todos estes nomes tem um significado. Lembrem-se que o nome de Rouxinol, na verdade, é Verônica.

JZanin
Professor de Química, mestre e jogador de RPG sem tempo.
FONTE
Cores: