LAB – Capítulo 124 – 3Lobos

LAB – Capítulo 124

Retorno à Vila Fronteiriça

Quando Tylo saiu, Rouxinol saiu de seu mundo de névoa e disse:

— Provavelmente, hoje foi o dia em que você mais contou mentiras.

— O que eu posso fazer quando a pessoa é o Sumo Sacerdote da Igreja? — Roland disse com impaciência — De qualquer forma, você pode me dizer se ele realmente estava mentindo?

— Não, em volta dele eu só via treva, pois a Pedra da Retaliação Divina que ele estava usando bloqueia a minha visão.

Infelizmente, eu não podia tratar o Sumo Sacerdote como um nobre. — Roland pensou com arrependimento.

Ele, então, colocou as duas pílulas sobre a mesa.

— Você acha que essas pílulas são tão surpreendentes como ele disse? — Rouxinol perguntou.

Para aliviar a dor, a morfina seria o melhor medicamento. Mas, para tornar os soldados mais poderosos, talvez seria o efeito de um hormônio como a adrenalina. O problema era como extrair essas duas substâncias para fazer pílulas? Se a igreja possuísse essa tecnologia, eles deveriam ter conquistado o mundo. Espere… — Roland de repente pensou em uma possibilidade —Talvez tenha algo a ver com o poder mágico?

— Você pode ver o fluxo do poder mágico? — Roland olhou para Rouxinol e perguntou — Existe poder mágico nestas duas pílulas?

Rouxinol observou com cuidado.

— Não consigo ver o poder mágico, mas é um pouco semelhante à Pedra da Retaliação Divina.

— Semelhante? Em que sentido? — Roland ficou atordoado.

— Bem, você viu o mundo através da Névoa — Rouxinol assentiu —, e lá, é apenas preto e branco, mas a escuridão é diferente da escuridão formada pela Pedra da Retaliação Divina. A escuridão dessa pedra é como um vazio que devora o mundo em sua volta. Não sei como descrever esse sentimento…  — Rouxinol hesitou — Acredito que é como se não houvesse nada dentro, como uma escuridão dentro de um buraco.

— Nada?

— Sim, é como um nada. — Ela assentiu — As duas pílulas também têm algo como o nada, mas é bastante sutil, e… também não são um buraco redondo, mas sim seções de filamentos pretos.

— Esse nada afeta sua habilidade?

Rouxinol pegou as pílulas, entrou na Névoa, mas logo se retirou.

— Parece não ter efeito.

— Então teremos que encontrar um prisioneiro condenado para testar estas duas pílulas e ver o que acontece. — Roland cuidadosamente pegou as pílulas e segurou-as em suas mãos.

— Eu não esperava que a Igreja estivesse tão otimista com o senhor. — Rouxinol sentou-se junto ao Príncipe e disse meio deprimida.

— Se o Sumo Sacerdote não estivesse usando a Pedra da Retaliação Divina, eu aposto que nove de cada dez palavras dele eram mentiras. — Roland deu um sorriso de canto de lábio — O mais importante é o que eles fazem. O que eles pedem é totalmente diferente.

— Por quê?

— Pense no que eles querem: mais igrejas, mais crentes, um príncipe ou rei que é apoiado pela Igreja e divulgando a propaganda dos direitos divinos dos reis. Um país estável é mais propício ao desenvolvimento dos crentes e ao desenvolvimento do poder. De outra forma, com uma guerra longa, a Igreja e o claustro se tornariam alvo de assaltos de refugiados e aristocratas.

— Mas, eles não querem que você traga uma vida estável às pessoas?

— Não é este o caso. — Roland balançou a cabeça — A estabilidade vem da unidade ou do equilíbrio, mesmo que o rei coma e beba todos os dias, as pessoas no país unificado vivem mais felizes do que os refugiados de guerra. Portanto, não é surpreendente que eles apoiem o 2º Príncipe, e não é surpreendente que eles apoiem a princesa Garcia. Mas é muito estranho a Igreja vir e me apoiar, especialmente quando Garcia saiu vitoriosa da última batalha. Agora, se a Igreja apoiar plenamente Garcia, receio que a Cidade Real de Castelo Cinza e o Leste do Reino seriam engolidos por ela em menos de seis meses.

Se setenta por cento da terra do Reino de Castelo Cinza pertencer à Rainha de Água Clara — Roland pensou —, a pressão sobre mim também seria grandemente aumentada. Se não ajudarmos os mais fortes, mas escolhermos o mais fraco, parece que essa decisão será a mais benéfica para nós. Pode-se supor que aceitamos seu apoio, e então a situação de Castelo Cinza se tornará mais caótica. Os impactos diretos nos três países serão o declínio acentuado da população, a rápida perda de riqueza, as guerras se espalhando por todo o país e a data da unificação sendo postergada.

— Quais os benefícios que a Igreja pode ganhar com isso? Eles não teriam mais crentes. Pior ainda, receio que todas as igrejas seriam demolidas.

— Eu não entendo como funciona a mente de vocês, nobres. Vocês nunca vão direto ao ponto, sempre gostam de fazer rodeios. — Rouxinol suspirou.

— Sim. — Roland respondeu com um sorriso — Exceto eu.

—… — A bruxa estreitou os olhos e olhou para o príncipe por um longo tempo — Estranho. Por que essa frase também parece ser verdadeira?

Três dias depois, Roland finalmente acabou o inventário e esvaziou o castelo e a biblioteca de Forte Cancioneiro, levando tudo consigo a bordo de Vilazinha com alegria no caminho de volta para casa.

Ao aproximar-se de Vila Fronteiriça ao longo do Rio Vermelho, a paisagem em ambos os lados do rio havia mudado. No espaço aberto da vila em frente aonde Anna já tinha limpado, muitas pessoas estavam ocupadas trabalhando. A julgar pela aparência, eles eram os servos que chegaram primeiro na vila. Já próximo à Cordilheira Intransponível, havia muitos galpões simples de madeira que tinham sido erguidos. Alguém estava se movendo no abrigo de madeira, e Roland imaginou que era um membro da família dos servos.

Essas pessoas estavam conectadas à terra de geração em geração, e seus filhos nasceram para serem servos. A maioria das pessoas estava vivendo uma vida entorpecida porque não conseguiam ver esperança no futuro. O que os levava a trabalhar não eram seus desejos, mas o chicote e os cabos que eram postos em suas mãos, como escravos. A baixa eficiência de produção era um grande desperdício de recursos humanos.

Não havia dúvida de que a escravidão era o inimigo da produção industrial e pertencia ao sistema que precisava ser abolido. Roland não pretendia que todos se tornassem pessoas livres facilmente, mas sim, fornecer oportunidades para que eles pudessem ver a esperança de serem promovidos para pessoas livres. Havia algumas exceções, como escravos alforriados da escravidão por causa da bondade de seus respectivos lordes. Mesmo que a disseminação dessa abordagem não tivesse tido muito impacto, outros aristocratas sentiam que estas pessoas eram apenas, no máximo, boas pessoas.

Quando o momento for oportuno, ele implementaria plenamente a abolição da lei da escravidão. A resistência, então, seria muito menor.

O cais estava cheio de veleiros e ficou claro que esse pequeno cais seria incapaz de suportar uma grande quantidade de navios. Felizmente, o casco de Vilazinha não era profundo, de modo que poderia encaixar diretamente sem um cais.

Parece que a expansão do cais também precisava ser posta no cronograma. — Roland pensou.

Quando eles voltaram para o castelo, ele não conseguiu descansar. No momento em que Roland voltou para o escritório, ele chamou Barov, informando sobre a situação para receber os bens da pilhagem.

O Ministro Assistente também estava pronto. Ele tirou um pedaço de pergaminho do bolso, espalhando-o na grande mesa de madeira.

— Vossa Alteza, as coisas que você trouxe de volta para o castelo estes dias realmente me assustaram. — Embora Barov tenha dito isso, seu rosto cheio rugas traiu seus sentimentos — Foram necessários doze aprendizes e uma noite inteira para contar todas as moedas, e o total é mais de quatorze mil peças de ouro! Vossa Alteza, é equivalente a uma renda de um ano em uma vila comum!

Roland pensou que poderia demorar mais de vinte anos para um duque economizar tantas peças de ouro. E essas peças de ouro eram resultados de buscas, pilhagem e da exploração opressora das pessoas na região Oeste. Ele queria transformá-los em alimentos, aço e máquinas o mais rápido possível.

— E quanto às pedras preciosas, joias e artesanato?

— Não houve tempo suficiente para converter tudo, mas a estimativa conservadora é também de cerca de dez mil peças de ouro. Se estes bens forem enviados para leilão na Cidade Real de Castelo Cinza, o preço será maior. Agora eles estão armazenados no porão de seu castelo. — Barov parou um segundo — Mas não há espaço suficiente para armazenamento de alimentos, então sugiro que você expanda o castelo e construa mais armazéns para guardar outros materiais.


JZanin
Professor de Química, mestre e jogador de RPG sem tempo.
FONTE
Cores: