DNG – Capítulo 151 – 3Lobos

DNG – Capítulo 151

Novo Governador, Novo Risco

*Booomrrrrr*

O rugido do canhão de grande calibre fez o mundo tremer, mas nas mãos de Han o canhão monstruoso parecia não querer parar, continuando a liberar sua raiva em uma sequência ininterrupta de disparos.

*Booomrrrrr*

*Booomrrrrr*

*Booomrrrrr*

O punho direito de Han pressionou repetidamente o botão de disparo. Toda vez que uma bala era disparada, devido ao enorme recuo, aquele canhão de centenas de toneladas vibrava violentamente, para não mencionar o alvo que foi bombardeado. Sob a fumaça, tudo foi feito em pedaços.

— Você não gosta de executar pessoas com esse canhão? Eu vou fazer do jeito que você gosta. Por estragar o meu negócio eu vou matar você e todos os seus familiares!

Enquanto Han atirava como um louco, ele também xingava alto.

Até mesmo os líderes dos catadores, que estavam atrás de Han, ficaram chocados e sem palavras, para não mencionar Forin e seus homens, que estavam sob os disparos do canhão. Em comparação com a execução que Forin deveria exibir para a multidão, o que Han estava fazendo que era uma verdadeira execução de canhão! Enquanto ainda houvessem balas dentro da arma, o ataque não iria parar!

Depois de um tempo, a munição carregada no canhão gigante foi completamente consumida, e Han afastou a mão do botão de disparo. O ataque completo era o estilo característico de Han, seja usando armas de mão ou canhões gigantes, ele sempre veria o ataque como sua única opção e matar como seu único objetivo.

Após cortar rapidamente as cordas que mantinham os líderes presos, Han investiu junto com suas bestas em direção à área destruída pelo ataque, continuando a destroçar inimigos que ainda estavam vivos. Mesmo que tivessem apenas uma parte do corpo sobrando, Han não hesitaria em cortar mais um pouco o restante.

Atrás da pilha de cadáveres, Han viu Forin. Embora no passado ele tivesse sido um esper de poder considerável de cinco estrelas, seu corpo envelhecido havia sido arruinado após inúmeras noites de bebidas, festas e mulheres. Contra o agressivo Han, Forin sentiu um arrepio por inteiro, sabendo que, embora estivesse em um nível mais alto, seria impossível para ele derrotar o invasor.

A performance das Bestas Divinas Blindadas e da Garra do Demônio também era insana. As dez bestas eram suficientes para aniquilar a mansão de um Deus da Guerra, para não mencionar o exército lixento na região do deserto galático.

Na Via Láctea, todos os fora da lei de renome estariam no Domínio Oblívio, então os criminosos que vieram para o deserto galático seriam os que foram rejeitados pelo Domínio, incluindo Forin. Então, o massacre seria livre para Han, já que não haveria inimigos suficientemente fortes para detê-lo.

— Você não tem para onde correr! Minha frota está voltando! — Forin gritou para Han com um rosto frio, mas sua compleição magra estava tensa, como um rato encurralado.

Sorrindo ligeiramente, Han balançou a cabeça e disse:

— Você está enganado. Eu posso garantir que de todas as suas naves, nem uma única capsula de emergência vai retornar.

Forin de repente hesitou, e então ele cerrou os dentes.

Han não estava mentindo. Giro-Giro continuou transmitindo a Han os relatórios da batalha espacial. O Braço do Demônio era um monstro aterrorizante, e embora fosse uma fragata, ele tinha o poder de fogo de um cruzador. Como havia perdido seu cruzador, que era a nave de comando, a frota de Forin estava sendo devastada lentamente pelo Braço do Demônio e seria apenas uma questão de tempo até a última nave ser destruída.

— Eu vou lutar contra você até a morte! — Forin rugiu, pulou no ar e estava prestes a atacar Han.

Talvez Forin tivesse relaxado na posição de tirano por tempo demais, e justo quando ele começou a recuperar um pouco daquela aparência de um combatente de elite que ele tinha no passado…

— Até a morte? Você? Você não tem o necessário! Caminho do céu, Punho Dilacerador dos Céus!

*Booomrrrrr*

Ninguém entendeu como Han atirou em Forin no meio do ar. Todas as pessoas que presenciaram a cena viram que Han flexionou suas pernas de repente, e então uma luz branca imediatamente surgiu. Aquilo definitivamente não era um laser, era a arte proibida de Han!

O nível realmente não significava nada para guerreiros como Han. Mesmo alguns míseros dias após conseguir seu poder, Han já era famoso por matar inimigos mais fortes do que ele. Neste mundo, além dos níveis que podiam ser medidos, também existiam níveis que não podiam ser vistos.

Uma arte marcial proibida, resistência a toxinas, o poder das trevas, e o Preceito Zero! Todas essas coisas estavam escondidas, mas elas se somavam à força de Han!

O corpo de Forin caiu no chão com um buraco em seu tórax, levantando uma nuvem de poeira.

*Kachan*

Han se aproximou e, sem dizer uma palavra, cortou o braço de Forin e tirou o anel dimensional de seu dedo. Os quatro chips de I.A., com certeza, estariam ali. Han soltou um longo suspiro, e uma pitada de empolgação começou a surgir em seu rosto.

Porém, o que Han não esperou foi que, depois que ele liquidou Forin e estava prestes a deixar o Forte Desordeiro, muitas pessoas pediram para que ele ficasse. Da população residente no Forte Desordeiro, a maioria esmagadora eram trabalhadores de catação de peças que dependiam da venda das peças de robôs para sobreviver, e o resto eram comerciantes e soldados de Forin.

Agora, entre essas pessoas, os homens de Forin ou fugiram ou foram espancados até a morte, e os trabalhadores e os comerciantes usaram quase um tom de súplica para pedir que Han permanecesse.

Lynch disse em uma voz pesarosa:

— Han, se você partir, haverá outro sujeito como Forin assumindo o Forte Desordeiro, e talvez nós vamos sofrer ainda mais do que quando Forin estava aqui. Este é o deserto galático. A força é quem manda aqui. Já que você destruiu o Forte Desordeiro, por que não fazer como os outros e se auto-proclamar governador em vez de insistir em partir?

Eu destruí o Forte Desordeiro?

Han hesitou. Ele estava realmente com raiva porque Forin quis matar os trabalhadores que iam ajuda-lo, e assim impedir ele de adquirir esses robôs importantes para seu objetivo. Han acabou matando ele por ódio, mas, quanto a roubar seu título e se tornar o governador do local, ele nunca pensou nisso.

O representante dos comerciantes, um senhor de idade com um cavanhaque, também aconselhou Han:

— No deserto galático, o território pertence a quem eliminar o governador atual, e todos aqui parecem dispostos a trabalhar para você, senhor. Quanto ao imposto, você pode manter ele no patamar que Forin usava, se quiser. Afinal, somos empresários. Se você sair depois de derrubar os líderes do Forte Desordeiro, quando os governadores ou donos de outras regiões souberem que esse lugar não tem líder, eles certamente irão lutar para assumir a posição, e uma carnificina ainda maior ou uma guerra de grandes proporções pode surgir. Então, matar o líder, mas não assumir a liderança do Forte Desordeiro, é o mesmo que querer o mal aos moradores daqui.

Han de repente ficou sem palavras. Claro que ele entendia a lógica. O que era mais precioso no deserto galático eram planetas habitáveis. No momento que o Forte Desordeiro se tornasse um lugar sem governador, todas as principais forças no deserto viriam como moscas atraídas por carne podre.

— A não ser, é claro, que você tenha outro lugar mais importante para estar? — O senhor do cavanhaque perguntou, jogando um verde.

Han suspirou suavemente. Agora que ele pensou a respeito, ele viu que realmente não tinha lugar nenhuma para ir. Ele não podia voltar para a Terra, e o tal do Protetor provavelmente não ficaria feliz se ele iniciasse uma linha de montagem de robôs no Domínio Oblívio.

De acordo com o plano original de Han, ele queria terminar de montar o estaleiro móvel e uma frota mineradora para, em seguida, levar os robôs pelo deserto galático para produzir as impressionantes naves espaciais de segunda geração.

— Originalmente eu só queria comprar uns robôs, mas acabei virando o novo governador… O que diabos eu fiz… — Han murmurou silenciosamente para si mesmo.

No sistema mais excêntrico da Via Láctea, o Domínio Oblívio.

Uma mansão enorme no Planeta 1 pertencia ao lendário Protetor, e ali um senhor de idade estava liderando um grupo de pessoas enquanto observavam as maravilhas das simulações feitas na galáxia, que dificilmente podiam ser expressas em palavras.

Luzes se transformavam em uma infinitude de estrelas, formando um holograma da galáxia. A escuridão que envolvia a Via Láctea era o deserto galático onde Han estava no momento, e se alguém continuasse adiante, poderia encontrar o domínio lendário da morte, o campo estelar túrbido.

Este idoso cego era aquele que chamavam de Protetor.

Embora seus olhos brancos não pudessem ver nada, eles estavam repletos de sabedoria. O grupo de pessoas ao redor dele eram os principais pesquisadores da galáxia. O Protetor era famoso, na verdade, não por causa de seu poder de luta, mas por sua sabedoria. Já havia sido estimado anteriormente que ele com certeza estaria entre os três maiores sábios de toda a Via Láctea.

Porém, apenas algumas pessoas conseguiam entender porque um dos mais respeitados sábios da Via Láctea queria permanecer no Domínio Oblívio, como inimigo da poderosa Aliança Via Láctea, abrigando alguns dos mais notórios criminosos na galáxia.

Dados complexos estavam sendo constantemente calculados. O Protetor estava sentado no centro do cômodo, enquanto centenas de estudiosos de elite, que também eram alunos do Protetor, calculavam rapidamente diversos conjuntos de dados.

As pessoas normais nunca entenderiam em que tipo de estudo o Protetor e seus alunos estavam realmente trabalhando. Se alguém quisesse compreender o seu misterioso modelo de dados, seria necessário um QI superior a 385 e mais de 30 anos de dedicação ao estudo. Todas as pessoas que estavam sentadas ali hoje para ajudar o Protetor a pesquisar e registrar dados, sem dúvida alguma, preenchiam esses critérios.

— Professor, o modelo de dados teve uma mudança significativa, e a flutuação se originou no deserto galático fora da Via Láctea, de um lugar chamado Forte Desordeiro. — O principal aluno do Protetor, Isaac, franziu a testa enquanto relatava ao seu professor.

O Protetor usou um tom sério e perguntou:

— Me diga quais dados foram alterados.

— Dentro de dez anos, a probabilidade de destruição da Via Láctea aumentou de 82% para 83%.

Ouvindo esse número, mesmo o homem mais calmo e sábio da galáxia não teve como não fechar a cara.

— Então, isso significa que um demônio nasceu no deserto galático?

Isaac respondeu rapidamente:

— Não completamente. Embora a probabilidade de destruição da Via Láctea em dez anos tenha aumentado em 1%, a probabilidade do mesmo fato dentro de um século na verdade diminuiu de 98% para 97%.

*Ka*

A xícara de chá na mão do Protetor caiu no chão, fazendo um som agudo. Mesmo o homem mais sábio ficaria boquiaberto diante dessa estranha mudança de dados. A chance de a Via Láctea ser destruída em uma década havia aumentado, mas, ao mesmo tempo, a chance de que fosse destruída dentro de um século estava na verdade diminuindo?

Isso não parecia fazer sentido.

Havia algo acontecendo naquele exato momento no deserto galáctico. Uma figura estaria aparecendo e, na verdade, estaria aumentando a probabilidade de a Via Láctea ser destruída, mas também salva?

— Calcule novamente, — o Protetor ordenou em uma voz pensativa. Embora ele fosse claramente cego, ele levantou a cabeça e olhou para o céu.

O resultado do segundo cálculo permaneceu o mesmo.

— Execute um terceiro cálculo.

O resultado do terceiro cálculo manteve o aumento tanto da probabilidade de destruição quanto da de salvação, assim como antes.

— Ai ai.

O Protetor soltou um longo suspiro e perguntou a Isaac com voz séria:

— Você sabe por que eu mantive os criminosos mais notórios da galáxia no Domínio Oblívio?

Isaac respondeu:

— O senhor descobriu que a chance de destruição da Via Láctea estava aumentando rapidamente, então você quis proteger qualquer um que pudesse eventualmente vir a ajudar os humanos a se defenderem contra o poder das trevas, independentemente de serem criminosos ou não.

O Protetor concordou com a cabeça:

— Eu abriguei dezenas de milhares de criminosos notórios ​​na Via Láctea, mas eu só consegui diminuir a probabilidade de destruição da galáxia em 1%. Mas, de repente, uma mudança no deserto galático baixou a probabilidade na mesma quantidade… Isso me deixa desconcertado. Envie nossos melhores homens até lá. Eu quero saber quem está no Forte Desordeiro, e o que ele está fazendo de verdade.

— Considere feito.

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: