DNG – Capítulo 30 – 3Lobos

DNG – Capítulo 30

A Base em Perigo!

A Dark Net era realmente um lugar sem lei!

Quando Han deixou a cápsula de realidade virtual e voltou para seu quarto, ele estava perdido em pensamentos.

Originalmente, Han pensou que os escravos, as drogas ilegais e as armas de fogo de nível militar do mercado negro fossem os negócios mais assombrosos escondidos na Dark Net. Agora, porém, que ele havia testemunhado o campo de batalha onde sangue voava por toda parte, Han finalmente percebeu que a Dark Net não era tão simples como ele havia pensado. Obviamente, as pessoas que organizavam o canal Morte em Tempo Real não se preocupavam com a Lei Galática da Via Láctea.

Han realmente queria conversar com Sem Origem sobre esse canal de transmissão, mas ele resistiu ao impulso. Embora ele sempre chamasse Sem Origem de seu professor, seu relacionamento não era bem isso, já que o termo era apenas uma forma educada de tratamento.

Ele estava receoso em deixar Sem Origem irritado porque, afinal de contas, ter um homem de outro planeta com um conhecimento tão vasto para ajudá-lo era uma oportunidade preciosa demais para se arriscar. Se não fosse pelo Sem Origem, Han talvez nunca tivesse entrado nos níveis mais profundos da Dark Net em toda sua vida.

Sem Origem disse que o Morte em Tempo Real fica na segunda camada da Dark Net… Isso significa que há ainda uma terceira camada? — Han pensou, empolgado.

Então ele afastou esses pensamentos de sua mente. Ele passou muito tempo no canal de transmissão e já era meia-noite. Ele tinha que voltar a trabalhar agora… drogas, equipamentos, vídeos, todos eles custavam dinheiro, e aqueles G$ 1.300 que ele ganhava por compilar seu índice de drogas eram a sua única fonte de renda.

O aumento no nível de Han não dizia respeito apenas à sua energia, mas também à inteligência. Agora, Han conseguia escrever o relatório do índice em pouco menos de meia hora. Essa era uma velocidade que o Han de algumas semanas atrás jamais poderia imaginar. Incluindo uma hora e meia necessária para coletar os dados diários, Han só precisava trabalhar por cerca de duas horas todos os dias, tornando sua vida muito mais fácil do que antes.

Depois de terminar o relatório, Han fez a Sem Origem suas três perguntas como de costume. Parecia que seu relacionamento com ele estava melhorando. No passado, Sem Origem sempre usou uma linguagem mais curta e grossa para responder a Han, mas agora ele geralmente adicionava mais algumas frases nas suas respostas, como se ele estivesse com medo de que Han não entendesse por completo.

— Concluindo, você tem imunidade a alguns poderes, e está destinado a enfrentar outras pessoas em uma luta pela sobrevivência. Você não fez uma observação errada, eu realmente nunca enfatizei a importância das técnicas de luta. As técnicas são obviamente importantes, mas elas podem ser desenvolvidas através da prática repetitiva. No entanto, a sua força de vontade e autoconfiança não são coisas que você pode desenvolver em casa. Elas requerem que você vá para o campo de batalha e participe dessas batalhas sangrentas!

— Treinar no frio extremo ou assistir a uma transmissão ao vivo de uma batalha implacável, tudo isso visa treiná-lo para se tornar um guerreiro com uma força de vontade indomável. Um verdadeiro guerreiro deve ter vontade de ferro, e mesmo se um dia ele for morto em batalha, a sua vontade ainda não se dissipará! Você deve chegar a esse grau, a fim de ser qualificado para ser um verdadeiro guerreiro. É a única maneira de atingir o pináculo da existência!

— Claro que, por enquanto, é ainda mais importante treinar sob o ambiente extremamente frio. Afinal, você herdou o poder de outra pessoa e, por isso, se você não revelar completamente a energia e o potencial do seu antecessor, você não apenas estará desapontando a si mesmo, como a este guerreiro que deixou para trás o poder que hoje você possui.

— Esta noite você pode ir para a água a -20º Celsius, e só precisa tomar uma pílula energética. Confio nas habilidades do pretinho; as drogas não terão nenhum defeito. Só pra garantir, leve também um Revitalizador de ROC Zero e tome-o quando não conseguir aguentar mais.

— Sobre a duração do seu treinamento, eu não dou a mínima. O mais importante é que você consiga entrar no estado do desespero diante da morte. Contanto que você entre nesse estado, qualquer tipo de treinamento que fizer vai ter um efeito dobrado, e qualquer exercício de treinamento irá ativar seu potencial, você entendeu?

Han respondeu rapidamente:

— Entendido, obrigado professor pelas suas orientações.

— Vaza daqui. Você desperdiça o meu tempo e minhas palavras. Não fosse pelo pretinho, quem teria tempo para ficar se incomodando com você! — Sem Origem nunca se esquecia de dar uma bronca Han no final da sua resposta. Aquilo havia se tornado um hábito para ele.

Na verdade, Han sentia claramente que naquelas palavras duras havia um pouco de preocupação. Porém, claro, orgulhoso como só ele, Sem Origem sempre usaria o Andarilho Noturno como desculpa.

Entretanto, Han não contou a ele um detalhe, no que dizia respeito ao seu poder. Sem Origem sempre pensou que o poder de Han fosse do tipo imunidade pessoal, mas não era. O que Han tinha era um poder que era infinitamente mais forte do que a imunidade contra poderes, mas agora que Sem Origem tinha uma ideia formada de qual era o poder de Han, ele ficou com medo de que iria chatear o professor se contasse que tinha na verdade o Preceito Zero.

— Acho que vou esperar até um momento mais oportuno para contar… — Han pensou um pouco e disse para si mesmo.

Treinar, compilar o índice, e assistir transmissões de batalhas mortais. Parecia que a vida de Han tinha se resumido a estas três coisas.

Ele vinha mantendo um ótimo ritmo nos treinamentos, e toda semana ele conseguia um aumento médio de 230 pontos em seu índice de energia. Sem Origem também instruiu Han para adentrar uma camada mais fria da fonte depois de cada semana, a fim de aumentar a intensidade do treino.

As mudanças que vinham ocorrendo no corpo de Han eram muito perceptíveis. Um mês depois de chegar à base, ele estava um pouco mais magro do que antes. O treinamento intenso tinha queimado as últimas gordurinhas do corpo dele, deixando o seu corpo mais atlético, com ombros mais largos e uma cintura mais fina. Embora parecesse magro em geral, os músculos de seu corpo eram muito fortes.

Outra noite de treinamento acabou. Ainda estava cedo, mas o refeitório já estava cheio de pessoas, a maioria delas com olheiras fundas. Ninguém estava conversando e estavam todos de cabeça baixa comendo suas refeições. Era uma atmosfera completamente diferente de quando Han chegou à base. No início, toda vez que ele vinha para o refeitório o local estava cheio de risos e alegria, com pessoas falando sobre todos os tipos de assunto.

Porém, agora a atmosfera da base fez Han sentir um aperto no peito. Era como se, de repente, ninguém gostasse mais de conversar.

— Ainda quer um pãozinho de carne? — Aquela velha senhora que servia comida perguntou com um sorriso.

— Sim, e uma xícara grande de chocolate quente, por favor. — Han adicionou.

— Por que você gosta tanto assim de comer pãezinhos de carne? Parece que não importa quantos pãezinhos eu faça, eles não vão ser suficientes pra você comer. — A senhora brincou com Han.

— Claro, ué, é porquê você é habilidosa na cozinha, eu nunca comi um pão de carne tão saboroso, e assim não tem como eu cansar de comer eles.

— Moleque levado! — A velha senhora tinha um sorriso em seu rosto, e ela rapidamente colocou alguns pedaços a mais da deliciosa carne ao fazer o pão para Han.

— Obrigado minha senhora! — Han pegou o café da manhã e estava voltando para seu quarto para comer, havendo chegado apenas até a porta, quando ele viu um soldado de vinte e muitos anos correndo para fora da Zona de Extinção, em uma vestimenta de batalha completa e com seu corpo coberto de sangue.

— Doutor Ri! Corre pra clínica! Alguém está ferido! — Aquele soldado gritou.

Doutor Ri, que estava no meio de do seu café da manhã, rapidamente largou em cima da mesa a tigela de sopa que estava tomando, pegou seus óculos e correu diretamente para a clínica com aquele soldado.

Depois de alguns segundos, um jipe ​​elétrico apareceu vindo da direção da Zona de Extinção. Ele parou e alguns soldados desceram carregando uma maca e correram para a clínica. O cara na maca parecia estar em uma condição muito ruim. Seu rosto estava todo pálido e seu corpo estava coberto de sangue, escorrendo por todo o chão enquanto eles se moviam. Após a maca passar o pessoal da manutenção limpou as manchas de sangue no chão.

As pessoas no refeitório cochichavam em vozes baixas enquanto eles limpavam.

— Quantos são agora?

— É o terceiro de hoje.

— Isso é muito azar, não sei nem se ele pode ser salvo ou não. O chefe Li ainda está lá embaixo, faz tempo que eles não sobem, não é?

— Tempo demais. A equipe de exploração já está lá por quase duas semanas. Agora até mesmo as pessoas que trabalham acima do solo estão se roendo de nervosismo. Não consigo nem imaginar quanta pressão as tropas que trabalham dentro da Zona estão suportando…

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: