DNG – Capítulo 94 – 3Lobos

DNG – Capítulo 94

A Desamparada Terra

*Plosh*

*Plosh*

*Plosh*

Eles não faziam ideia de quanto tempo passaram caindo pelo abismo escuro antes de mergulharem em um lago de água gelada, o que certamente mataria uma pessoa normal no mesmo instante. Espers, porém, tinham sua energia os protegendo, e a queda na água não causaria tanto dano neles. Quando os três finalmente botaram as cabeças para fora da água, a primeira coisa que fizeram foi perguntar uns aos outros se estavam bem.

— Vocês estão bem?

— Eu estou bem. Lan Feng?

— Eu estou aqui, vocês estão bem?

Aquilo deixou o coração de Han mais alegre, pois pelo menos Lance e Lan Feng não eram aqueles tipos de soldados egocêntricos. Agora, sob esta situação, eles precisavam confiar uns nos outros, a fim de conseguir sair da A19 inteiros.

*Shua*

Um braço fantasmagórico esbranquiçado veio do fundo do lago e emergiu carregando algo. Parecia que esse era o poder de Lan Feng, ele poderia convocar um braço do nada para salvar seus óculos!

Han viu Lan Feng usando seu braço fantasma para pegar seus óculos e ficou surpreso.

— Você é um esper da descendência fantasia?

Lan Feng explicou como se não fosse grande coisa:

— Sim, o meu poder é chamado Garra Espectral, e tem uma força de combate razoável. Caso contrário, os meus pais não teriam me forçado a me tornar um soldado.

Han sabía que Lan Fen estava sendo modesto. Espers da descendência fantasia eram divididos em duas categorias. Um deles era a virtual, e a outra era a real. A fantasia virtual era como um filme, podia ser vista, mas não sentida, e o poder de Lan Feng era claramente o tipo de fantasia real, de nível mais alto. O braço fantasma que ele invocou parecia uma ilusão, mas podia ser usado para estrangular o inimigo facilmente.

Ao lado, Lance interrompeu:

— Parece que demos sorte. As bestas sombrias não nos seguiram pulando do abismo. Eu estava achando que eles viriam desesperadamente atrás da gente.

O rosto de Han ficou sério. Ele negou com a cabeça e disse em uma voz pesarosa:

— Eu não acho que isso tenha sido sorte… Talvez essas bestas sombrias saibam o quão assustador é esse lugar, então elas não ousaram pular.

— Não pode ser isso, ou pode? Haveria algo que mesmo as bestas sombrias temem? — Lance sentiu que as palavras de Han eram um pouco aterrorizantes, então ele agiu com um pouco de descrença.

— Shhh, parece haver uma luz vindo para cá. — Han de repente olhou para um local específico e disse para Lance e Lan Feng.

Eles viram apenas um pequeno ponto de luz, fraco como um vaga-lume, aproximando-se lentamente deles.

— É apenas algo pequeno, provavelmente uma mosca. — Lan Feng tocou seu anel de armazenamento dimensional, tirou um bastão de luz, o dobrou suavemente até ouvir um estalo, e o arremessou em direção à pequena fonte de luz.

*Shua*

O bastão de luz se ativou, a luz gradualmente se fortaleceu, e pouco depois tanto o lago quanto o restante daquele outro mundo subterrâneo estavam iluminados.

Quando Han e os outros dois deram uma olhada naquele “vaga-lume”, eles sentiram um nó no estômago…

Vaga-lume? Que nada! Era um enorme peixe com uma pequena protuberância de gordura na cabeça. Com exceção daquela gordura que emitia um pouco de luz, o resto de seu corpo era preto absoluto. Seus dentes cresciam aleatoriamente para fora de sua boca, e cada um deles tinha pelo menos meio metro de comprimento e era mais afiado do que uma espada.

— Puta merda, é um peixe-monstro! — Lan Feng se encolheu e disse.

Os olhos de Han escanearam os arredores friamente, e depois ele disse com uma voz séria:

— Na verdade, não, não é apenas um, mas um cardume.

Dentro do lago gelado e escuro, inúmeros pontos de luz estavam se aproximando, como estrelas no céu.

Sistema da Estrela Milagrosa, Planeta 4.

A exploração de relíquias era uma das atividades rotineiras de cada Torneio Galático, mas mais importante que aquilo era a reunião da cúpula executiva da Aliança Via Láctea, que estava sendo presenciada pelos representantes das 13 mil nações humanas na galáxia.

A cúpula executiva também durava 30 dias. Depois que os soldados retornassem da exploração, a reunião também acabaria. Ao final, uma grande festa seria realizada para celebrar tanto o retorno vitorioso dos soldados quanto a reunião proveitosa dos políticos.

Depois disso haveria a fase geral de contagem e distribuição de pontos. Os soldados que retornassem com êxito da Zona de Extinção seriam recompensados ​​de acordo com sua contribuição, e os tesouros que entregaram à Aliança seriam distribuídos entre as nações mais poderosas.

Embora aquele fosse um dos maiores eventos da Via Láctea, naquele ano um clima de amargura pairava no ar devido à tragédia acontecendo dentro da A19.

Atualmente, o número de sobreviventes havia caído abaixo de mil. Era uma taxa de fatalidade de mais de 99%, e era sem dúvida um desastre que afetaria toda a Via Láctea.

Porém, políticos eram existências extremamente insensíveis. Diante da mídia eles agiam como se estivessem sofrendo tremendamente pela perda de tantos jovens talentos, e aqueles que eram bons em atuar até ficavam com o rosto cheio de lágrimas. Porém, no momento em que as câmeras não estivessem sobre eles, seus próprios interesses voltariam a ditar seu comportamento. Para eles, novos jovens poderiam ser treinados, mas os benefícios financeiros eram os verdadeiros motivos pelos quais eles deveriam lutar.

Conspirações, operações secretas, e também os políticos mais astutos da galáxia estavam todos presentes no Torneio Galático. Pode-se imaginar o quão sombria essa reunião era. Os políticos iriam mover seus lábios algumas poucas vezes e podiam decidir sobre a vida e a morte de bilhões de civis. Tecnologia, armas, pessoas, território, nenhum deles era inegociável aos olhos de um político, e não havia nada que pudesse impedi-los de fechar tais negociações em benefício próprio e de sua nação.

Os jovens soldados dentro da Zona de Extinção A19 ainda estavam sofrendo, mas a reunião da cúpula no Torneio Galático estava em andamento de acordo com o cronograma estabelecido. Todos os dias, nessa conferência luxuosa e gigantesca, trocas dos mais diversos tipos estavam sendo realizadas.

A Terra, como uma das nações mais fracas da Via Láctea, não tinha o direito de votar, nem tinha direito a qualquer parte dos produtos oriundos da relíquia. Tudo o que eles faziam era enviar um representante para ficar lá sentado assistindo.

O primeiro-ministro da Terra, Pan Yulin, estava especialmente tenso hoje. Ele estava sentado em uma das laterais e de vez em quando ele limpava o suor da testa com um lenço. O secretário Rhodes, que o acompanhava, estava com os punhos fechados com força desde o início da reunião, e suas mãos já estavam formigando há eras.

Naquele dia ocorreria a decisão que ditaria o destino da Terra. O Império Sally propôs colonizar a Terra, e se nenhum acidente acontecesse hoje, a Aliança Via Láctea discutiria o assunto e votaria sobre esta questão.

— Primeiro-Ministro, se acalme, nós visitamos mais de 300 delegações, e mesmo se apenas 30% delas nos apoiarem, ainda teremos cerca de 100 votos, e a Aliança vai considerar nosso pedido. — O secretário Rhodes sussurrou no ouvido de Pan Yulin.

Pan Yulin suspirou e respondeu:

— Eu não estou nem sonhando em conseguir 30%, se chegarmos perto dos 20% eu já serei extremamente grato.

Rhodes rapidamente buscou outro ponto de vista:

— Primeiro-ministro, não se preocupe, a razão não está do lado do Império Sally. Eles querem simplesmente atribuir o controle de uma nação inteira para outra nação, tornado ela uma colônia. Só que a Terra não fez nada de errado, então como eles poderiam ser tão irracionais?

Pan Yulin assentiu com a cabeça levemente, mas não disse nada. A esperança dele estava toda depositada no bom senso, pois afinal a Aliança não agiria de forma irracional, certo?

A Terra sempre tinha vivido uma vida pacífica quando esteve por conta própria. Embora pobre, não pediu quaisquer subsídios à Aliança. Se um país tranquilo e cauteloso fosse ser colonizado daquela forma, então realmente não havia justiça no universo.

Desde que chegou ali, Pan Yulin e sua equipe tinham corrido dia e noite, visitando todos os políticos com quem eles podiam conversar. Eles tinham sido tratados com cortesia por alguns, mas outros os expulsaram imediatamente. Pelo bem da Terra, Pan Yulin e a equipe diplomática não pararam para se queixar, e mesmo quando outros políticos os xingavam, o primeiro-ministro ainda manteve um sorriso em seu rosto.

Para que as pessoas na Terra pudessem continuar vivendo livremente, Pan Yulin estava disposto a suportar tudo aquilo. E hoje era o momento que decidiria o destino da Terra.

Como a reunião tinha mais de 13 mil nações, havia muitas questões a serem resolvidas, e tudo era processado rapidamente.

Finalmente, o orador da reunião, o primeiro-ministro Pastore, da República Gainlead, disse em uma voz séria:

— Decisão final do tópico atual: Império Macaron deve devolver à Federação Jim Gill as treze naves de carga, caso contrário, a Aliança aplicará sanções econômicas ao Império Macaron. Esta decisão é final, sem recurso. No tópico seguinte, o Império Sally propõe colonizar o membro observador denominado Terra. Favor consultar o documento B517 para obter mais detalhes.

Ele parou um pouco e continuou:

— Neste documento, Império Sally lista 29 evidências de que a Terra, como uma nação soberana, é demasiado fraca, estando entre as últimas 100 posições no ranking da Via Láctea. Porém, o Império Sally teria motivos suficientes para aceitar a Terra como uma colônia? Esta pergunta precisa de uma consideração cuidadosa dos membros. Se há algo que queiram dizer, por favor, pressionem o botão à sua frente.

Logo depois que Pastore terminou, ao lado dele solicitou a palavra um dos representantes dos 12 membros permanentes da administração, o Primeiro-Ministro Mo De, da Republica Ganges.

Pastore sorriu e perguntou:

— Primeiro-ministro Mo De, gostaria de dizer algo sobre este assunto?

Mo De assentiu levemente. Ele não demostrou nenhuma emoção em seu rosto, e disse em uma voz apática:

— Em nome da República Ganges, pronuncio nosso apoio à proposta do Império Sally. O governo da Terra é incompetente e indigno como uma nação soberana para permanecer na Aliança.

*Uoooo*

Mo De apenas disse aquela frase, e o imenso salão da reunião começou a discutir em murmúrios. Além disso, mais ninguém pediu a palavra.

Pastore suspirou e sacudiu a cabeça ligeiramente. Os 12 Membros da administração permanente da Aliança eram muito poderosos. Normalmente, eles não se manifestariam em uma proposta insignificante como aquela, mas como Mo De se pôs a favor hoje, então a proposta seria muito provavelmente aprovada.

Os outros membros permanentes não achariam que valia a pena entrar em atrito com uma nação do mesmo nível apenas para proteger um pequeno planeta, e as nações dos patamares inferiores obviamente não ousariam ofender um gigante como Ganges, então ninguém ousou dizer nada.

Pastore parecia o mesmo de sempre enquanto anunciava:

— Já que ninguém mais deseja se manifestar, então vamos votar imediatamente. Representantes que são contra esta proposta, por favor, pressionem o sinal de luz na frente de vocês e justifiquem sua objeção. Se não houver oposição, o direito de controle sobre a Terra será entregue ao Império Sally após o Torneio, e ao mesmo tempo serão cancelados todos os direitos e deveres que o Governo Unificado da Terra tem para com a Aliança.

Quando o som da voz dele morreu, o salão ficou em absoluto silêncio enquanto eles votavam. Os olhos de Pan Yulin contemplavam as luzes atrás do oratório.

O número era zero.

Três segundos mais tarde, o número de países opostos à proposta de colonização… ainda era zero.

Pan Yulin sentiu seu coração ser despedaçado e moído como carne de segunda.

Ele trabalhou tanto, implorou a tantas pessoas, gastou todo o dinheiro que a Terra tinha economizado à base de sacrifícios pessoais para comprar presentes generosos para aquelas grandes nações que ele pensava que poderiam ajudar a Terra.

Porém, quando chegou o momento crucial da votação, não havia uma única pessoa que apoiasse a Terra?!

Nem mesmo um!

— Ugh.

Pan Yulin estava putaço. Ele tossiu um bocado de sangue de sua boca.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: