DNG – Capítulo 21 – 3Lobos

DNG – Capítulo 21

Pontuação Perfeita!

Li Muyun pegou o telefone e discou o número do chefe Chu Li. Infelizmente, o celular do chefe estava desligado. Li Muyun então, ansiosamente, discou o número do assistente do chefe, Dong Yuewu.

— Yuewu, como assim o telefone do chefe está desligado? Onde vocês estão? — perguntou Li Muyun, apressado.

— Estamos na sede de Nova York participando de uma reunião breve, mas não voltaremos antes de anoitecer. — Dong Yuewu explicou. — Diretor Li, você tem alguma notícia importante que quer que eu passe para o Chefe?

Li Muyun pensou um pouco sobre já contar ou não.

— Temos uma boa notícia para ele, mas como vocês voltam só à noite, vou esperar no escritório. Me ligue quando chegarem.

— Está anotado, não se preocupe.

Depois de desligar, Li Muyun soltou um longo suspiro. O erro ao julgar o potencial de Han Lang era grave, mas felizmente ainda não era tarde demais. Depois de Chu Li voltasse e ouvisse o relatório de Li Muyun, ele certamente daria a Han o melhor tratamento disponível.

Tratamento top de linha era o mínimo, mas um personal trainer também era essencial. Resumindo, todos os recursos disponíveis deveriam ser usados ​​para treinar Han. Afinal, com um poder SSS e um potencial impressionante, seu futuro era incalculável.

Li Muyun ainda estava pensando, enquanto que Monge, que estava prestando muita atenção à transmissão, pulou de felicidade.

— Nossa, Han passou a segunda rodada do Teste de Tensão! Eles até soltaram fogos de artifício!

Fogos de artifício?! — Li Muyun ficou atônito por um segundo e virou para a tela, vendo que Han já havia saído da tempestade de areia. Embora o vento tivesse destruído as roupas de Han e os grãos finos tivessem deixado marcas em seu rosto, os passos do jovem ainda estavam firmes como sempre. Andando com a cabeça erguida, seu rosto carregava o orgulho de um vencedor.

“Parabéns ao concorrente Han Lang da Terra por concluir a segunda rodada com uma pontuação perfeita!”

Li Muyun ficou chocado! Ele olhou para a pontuação de Han, que de repente subiu 350 pontos! Uma pontuação perfeita!

*Fuooooooooooon*

As luzes do céu estrelado passaram rapidamente pelos olhos de Han e ele foi teleportado para a praça pública onde havia começado a rodada. Suas roupas voltaram ao normal e as feridas em sua pele tinham sumido. Afinal, era apenas um teste virtual, de modo que se o sistema reescrevesse alguns dados tudo voltaria ao normal.

No meio da multidão duas garotas com porte de soldado conversavam perto de Han. Uma delas, uma garota ruiva, perguntou com curiosidade:

— Onde fica esse tal Governo Unificado da Terra? Aparentemente, um monstro de lá saiu da segunda rodada com uma pontuação perfeita, e eu nunca ouvi falar desse lugar.

A garota de cabelos pretos respondeu:

— He he, você não sabe, mas o Governo Unificado da Terra é de fato um lugar pequeno, mas eles são famosos por produzir monstros! No último Torneio Galático a Terra enviou um esper chamado Ke Lake, um esper 5 estrelas, e sem qualquer ajuda ele passou pela A7!

A garota de cabelos vermelhos pensou por um segundo.

— Ke Lake? Eu tenho uma vaga lembrança dele, mas há 10 anos eu era muito jovem, então é provavelmente por isso que eu esqueci.

Han ouviu o bate-papo entre as duas garotas. Parecia que o veterano Ke Lake também tinha um rostinho bonito. Mas o que seria essa tal A7?

Sempre que alguém concluísse um teste com uma pontuação perfeita, o sistema iria transmitir as notícias para todos os competidores, a fim de incentivar mais concorrentes a serem como eles. Todos na praça agora sabiam sobre Han. Muitas pessoas estavam falando sobre ele, pois afinal de contas não eram muitos que conseguiam concluir a segunda rodada com uma pontuação perfeita.

Entretanto, Han não se sentia orgulhoso porque sabia muito bem que ele só alcançou aquela meta por causa de seu poder, que proporcionava imunidade a todos os outros poderes.

Após a terceira rodada do Teste de Tensão viria o combate. Era quando Han poderia realmente estragar tudo, porque ele nunca tinha aprendido nenhuma técnica de luta.

Pensando nisso, o tempo estava curto. Han decidiu não esperar até a próxima semana, e se posicionou para começar a terceira rodada. Dessa forma, ele conseguiria deixar sua agenda livre para se concentrar em ir para um lugar extremamente gelado e recluso para treinar.

Depois de se decidir, ele foi direto para o teletransportador da terceira rodada. Ela era chamada de Escalada da Montanha Congelante, e imediatamente o porquê apareceu na frente de Han. Havia uma montanha de neve de mais de um quilometro de altura, parecendo uma pirâmide congelada, com vários caminhos que levavam ao topo, intercalados por trechos sem qualquer apoio. No topo da montanha havia um templo sagrado, brilhando com uma luz dourada e emitindo uma aura misteriosa.

Han não hesitou e começou a caminhar imediatamente. O caminho para o topo era composto por pedras azuladas construídas como degraus. Não parecia difícil, e a montanha tinha apenas algumas centenas de metros de altura. Porém, apenas os que realmente tentassem escalá-la compreenderiam o terror inerente a ela.

O vento uivava nos arredores da montanha, e as rajadas geladas batiam no corpo de Han como lâminas. De repente, uma tempestade de neve começou, e quase que imediatamente mudou para granizo. Em outros momentos era a chuva que os castigava. A água da chuva fez os degraus ficarem muito mais escorregadios, e não havia corrimão ao lado dos degraus, de forma que os competidores que escorregassem cairiam no profundo abismo que cercava a montanha e intercalava os caminhos.

Das três rodadas do Teste de Tensão, esta era a única que permitia novas tentativa. Cada participante podia fazer este teste três vezes, e a melhor pontuação seria utilizada. Daí já se podia ter uma base de como este teste era difícil.

— PUTA MERDAAAAAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…

*Shhuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii*

Era como o som do coiote caindo no abismo depois de tentar pegar o papa-léguas, mas sem o clássico bam do final.

— Se fodeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee…

*Shhuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii*

— Não, não, NÃO, NÃO EMPURRA!

*Shhuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii*

Observando os competidores da perspectiva de um espectador, a escalada na neve era ​​realmente muito interessante. A maioria deles optava por se ajudar mutuamente na subida.

Embora escalar em grupos pudesse parecer uma boa ideia, tal estratégia possuía diversas falhas mortais. Às vezes, no momento em que um cara do grupo escorregasse, toda a equipe seria arrastada para o abismo.

Naturalmente, Han não escolheria cooperar com os outros. Ele encontrou o caminho com a menor quantidade de pessoas e escolheu escalar sozinho. Enquanto caminhava ele olhou para os dois lados e viu que às vezes as pessoas caíam de cabeça, outras vezes de pé, e havia até algumas oportunidades onde um bando de pessoas se abraçava firme e gritava enquanto caía.

As pessoas que escolheram escalar de forma solitária eram em sua maioria espers de elites de pelo menos 4 estrelas, de forma que Han, um esper iniciante, contrastava imensamente com os outros em seu caminho. Entretanto, sua velocidade não tinha nada de iniciante. Ele continuou se movendo para cima em um ritmo constante, um passo de cada vez.

Cada vez que Han se aproximava de outro alpinista, os competidores voluntariamente paravam e abririam caminho para Han. Quando viam a tela ao lado de Han que mostrava um índice de energia 42, todos, sem exceção, ficavam de boca aberta. Vê-lo subir era como presenciar um demônio em ação, mas ninguém fez qualquer comentário. A dor insuportável da escalada fez com que nenhum deles estivesse disposto a desperdiçar um pingo de energia batendo papo.

Uma tempestade de neve atingiu e Han e fez ele diminuir um pouco o ritmo. Quando uma tempestade de granizo veio, Han estendeu os braços acima da cabeça e continuou.

Como Han era imune aos poderes, escalar esta montanha era basicamente como subir uma escada ordinária, resumindo-se a um mero exercício para o corpo.

Mesmo para uma pessoa comum escalar uma montanha de mil metros não era incrivelmente difícil. Isso para não mencionar que Han era um esper, embora seu índice de energia fosse bem baixo. Havia ainda o treinamento dos últimos dias, que lhe deu um pouco mais de condicionamento físico.

Após 3 horas Han já estava na fase final. Uma placa indicava que ele estava a apenas 50 metros do topo. Perto da placa havia uma plataforma de descanso antes da etapa final, e todos os concorrentes eram bem-vindos para fazer uma pausa lá sem ter que se preocupar em cair no abismo.

Han deu uma olhada ao redor, e além dele havia apenas mais uma pessoa. Era uma menina pequena, com um rosto bonito e cabelos dourados brilhantes. Não seria aquela a Ye Weiwei que ele salvou um tempo atrás e que o pessoal ficou falando que sentiam o cheiro de romance?!

Ye Weiwei ainda estava usando as roupas de couro preto, com apenas suas pequenas mãos e o rosto expostos. Ela estava agachada no chão e respirava com dificuldade, e seu rosto bonito estava tão branco quanto a neve.

Ela levantou a cabeça ficou imediatamente surpresa ao ver Han.

Em sua mente, Han era apenas um cara sem vergonha com algumas intenções pervertidas ou maléficas e, neste exato momento, aquele pervertido estava sorrindo e acenando para ela!

Para chegar até aqui Ye Weiwei utilizou a maior parte de sua energia e sentia como se estivesse prestes a desabar. Ela não conseguia mais sentir as pernas.

Olhando para Han, cujo rosto e respiração ainda estavam normais e que ainda tinha disposição para acenar e cumprimentar Ye Weiwei, ela sentiu que o mundo era extremamente injusto.

— Que coincidência! — Han riu e disse.

Se Ye Weiwei ainda tivesse fôlego, ela teria com certeza xingado Han. Mas agora ela nem sequer tinha disposição para ficar brava com ele. E esse cara sem noção estava acenando para ela e caminhando em sua direção.

Ye Weiwei ficou instantaneamente com raiva quando lembrou da última vez em que encontrou Han, quando ele a pegou pela mão.

Por acaso as mãos da menina relâmpago eram algo que as pessoas podiam tocar casualmente? Desde que era um bebê até agora, nem mesmo seus pais tocavam suas mãos, então como é que agora este homem estranho conseguia? Uát de réu!?

Ye Weiwei tinha uma personalidade forte, e ao ver Han seu temperamento foi provocado novamente. Ela rosnou, fez um olhar de ódio para ele, se virou e começou a correr em direção ao topo.

Só mais 50 metros! Se eu conseguir suportar um pouco mais… Eu consigo! Eu não posso perder para este pervertido sem vergonha! — Ye Weiwei estava se encorajando.

Quanto a Han, estava claro que ele não entendia o que estava acontecendo. Tudo bem se Ye Weiwei não lhe agradecesse, mas ao invés disso ela saiu correndo?

Han deu de ombros e seguiu em frente, em direção ao topo. Ele ainda estava mantendo um ritmo constante para subir, mas Ye Weiwei estava usando todo o seu fôlego, o que violava a regra mais básica no quesito escalada de montanhas. Em uma escalada, a pior coisa que você poderia fazer era correr. Com um longo percurso até o topo, não havia como concluir o percurso se você se apressasse. Era preciso ser paciente e dar um passo de cada vez.

Claro, Ye Weiwei subiu apenas alguns metros e já começou a sentir tonturas. Ela sentiu como se sua energia estivesse sendo sugada para fora de seu corpo, e suas pernas estavam tremendo.

Honestamente, isso era porque ela era teimosa demais. Mesmo que ela estivesse quase que completamente sem energia, ela ainda estava rangendo os dentes e sequer pensando na possibilidade de desistir. Para uma menina de 14 anos, essa personalidade era muito rara e impressionante.

Han, por outro lado, era imune a qualquer tipo de poder. Não havia como comparar a quantidade de pressão que Han e Ye Weiwei estavam cada um suportando. Neve, granizo, o vento congelante. Nada disso era uma ameaça para Han, mas eram todos letais para Ye Weiwei.

De repente, uma pedra de granizo atingiu a cabeça de Ye Weiwei, e por mais que aquilo fosse irrelevante para o nível de poder dela, foi a gota d’agua. Ela não conseguiu mais suportar, e seu corpo titubeou e começou a se inclinar para o lado direito, prestes a cair no abismo.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: