DNG – Capítulo 131 – 3Lobos

DNG – Capítulo 131

Quem Testemunhou Deve Morrer!

Águias douradas contra a Garra do Demônio!

Era uma batalha iminente!

Han estava em tensão extrema observando à distância. A Garra do Demônio foi a primeira besta de fusão que ele criou, e ele não sabia o quão forte era o poder de combate dela.

Em seguida, ele olhou para as três águias douradas que estavam cheias de intenção assassina e que obviamente não pareciam animais comuns. As penas vermelho-escuro tinham uma leve camada de brilho, e mesmo a menor das três era maior e mais robusta do que um bezerro. O bico era duro e afiado, em formato curvo, as garras estavam cobertas por escamas e também cheias de farpas, e seus olhos dourados brilharam com uma luz macabra.

Naquele momento, a inevitável batalha começou!

As águias douradas iniciaram seu ataque primeiro, aproveitando sua capacidade de voar, e de repente mergulharam em direção ao solo.

Porém, a Garra do Demônio flexionou seus nove membros bem-desenvolvidos e se lançou para o alto, destemidamente iniciando uma contrainvestida, indo de encontro às águias!

*Kiaaaaaaaaa*

As águias douradas emitiram gritos penetrantes, e o som brutal pôde ser ouvido mesmo a centenas de milhas de distância!

A Garra do Demônio não fez nenhum som, apenas manteve sua cabeça baixa e pulou!

*Chop*

*Slash*

*Chop*

Dentro de milésimos de segundo, a Garra do Demônio começou a lutar contra a primeira águia. As garras da águia eram duras e afiadas, mas as da Garra do Demônio não ficavam atrás!

As garras do Caranguejo Demoníaco Perseguidor de Estrelas, os olhos do Morcego Negro e da besta estelar Crocodilo Divino da Noite. Han combinou aquele monte de partes de bestas estelares e criou a Garra do Demônio que estava lutando! Sua presença era única neste mundo!

No momento em que a Garra do Demônio e a águia dourada entraram em contato, elas começaram a rasgar uma à outra violentamente! A águia dourada e a Garra do Demônio estavam tentando vorazmente destruir os corpos uma da outra.

Han nunca teria pensado que a Garra do Demônio fosse tão poderosa. Ela era capaz de lutar contra a águia dourada que era várias vezes maior que ela e imediatamente obter vantagem!

As duas grandes garras da águia dourada foram arrancadas pela Garra do Demônio. Após esse ataque, a Garra do Demônio até fez alguns cortes sangrentos no estômago da águia, deixando as vísceras expostas!

A Garra do Demônio levou menos de um segundo para estripar a primeira águia dourada, fazendo com que o enorme pássaro começasse imediatamente a cair para o solo. Essa surpresa já foi grande o suficiente para Han, mas quem teria adivinhado que era apenas o começo!

Não se sabe de onde a Garra do Demônio tinha tirado tanta coragem, mas depois de rasgar a primeira águia e deixá-la cair inerte, a Garra do Demônio na verdade pegou impulso sobre o corpo daquela águia dourada, preparando-se para destruir a segunda águia!

*Kiiiiiiiiaaaaaa*

*Kiiiaaaaaaaaa*

As três águias douradas pareciam estar intimamente relacionadas, pois ao testemunhar a morte da primeira, as duas restantes começaram a gritar com raiva. Seus globos oculares pareciam estar prestes a entrar em erupção.

Uma após a outra, elas mudaram seu curso em direção à Garra do Demônio. Entretanto, a segunda águia era um pouco menor que a primeira, e assim  obviamente não seria um adversário à altura da Garra do Demônio.

*Chop*

A força poderosa e explosiva da Garra do Demônio permitiu que ela saltasse para o alto pegando impulso nas costas da primeira águia, pegando a segunda águia também no ar. As nove poderosas garras afiadas começaram a atacar a adversária imediatamente, tirando a vida daquela pequena águia dourada.

Então, a Garra saltou de novo! A terceira águia era seu objetivo!

Han ficou chocado. A Garra do Demônio era claramente um bravo guerreiro que só sabia como avançar para cima do inimigo e nunca recuar! As águias douradas eram animais com capacidade de voo, então a Garra do Demônio teve que saltar de uma para a outra!

Em um piscar de olhos, a terceira águia dourada também caiu do céu, desfalecendo sob os ataques brutais da Garra do Demônio.

Esta besta de fusão tinha um espírito muito simples. Além de atacar, ela não sabia mais nada.

Depois que ela matou a terceira águia dourada, a Garra do Demônio aterrissou e correu de volta para o riacho para devanear novamente, usando uma de suas patas para coçar levemente o que presumivelmente era sua cabeça.

*Boom*

Naquele momento, uma fragata prateada muito requintada apareceu no céu. Era um modelo que Han nunca tinha visto antes. Voando muito rápido, ela aterrissou perto daquele córrego onde estava a Garra do Demônio e as águias douradas mortas.

Poderia ser o dono daquelas águias douradas?

Han ficou chocado, e apressou as aranhas estreladas que o carregavam para que avançassem a toda velocidade.

— Espere! — As veias da testa de Han ficaram saltadas enquanto ele gritava.

Quando Han chegou ao rio abaixo do vale, a tragédia já começou. Duas dúzias de soldados saíram imediatamente da fragata prateada e já estavam matando as primeiras aranhas estreladas que chegaram à cena.

As aranhas ouviram o comando de Han, então depois que Han gritou, o exército de aranhas estreladas rapidamente recuou para as laterais.

Todas, exceto a Florzinha, que, sendo uma aranha matriarca, tentou proteger as aranhas estreladas menores e foi infelizmente capturada pelos soldados esper. Ela estava lutando desesperadamente quando ouviu a voz de Han. Ela imediatamente parou seus movimentos e foi cercada imediatamente por dois soldados em trajes de combate prateados, que encostaram suas lâminas nos lados da cabeça dela, prontos para abater a aranha.

Esses soldados esper usavam os mesmos trajes de combate prateados, e suas armas eram as mesmas: todos usavam uma lâmina fina e longa, presumivelmente da mesma família ou grupo, já que a fragata prateada e os soldados tinham um brasão em formato de relâmpago neles.

No lado oposto, entre os soldados, havia um jovem todo emperiquitado, provavelmente com uns vinte anos, vestindo um traje branco de caça no estilo dos antigos safaris.

Levantando o queixo, o jovem emperiquitado perguntou com sua voz fina:

— Esses insetos são seus?

— São de um amigo meu, — Han respondeu com uma voz mais séria.

— Então, chame esse seu amigo aqui. Basta dizer que os homens da Família Trovão Real estão procurando ele e que os insetos dele mataram minhas águias douradas, e que ele deve vir aqui para pagar com sua vida. — O boiolinha então disse levemente, — Eu vou dar a ele três minutos.

Trovão Real?

Han sabia que havia muitos bandidos no exílio por ali, mas ele tinha acabado de chegar no domínio, então ele não entendia a situação muito bem. Talvez a Família Trovão Real fosse muito famosa no Domínio Oblívio. Caso contrário, este jovem não iria anunciar seu nome logo de cara.

Han acenou com a mão, e algumas aranhas estreladas voltaram imediatamente para procurar Wuyun. Han olhou para a Garra do Demônio. Essa coisa parecia ter depressão ou algo assim, pois continuou parada ao lado do riacho, sem fazer nada, indiferente à batalha que ocorreu nas proximidades. Alguns minutos atrás, ela agiu de forma maléfica e eficaz e, em um piscar de olhos, começou a boiar na maionese novamente. Que ser estranho.

Os conflitos entre aquelas bestas não eram realmente culpa dos mestres. As águias douradas daquele jovem morreram, mas o pior é que os cadáveres estavam extremamente feios, coberto de feridas abertas e faltando pedaços.

Pensando nisso, Han muito educadamente disse:

— Meu amigo vai chegar em breve. Suas águias douradas morreram, e a culpa é nossa, mas com certeza vamos proporcionar uma compensação justa pela sua perda, fique tranquilo.

O pensamento de Han era muito simples. Era como se alguém tivesse um cachorro em casa, que agiu de forma impulsiva e feriu outro cão em um encontro. O proprietário seria naturalmente responsável por um pedido de desculpas e uma compensação.

— Hahahaha!

Inesperadamente, depois que Han disse aquilo, os soldados começaram a rir.

— Compensar? O que é que você vai me dar como compensação?

— O nosso jovem mestre quer que o dono desses insetos pague com sua vida! Felizmente, aquelas aranhas idiotas não são suas, caso contrário, você não estaria mais vivo agora!

Pagar com sua vida?!

Os olhos de Han imediatamente se arregalaram. Se esses caras não estavam brincando, eles queriam realmente ir longe demais! Aquele jovem mestre da Família Trovão Real vestido de branco olhou para ele, depois para Florzinha, que estava sob as lâminas de dois de seus homens, e de repente franziu o cenho.

— Por que é que essa aberração ainda está aqui? Matem-a.

— Espere! — Han gritou. — Os homens devem assumir a responsabilidade pelas ações de suas bestas! Suas águias douradas não foram mortas pela Florzinha. Foi a minha Garra do Demônio que as matou!

O jovem donzelo olhou na direção que Han apontou e viu a Garra do Demônio parada sobre uma rocha, imóvel, ao lado de um pequeno riacho. Ele primeiro hesitou e então começou a rir.

— Que tipo de merda doentia é isso? Essa aberração sozinha matou três das minhas águias douradas?

Han concordou com a cabeça.

— É verdade, mas ela também vai pagar por isso. Dentro de 24 horas, a Garra do Demônio vai morrer. Se você não acredita em mim, você pode olhar as gravações de vídeo. Esta tira presa nos pescoços das águias certamente deve ter várias funções, entre elas gravar as batalhas, não é?

O jovem mestre desdenhou, desaprovando:

— Eu vou obviamente olhar a gravação, mas essa aranha gigante por acaso viu a sua Garra do Demônio matar minhas águias douradas?

— Florzinha é muito leal. Ela esteve sempre na frente do grupo de aranhas, então ela provavelmente testemunhou a batalha, — Han respondeu francamente.

— Ela viu tudo? Qualquer um que tenha testemunhado minhas águias douradas serem mortas também tem que morrer! — O jovem mestre da Família Trovão Real disse arrogantemente: — Você não quer que eu mate ela, então eu vou matar ela, e o que é que você pode fazer?

*Chop*

*Chop*

Naquele exato momento, os dois soldados esper ao redor da Florzinha executaram suas ações imediatamente. De repente, duas lâminas longas foram inseridas na cabeça da Florzinha, e um fluido cerebral verde imediatamente esguichou para fora! A Florzinha, que sempre foi leal aos seus mestres, soltou um grito agonizante!

*Boom*

Han sentiu como se seus pulmões estivessem prestes a explodir da raiva! Demais! Eles foram longe demais! Sem Origem tinha dito a ele para nunca entrar em conflitos no Domínio Oblívio, e naquele momento Han mandou todas aquelas palavras para o quinto dos infernos.

— Garra do Demônio!

Han soltou um rugido, e a Garra do Demônio que estava sonhando acordada ao lado do riacho ouviu o chamado de Han. Ela realmente se moveu! Não parecia nada de mais quando estava ociosa, mas quando ela se movia, a atmosfera mudava completamente! Quando o Garra do Demônio recolhia suas nove patas, parecia uma pedra negra inofensiva. Porém, quando ela abria totalmente as patas, mostrando as nove garras afiadas e poderosas, era um monstro aterrorizante!

*Fooou*

A Garra do Demônio obedeceu à vontade de Han, moveu suas garras e investiu diretamente contra os soldados esper! Ao mesmo tempo, uma arma apareceu nas mãos de Han, duas lâminas conectadas, a Perfuradora de Estrelas Destruidora de Luas!

Os soldados da Família Trovão Real eram claramente bem treinados, pois mudaram imediatamente de formação. Todas as mãos dos soldados começaram a emitir uma luz brilhante. Era o sinal que eles estavam prestes a usar seus poderes de esper!

— Espaço Zero, abra!

Han soltou outro grito louco. No Espaço Zero, eles não precisariam nem pensar em usar seus poderes! Dentro de um raio de cem metros, todos os poderes seriam nulos! Quando Han não quisesse que outras pessoas usassem o seu poder, nenhum deles conseguiria!

— Mate eles!

De repente, Han investiu com sua lâmina letal! A Garra do Demônio preparou suas nove garras gigantes e aterrorizantes e também avançou! Milhares de aranhas estreladas e lobisomens de duas cabeças também avançaram com tudo!

Aproveitando o momento em que seus oponentes perceberam que seus poderes tinham desaparecido, Han iniciou todos os ataques! Essa era a famosa tática aperfeiçoada por Han, as Presas de Lobo!

Primeiro, ele tiraria o poder dos inimigos, e em seguida, avançaria junto com seus companheiros para começar a fazer os inimigos em pedaços com suas armas! Com os irmãos do campo de treinamento, a tática Presas de Lobo era muito mortal! E quando ele a executou com as leais bestas de fusão, ainda era tão mortal quanto sempre foi!

*Chop*

*Slash*

Han cortou ao meio os dois soldados que mataram Florzinha, e a Garra do Demônio saltou para o ar, diretamente pousando em cima da cabeça do jovem mestre da Família Trovão Real! As garras afiadas pressionaram contra sua jugular, como se a gaiola do inferno fosse convocada ao redor de sua cabeça!

Um mero comando de Han e a Garra do Demônio arrancaria imediatamente a cabeça daquele jovem mestre!

Quanto às duas dúzias de soldados que o acompanhavam, todos eles foram capturados pelas bestas e mantidos sob estreita vigilância por aquelas aranhas estreladas e lobisomens de duas cabeças, com presas e garras pressionadas contra seus olhos, bocas, e corações.

— Mano, mano, nós podemos conversar melhor sobre isto, nós podemos negociar! — O jovem naquele momento já havia deixado de lado toda a sua atitude arrogante e impositiva. Suas pernas estavam tremendo e ele não se atrevia a mover a cabeça enquanto ele implorava a Han.

— Nós podemos negociar?! O que foi que você disse antes!? — Han disse, pesaroso: — Você passou dos limites!

Ele se aproximou de um soldado daquele jovem mestre e perguntou com uma voz inquisitiva:

— Você por acaso viu aqueles dois caras matarem a Florzinha?

Não era essa a mesma pergunta que o jovem mestre tinha feito pouco tempo atrás? O soldado piscou os olhos algumas vezes, sacudiu a cabeça e respondeu:

— Eu não vi nada!

*Slash*

Sem mais explicações, Han cortou a cabeça dele fora! O sangue esguichou para fora como uma fonte, chegando a uns três metros de altura ou mais!

— Mentiroso! Morra!

Han continuou com um rosto sombrio, como um deus da morte, e se aproximou de outro soldado e fez a mesma pergunta:

— Você viu aqueles dois caras matarem a Florzinha?

— E-eu vi.

*Slash*

A lâmina de Han voou de novo, cortando a cabeça dele da mesma maneira!

— Qualquer um que tenha testemunhado a Florzinha morrer, também deve morrer!

Vermillion
Domina Inglês e Português. Spymaster nas horas vagas.
FONTE
Cores: