DNG – Capítulo 58 – 3Lobos

DNG – Capítulo 58

Fechem as Portas e Soltem os Cachorros

Quando bandidos se reuniam, três coisas definitivamente não poderiam faltar: álcool, mulheres, e jogos de azar.

Olhando ao redor, no meio do deserto sem fim, era possível ver em vários lugares homens bêbados fazendo coisas adultas com mulheres, e pessoas xingando e jogando em todos os lugares.

Em uma tenda branca, o líder do grupo de invasores Pássaro Espinhento, Lucas, com uma mulher em cada braço, estava sentado ao redor de uma mesa junto com os líderes de outros grupos de criminosos. Em comparação com os seus homens que estavam fazendo arruaça do lado de fora, eles estavam se comportando de uma maneira bem civilizada.

— Saúde! Vamos aproveitar a bebida! A partir de hoje, nós ganharemos dinheiro juntos e vamos gastar tudo juntos! — Lucas levantou o copo cheio de cerveja e propôs um brinde.

Donald, o líder da gangue Gerbil¹, esfregou a boca, e disse com cautela:

— Eu não tenho nada contra o dinheiro que vão pagar, pelo contrário, esse contratante por trás disso tudo é muito generoso. Ainda assim, temos que ter cuidado, afinal a Terra ainda é uma nação, e sua população esper excede a nossa, e eles também têm uma Fortaleza Espacial.

Amir, o líder dos invasores Nuvem Raivosa, discordou:

— Que tipo de nação de merda é a Terra?! Ela acabou de entrar na Aliança Via Láctea alguns anos atrás, e eles não tem nada além do tal Ke Lake e o cruzador, não há nada com o que se preocupar. Vamos apenas seguir o plano de Lucas, se revezar para manter os ataques em tempo integral até a Terra estar de joelhos! Ah, a propósito, Lucas, é verdade que esse contratante benevolente realmente disse que se conseguir o controle da Terra ele vai deixar a gente se esbaldar e matar todo mundo lá por três dias e três noites?

Lucas concordou com a cabeça.

— É claro que o nosso chefe só quer a Terra, e ele obviamente não quer o fardo que vem com o planeta. Quanto mais as pessoas vocês matarem e sequestrarem, melhor fica para o nosso patrão, então é claro que eles estão felizes com essa proposta.

Amir riu alto.

— Sensacional! Eu amo trabalhar para este tipo de chefe! Ouvi dizer que a qualidade das delícias da Terra é excelente. Depois que acabarmos eu vou encher algumas naves com elas!

Todos os chefes começaram a rir. O Império Sally concordou que uma vez que colonizasse a Terra após o Torneio Galático, eles iriam permitir que os piratas e invasores fizessem o que bem entendessem no planeta por 3 dias, o que os bandidos estavam ansiosos para que acontecesse.

No entanto, o sempre cauteloso Donald disse novamente:

— Chefe Lucas, nossa inteligência informou que cruzador da Terra desapareceu. Agora que a nossa aliança está consolidada, por que não voltar para nossas bases, evitando que elas fiquem vulneráveis já que a maioria de nossas tropas está aqui?

Lucas zombou, e bateu com o copo na mesa.

—Donald! Você tem sido um covarde de merda desde o começo! Por acaso você não quer ganhar dinheiro junto com a gente? Se for isso, vaza daqui que ninguém vai tentar te impedir! — Ele apontou para o céu e continuou com uma voz raivosa, — Dá uma olhada na gente moleque, temos uma frota de mais de 30 naves de guerra. Só os que estão ao redor desse planeta já somam mais de uma dúzia, se revezando em turnos de seis horas. A Terra só tem uma merda de cruzador, por isso é ainda melhor se eles vierem pra cima! Depois de destruir a única nave de guerra da Terra, ficará ainda mais fácil de derrubar aquele lixo de planeta!

—Falou tudo!

— Eles não se atreveriam a vir mesmo que a gente passasse uma centena dos nossos pro lado deles! Donald, velho, você pensa demais!

Nenhum dos outros chefes estava muito preocupado. Vendo todos ficarem tão indiferentes sobre suas preocupações, Donald virou de uma vez um copo de bebida e se recolheu à sua insignificância, deprimido.

Naves de batalha dependiam de canais de transição para se locomover por grandes distâncias. Se o Cruzador Atlântico da Terra quisesse atacar os bandidos, eles primeiro teriam que criar um buraco de minhoca artificial para perto do planeta, e então passar por ele com a nave para só então chegar mais próximo do local que iriam atacar.

O ponto chave era esse. Os bandidos tinham defesas aéreas do espaço, de modo que, no momento em que o canal de transição se abrisse, antes mesmo do Cruzador Atlântico ter entrado no território, as naves preparadas para a defesa já começariam a ferozmente atacar a nave que sairia do buraco de minhoca. Muito provavelmente, o Atlântico explodiria antes mesmo de deixar o canal de transição.

Estes chefes foragidos não estavam nada preocupados, porque eles realmente não acreditavam que a Terra fosse enviar sua única nave de guerra para morrer.

— Vamos, saúde! — Lucas estava bem no meio da diversão, e propôs outro brinde.

*BOOOOOOOM*

Um som apareceu e desapareceu em um instante, e de um ponto no deserto não muito longe dali uma rajada de vento súbita começou a soprar. A poeira cobriu o céu, a terra começou a tremer violentamente, toda a comida e bebida nas mesas se espalhou pelo chão, e todos os bandidos que estavam se divertindo se levantaram e olharam naquela direção.

Lucas franziu ligeiramente a testa. Poderia ser uma tempestade de areia?

Embora o planeta N65871 tivesse uma atmosfera e principalmente oxigênio, que era essencial para a sobrevivência dos seres humanos, ele já tinha passado pelo processo de desertificação. O clima era severo, havia falta de água, e tremores de terra e minhocas-do-deserto eram frequentes. Este planeta era inabitável pelos padrões galáticos e era por isso que os bandidos poderiam facilmente ocupar e se esconder nele.

Porém, antes da reunião Lucas já havia ordenado que eles previssem tempo e não devia haver qualquer tempestade de areia em grande escala. Será que houve um erro de cálculo?

Após alguns segundos, a terra começou a tremer ainda mais e os bandidos começaram a entrar em pânico e aos poucos recuar.

*Vrrrrrrrrrrrrrrr*

Um barulho extremamente alto e poderoso de quase furar os tímpanos foi ouvido. Era muito semelhante ao som de rotações de motores em alta velocidade quando uma nave de guerra sai de um canal de transição.

— É um canal de transição!

— Puta merda! Alguém entrou com a nave direto no deserto!

— Corram! Anda logo e vaza!

— Chamem o apoio aéreo! Peçam ataques pelo ar!

No céu, uma enorme sombra negra apareceu. Era o Atlântico! O único cruzador de batalha da Terra!

Defesa Aérea?

Sob o comando de Long Chuan, o Cruzador Atlântico terminou seu trajeto diretamente dentro do espaço aéreo, e longe das defesas aéreas do espaço exterior! Ele não estabeleceu o término do canal de transição do Atlântico no espaço, mas sim cara a cara com os bandidos!

Nenhum capitão em sã consciência faria algo assim, porque abrir o canal tão perto da superfície do planeta era muito arriscado, somente sendo possível com muito planejamento e um parafuso a menos. Se houvesse o menor erro de cálculo e o canal fosse aberto não na superfície do planeta, mas no subsolo, a nave imediatamente se tornaria um caixão que já estaria inclusive enterrado.

Além disso, quando um canal de transição se abria, se ele puxasse uma quantidade demasiada de areia e rochas, o canal se tornaria instável, o que também conduziria a um resultado horrível.

Nas instruções para pilotos das naves estava muito claro que o canal de transição precisava ser aberto e fechado longe de qualquer objeto físico, mas Long Chuan ignorou completamente a instrução porque ele sabia muito bem que se usasse táticas convencionais não havia nenhuma chance deles eliminarem o grupo de bandidos. Se a Terra quisesse vencer as adversidades, eles deveriam ser os que assumem o maior risco!

*Tchuaomuomuomuom*

*Kacham*

Antes mesmo do Atlântico parar completamente, dois grandes ruídos soaram ao mesmo tempo: um era o som da detonação de uma bomba interceptadora de grande escala, e o outro barulho era o som da enorme porta de carga do Atlântico se abrindo!

Com a detonação da bomba interceptadora, uma nuvem de luz brilhante rapidamente cobriu todo o planeta estéril. Esse tipo de bomba era capaz de liberar ondas fortes de interferência por trinta minutos, fazendo com que os motores de propulsão das naves de guerra não funcionassem, retirando delas sua mobilidade. Era uma arma tática que poderia sacrificar 800 para destruir 1000. No momento em que ela fosse ativada, as naves de guerra, tanto do lado aliado quanto dos inimigos, ficariam imóveis! Ninguém poderia pensar em sair!

As doze naves de batalha de prontidão no espaço não podiam se mover por causa da interferência da bomba, sendo incapazes de fornecer muito apoio aos seus aliados no solo. A mesma situação ocorreu com as naves paradas no solo.

Sob as ordens do comandante quase divino Long Chuan, o Atlântico era como uma faca afiada que ia direto nas entranhas do inimigo! À custa de sua própria mobilidade, o Atlântico imobilizou todas as trinta ou mais naves de guerra dos fora-da-lei!

Um sucesso! A insana operação Espada Divina de Chuan realmente começou bem!

O Governo Unificado da Terra, com apenas uma nave de guerra, realmente colocou os bandidos com mais de trinta naves em uma sinuca de bico!

O protetor da Terra, Ke Lake, não estava mais entre eles, e isso era realmente lamentável. Porém, a Terra ainda tinha seu valoroso comandante, Long Chuan! Sua estratagema, coragem e planejamento estavam em um nível sem igual no mundo!

Agora, as portas de saída estavam fechadas. O próximo passo era soltar os cachorros!

A porta de desembarque do Atlântico abriu completamente e mais de doze mil dos melhores espers da Terra avançaram para fora! Eles contiveram sua raiva por tempo demais! A investida para fora mais parecia um tsunami de cães raivosos!

A Terra contra a aliança dos fora-da-lei, uma guerra que estourou imediatamente!

¹Gerbil (ou Gerbilo, Gerbo, rato-do-deserto, esquilo-da-mongólia, entre outros), é uma espécie de roedor de climas mais áridos que guarda muita semelhança com um porquinho-da-índia. Se você chamar um de rato, o dono de um Gerbil vai se ofender. #ficadica

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: